quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Que venha então!

A passagem do ano é virtual. Morre um dia, nasce outro. Como todos os dias. Tudo é psicológico. Tudo são números. 2009 e 2010. Que o amanhã, que na teoria é um dia igual o ontem foi e o hoje é, possa ser para ti - no seu âmago - um dia melhor. Um ano melhor para uma vida melhor. Que venha o que vier...

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

nova curitiba

na série de textos curitiba, quero hoje relatar uma nova curitiba. uma curitiba das pessoas em férias, das pessoas na praia ou qualquer outro lugar. uma curitiba gostosa de caminhar, gostosa de dirigir, gostosa de andar nos ônibus.

gostosa não só porque tem menos gente pelas ruas, mas também por isso e porque na verdade curitiba foi "planejada" para ser assim, uma cidade para 1 milhão de pessoas no máximo. estamos com quase ou um pouco além dos dois milhões de pessoas. e com uma taxa de nascimento por volta de 5% ao ano? logo, em questão de década seremos 3 milhões de pessoas. se nada mudou ainda, o projeto piloto de curitiba, um plano de ações e autorizações que prevê que curitiba tenha no máximo do seu desenvolvimento justamente 3 milhões de habitantes. como ficarão as áreas verdes nesse contexto?

ficarão cinzas, é claro, cinza claro do cimento e cinza escuto do asfalto. a claro, vez ou outra o cinza será pintado com vermelho, vermelho do sangue dos 10 assassinatos diários, dos diversos atropelamentos e um tanto mais dos acidentes de trânsito. mas isso infelizmente acontece em todo mundo, não é mesmo?

mas o que importa e o que me deixou feliz foi viver uma nova curitiba na curitiba velha de guerra. pena que isso acabará na semana que vem, quando boa parte da parte produtiva retornará a capital de 1º mundo!

por hora, eu vou curtir essa nova cidade... sem muitas coisas que são coisas de cidades grandes...

um momento de utopia durante a virada do ano, que coisa, heim!!!


Novas tecnologias

Vocês viram, vocês viram? Temos seis seguidores... que massa. Se fosse paranóico ficaria preocupado com esse tanto de gente nos seguindo, mas como não sou, fico honrado. Gentes boas... fiquei uma semana OFFLINE mesmo. Então peço desculpas pela falta de atualizações. Em janeiro temo que isso se repita, mas mesmo de férias vou tentar manter tudo por aqui atualizado. E com novidades. Nas férias, a escrita será por prazer, não apenas por ofício.

Deixando um abraço caloroso para nossos leitores e para o grande jornalista Luiz Guilherme Gaertner, o co-autor desse nosso blog Diário Leite Quente.

Passeando pela internet topei com uma notícia bem bacana. Recém chegado de uma viagem de 2 mil quilômetros (em quatro dias), assino embaixo dessa nova tecnologia. Os caras desenvolveram uma sistema de filmagem e reprodução de imagens que facilita a vida dos motoristas de carros comuns que ficam atrás de grandes caminhões nas estradas desse mundão de meu Deus.

Apesar da ajuda que os amigos caminhoneiros dão - avisando se a ultrapassagem pode ou não pode ser feita - saber a hora de ultrapassar sem correr riscos é uma qualidade fundamental do com motorista. Se essa nova tecnologia pega, seria muito mais fácil e até menos complicado para todos.

Fica a dica de leitura: Nova tecnologia para motoristas

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Eu voltei!

Confesso que a temporada 2009 da Fórmula 1 foi bem mais interessantes do que as anteriores. Desde aa aposentadoria do alemão Michael Schumacher, o maior piloto de todos os tempos, a emoção e a vontade de assistir às corridas praticamente se aposentaram. Só não morreram porque a vontade de ganhar dinheiro é sempre mais forte e por participar do bolão aqui da firma, mantive-me firme, com os olhos na telinha.

Neste ano, que tinha tudo para ser uma bosta, o judiado Barrichello e a surpreendente Brawn GP deram um tempero excelente na temporada. Nem a expectativa de um título para o Felipe Massa (que no campeonato anterior havia perdido por um ponto) criou mais expectativas do que a gerada pela frase amplamente divulgada por Barrichello: “Vou com a faca nos dentes”.

E foi... provou que é um grande piloto mais uma vez, mas também deixou ainda mais claro que é um cagado de um azarado. Paciência. Seu talento como piloto proporcionou a realização de um sonho que ele tinha desde a infância e ano que vem o veremos vestindo o macacão da tradicional Williams. Equipe do saudoso Ayrton Senna, o maior piloto brasileiro de todos os tempos (não do mundo, pois esse título é do alemão. Esse e todos os outros, menos o de números de GPs que pertence ao Barrichello).

Mas eis que novidades surgem para 2010. A entrada de pelo menos três novas equipes (que deixarão o prêmio do nosso bolão ainda mais atraente) certamente deixaram as coisas mais interessantes, mas nenhuma das notícias novas (como a entrada de Bruno Senna e Lucas di Grassi na categoria, deixando o Brasil com quatro representantes) supera a volta do alemão.

O retorno de Schumacher às corridas foi muito comemorado por esse caboclo aqui neste domingo. Domingo? Sim, domingo. Fiquei uma semana inteira totalmente OFFLINE e não vi nada do que aconteceu no mundo, além do farfalhar das árvores e o resvalar do vento nas águas da usina de Campo Mourão (ta, aconteceu um monte de outras coisas, mas essas relato em outros posts). Nem vi o massacre de brasileiros no Suriname (Quem? Que porra é Suriname na ordem do dia?) e nem a tentativa da Al-Qaeda de derrubar um avião americano.

Mas ao saber que o alemão volta para as pistas, ganhei a semana. Muitos dizem que ele pode manchar sua história se contabilizar fracassos na nova Mercedez (ex-Brawn GP). Manchar os sete títulos que ele ganhou? Como? Apagar a conquista de TODOS os recordes possíveis e imagináveis da Fórmula 1? Só idiota para achar isso. O alemão vem a passeio? Pode ser, mas seja como for, ele dá de chinelo nessa piazada que mal tirou a carteira de motorista e se acha piloto.

Seja bem vindo Schumi.

é, talvez 2000 seja um sonho

Bom, a leitora Márcia nos fez um desafio de atingirmos 2000 visitas. Atualizando o desafio, vamos fechar 2010 para combinar com o ano. Sobre o natal, o Chico me fez recordar um fato interessante sobre o natal e o verdadeiro sentido do natal. O que comemoramos a final? Hahahaha, você disse nascimento de jesus? Errou feio...

Quem nasceu no 25 de dezembro foi ele, o papai noel...

Brincadeiras a parte, hoje é segunda e preciso escrever uma coisa, repetindo ela três vezes: QUE SAUDADE DO DUDU, QUE SAUDADE DO DUDU, QUE SAUDADE DO DUDU!

Ok, ok, eu sei, ele mesmo avisou que ficaria uns dias mais afastado, mas assim mesmo, a saudade pega forte.

E continuando a minha linha de textos sobre Curitiba, hoje vou comentar sobre o transporte coletivo. E meu comentário não tem base em dados estatísticos oficiais, mas sim, em minha convivência com o sistema no dia de hoje. É fácil perceber que fora do período letivo, os ônibus ficam pelo menos 40% mais vazios. E demorados, é claro.

O que demonstra que de qualquer forma, a prefeitura pode atender a demanda de passageiros, só é preciso vontade política e vontade de governar para o povo. Quem sabe com a licitação a coisa aconteça?

Solução tem, mas é preciso se movimentar.

Outra coisa sobre transporte coletivo é o terminal do capão da imbuia. Há 5 anos ou mais ele não comporta tanta gente, mas a prefeitura resolveu ainda assim fazer uma reforma. Pouca vergonha, do outro lado da rua tem o terreno certo para o novo terminal, mas os moradores do capão da imbuia e bairros próximos, ficarão a ver o terreno e o terminal véio maquiado de novinho em folha tá que as rugas voltem a aparecer...

É uma pena, mas logo muda o prefeito e que sabe vemos mudanças???

sábado, 26 de dezembro de 2009

Entre mortos e feridos

Entre mortos e feridos, vou escrever sobre curitiba. Ou sobre minha experiência em curitiba nos ultimos dias. Entre uma das experiências, ficar na rua XV de Novembro, no calçadão entre o final da tarde e as 22 horas foi algo extremamente diferentes. Diferente pois esse é um local onde muitas pessoas passam tempo comprando, consumindo, fazendo seu papel de porcos capitalistas malditos, certo?

Isso mesmo, é uma meca do consumo não coberto como os shopping centers. E um local onde não existem leis. O quebra pau come solto, as pessoas fazem o que querem e a polícia passa a cada 40 minutos, olhando pra gente e impondo respeito. Mas nessa estrutura estatal falida, isso não quer dizer mais nada.

Nas ultimas duas semanas convivi muito com alguns ônibus, já nem tão lotados pois estamos no período de férias escolares, no trânsito, experiências infernais como descer a Avenida Iguaçu em direção ao capão da imbuia e nela ficar mais de 50 minutos...

É, escrever no Diario Leite Quente me trás a saudade de viver numa curitiba onde a gente falava "Leite Quente" e não "Leiti Quenti". Uma cidade, meu saudosismo não deixa de se manifestar, onde o transporte era realmente coletivo e não de massa, onde as pessoas tinha um respeito por serem todas de uma mesma sociedade e claro, onde não existia tanto carro.

Entre mortos e feridos, seguimos a vida, um dia com alguns marginais atacando policiais no campo de futebol, outro dia, com marginais brigando entre se na rua XV de Novembro e ainda, com mais de 20 mortos por dia...

Viver em Curitiba é ainda falar "leite quente", 'dor de dente", "a gente". Se você é Curitibano, Curitiboca, ou simplesmente um "Leite Quente"... meu abraço a você... Seja feliz e seja sempre você mesmo...

Eu não nasci aqui, mas sou um curitibano, sou um "Leite Quente"...

Viva nossa cidade, nossas ruas com buracos, nosso sistema de transporte e saúde... viva curitiba...

E só para provocar, por que será que o índice de aprovação do Beto é maior que o do Maria Louca? (Beto não tem TV estatal!!!)

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

25 de dezembro

Senhores e senhoras - leitores em geral. Hoje é sexta-feira, dia 25 de dezembro do ano de 2009. E 2009 é justamente contada a partir do nascimento dele, Sr. nosso irmão jesus cristo. Um homem, filho de deus, que por nós sofreu de tudo e até o sangue entregou ao senhor todo poderoso 100% deus. Muitos podem até mesmo ficar bravo comigo, hoje isso pouco importa, talvez, o natal de 2009, com os dias 24 e 25, tenha se tornado o natal da hipocrisia!

Muito se fala no verdadeiro sentido do natal, mas esse sentido não existe mais no coração das pessoas e nem só por causa do capitalismo selvagem nem tão pouco pela capacidade das pessoas em perdoar ou não, mas o real sentido do natal não existe mais pois na verdade ele sequer existiu um dia. Foi apenas o tempo necessário para que as pessoas pudessem perder o medo de desafiar deus. E isso começou a acontecer, agora não tem mais jeito, tudo que segurava uma crença está indo por água abaixo e isso é ruim.

Não é de todo mal. Mas é ruim porque na verdade, muito sangue deve rolar. A hipocrisia está em alta. Pessoas olham nos olhos das pessoas apenas para xingar, para criticar. Outras pessoas só estão interessadas em buscar brigas e desentendimentos.

No mais, o natal foi interessante até por poder medir essa hipocrisia das pessoas, afinal de contas, eu não posso criticar aquilo que não vivenciei. Mas eu vim, vi e venci, na verdade, perdi.

Desejo a todos que o natal de vocês tenha sido pelo menos, menos hipócrita. Que tenha sido capitalista, mas que tenha sido capitalista de coração, de amor, de tudo mais. Desejo que se o seu natal foi socialista, que tenha sido o melhor natal socialista anti-capitalista. Se o seu natal foi católico, apostólico, romano, brasileiro ou mórmon, que tenha sido o melhor.

Enfim, que esse feriado, um dia inutil para a economia de uma país baseado na escola chavista tenha sido no mínimo gostoso para você e os seus, seja de que ideal, ideologia ou linha.

Que jesus, alá, maomé, judas ou qualquer coisa dessa tenha iluminado o seu dia e feito com que se coração se enchesse de alegria, amor ao próximo ou ao distante, enfim, que você tenha encontrado em você o amor por você mesmo!

É isso... viva o NATAL!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

1 experiência (por pouco desegradável)

Hoje, na segunda-feira mesmo, estive na rua XV de Novembro acompanhando meu pai, pois ele ia se reunir com os amigos para o tradicional choppinho de fim de ano. Desde que estava na ativa ele e os amigos copelianos fazem esse encontro. Se falhou 1 ano, foi muito.

Mas estávamos lá, eles tomando o choppinho, eu alternei entre uma coca-cola, uma água quente com sabor limão e depois, uma água sem gás enfim geladinha. Os copelianos conversavam sobre diversos assuntos e tudo corria muito bem.

Infelizmente eu sou observador e não pude perder a hora que um vagabundo, um desocupado provocou um daqueles "artistas" de rua, que geralmente só sabem fazer palhaçadas com os outros. Não passaram 5 minutos até que um outro ser fosse lá e de forma direta acertasse um chute na face do agressor. Pronto!

Mas alguns 15 minutos, eu, que ainda continuo observador, vi o primeiro agressor na porta de um dos bares ali da XV, em frente ao bondinho. Logo os outros seres, talvez defensores dos "artistas" foram até ele, o cercaram e pronto: quebra pau, eu vi até cadeira voando, era impressionante o barulho de copos e garrafas quebrando, e tudo isso ainda em plena luz do dia. Polícia? Ah, tinha um monte, mas saber onde eles estavam nessa hora, é realmente muito difícil de dizer. Mais de meia hora depois, os mesmos seres podiam ser vistos livres, provavelmente buscando mais um bom motivo para fechar o pau de novo.

Polícia? Nem militar, nem civil muito menos a guarda municipal.

Eu queria saber para que instalaram aquelas câmeras com o logotipo da prefeitura, talvez para ingles idiota ver. Ou então, para servir de campanha eleitoral, certo?

A briga não chegou a nos atingir, mas que ficou claro que as pessoas estão pouco se ferrando para leis, para o respeito ao próximo nem para coisa alguma.

É um foda-se pra todos os lados...

Uma pena...

Agora me pergunto, posso criticar o coritiba, sua torcida e ainda os marginais que lá estavam? Eles são apenas alguns dos tantos marginais soltos por aí!!!

sábado, 19 de dezembro de 2009

Obrigado

Minha gente, confesso que estou surpreso e, obviamente, feliz. Observando nossa audiência nos últimos dias, conseguimos uma média inédida de acessos. Para me enganar, prefiro olha so número de pageviews do que o número de usuários únicos e percebo que mantivemos uma média de 30 acessos.

É impressionante e muito gratificante. Agradeço imensamente o carinho de todos que vivem passando por aqui. Por dever de amigo ou porque realmente gostam de nos ler, nosso MUITO OBRIGADO...

Além do recorde de acessos, tivemos recorde de comentários em um único post: 3 (três). Massa né? Não estou sendo irônico não. Estou feliz pracas... isso nos motiva mesmo a escrever mais e mais.

Abraços e obrigado pelo presente de natal que voces leitores nos deram.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Sexta-feira e tudo está legal

Pois então, sexta-feira, no trabalho tudo certinho, em casa, tudo certinho e de resto, tudo está certinho. Mas é interessante como eu não ouvi falar hoje sobre a aceitação da venezuela no mercosul. Creio mesmo que tudo isso já estava acertado, era apenas uma novela para enganar os trouxas...

Aliás, quem aprendeu a fazer uma excelente novela foi o partido dos trabalhadores, que para formar a palavra puta fala o u e o a, certo? P + U + T + A... hehehehe

O final de semana se anuncia, tudo dará certo. Lula-lá tomará sua cervejinha e um dedo de 51, serra se esconderá na casa do vampiro e tomara que o mineiro, o tal cagão aécio, tomara que este tenha uma diarréia bem forte, pois depois de arretar a muitos, agora roeu as cordas. Mas é bem típico de frouxos também...

Mas é isso, posso até prever que ano que vem, o pt conseguirá carta para ficar mais 4 anos, seja com a dilma pastiquinha ou com quem eles quiserem, pois não existirá mais uma vez candidato a altura política para tal.

Uma pena, pois o populismo tomará conta cada vez mais desse país... Cuidado...

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

30 minutos pensando...

30 minutos e eu ainda não encontrei uma pauta para escrever hoje. você, leitor, alguma sugestão?

eu estava assistindo jornal hoje e vi diversas imagens de curitiba cheia d´água... principalmente algumas áreas próximas de rios e tal. e meu comentário é o seguinte: do jeito que está chovendo, que mora onde alaga é melhor achar outro lugar para morar pois a água continuará a subir, invadir casas, estragar geladeiras, sofás, essas coisas.

a prefeitura deveria ser proibida de fazer obras em áreas de invasão, seja essa invasão legalizada ou não. é melhor pagar uns 3000 por cada casa, barraco, sobrado essas coisas e exigir que os caras saiam de lá. cansa ver nos jornais as tias gritando contra os prefeitos, os caras reclamando, as crianças com água até os joelhos e cheia de protozoários, vírus e qualquer coisa assim.

ok, ok, revolta, mas é que cansa ver gente reclamando da própria culpa que carrega. se o cara invadiu ou comprou uma área de invasão, tem mais é que abandonar a área e buscar outra forma de se instalar. se ele não gostar do que eu estou falando, sinto muito, eu também não gosto muito de ver uma margem de rio cheia de barracos lançando esgotos e sacolas nos rios.

enfim, encheu e vai encher ainda mais... não podemos fazer nada, apenas os que moram lá onde alaga podem fazer: sair desses lugares e deixar o rio buscar o lugar que sempre foi dele...

Coitado sou eu!

Qual é o prazo para se ter retorno de credibilidade?

Um ano, um mês, ou uma vida inteira?

Eu, é claro, voto na última opção. Trago o assunto para a pauta do dia após ler a notícia de que o Jornal do SBT, apresentado pelo Carlos Nascimento e por Karyn Bravo, tem perdido no Ibope para a Rede TV, o trash do trash da TV brasileira.

O que leva um apresentador tarimbado como o Nascimento, que já foi âncora dos telejornais mais importantes do país, dar quase traço na audiência? A péssiam credibilidade informativa que tem o canal do patrão (de quem, todos sabem, sou grande fã). Hoje paga-se um alto preço por anos de vazio jornalístico. A tentativa em se resgatar a arte de noticiar no canal é louvável, mas tenho pena de quem toca esse projeto com a cara à tapa.

A dinheirama que era paga à Ana Paula Parão, ex-Globo, não foi suficiente para mantê-la no SBT. Ela, vendo que seria difícil aumentar a audiencia/credibilidadedo canal, invetou desculpas. Disse que queria apresentar um programa dirente (tpo Globo Repórter) e o pessoal atendeu a todos seus pedidos. Fracassou. Não conseguiu, nem com seu talento e credibilidade própria, transformar isso em números satisfatórios.

COmo que eu sei que esse papo de querer ter um programa é balela? Simples. Porque ela agora foi para a Record (que apesar dos bispos, faz um trabalho de jornalismo BEM bacana) para apresentar jornal. Captou? A Record tem credibilidade mesmo que os bispos tentem estragá-la em várias oportunidades, inclusive obnrigando seus apresentadores (também tarimbados, como Celso Freitas e Marcos Humell) a ler notas oficiais desmentindo a Globo em várias ocasiões e defendendo a religião dos bispos e suas máquinas de fazer dinheiro.

O SBT vai sofrer muito para resgatar a credibilidade. Não é fácil apagar anos de silêncio informativo. O canal não noticio uma linha sequer de grandes eventos dos anos 90 e hoje, fechando os anos 00, paga um alto preço por isso. Coitado do Carlos Nascimento e de quem esta lá.

Alias, coitado o caralho. Ele deve estar ganhando por mês o que eu ganharia em 10, eu disse DEZ anos de trabalho. Por baixo. Para fazer a mesma coisa. ele ganha num mês o que eu gnaho em DEZ ANOS. Quem é o coitado?

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

O ano está terminando...

É, está realmente chegando ao fim. O ano de 2009 terminou, e vamos ser sinceros: será que podemos listar algumas coisas que deveriam ter acontecido mas não aconteceram?

- diminuição nos índices de poluição (fodeu pra sempre);
- obama acabar com as guerras (hehehe sem comentários);
- o coxa na primeira divisão (heheheh brincadeira, fiquei chateado com a queda);
- segurança, educação e saúde para todos, pobres ou ricos;
- renuncia de lula? (sonho meu, só meu!)
- eu acreditar em deus;
- entre outras tantas coisas.

aproveite que você está lendo esse texto e sugira, comente com alguma coisa que poderia ter acontecido e não aconteceu. Façamos uma retrospectiva diferente...

eu confesso que não gosto muito do final do ano. parece que por algum motivo psiquico ou biológico as pessoas começam a agir de forma estranha. uns pintam a casa, gastam os tubos e ficam sem grana e tratando mal as outras pessoas. outras, tratam muito bem outras pessoas, quando encontram um pobre querem dar esmolas, presentes, e tudo mais... o comércio fica um inferno, formigas num açucareiro.

o comportamento coletivo fica quase insuportável. no trânsito, é melhor ir a pé, mas se for a pé, é melhor andar de olhos bem abertos, pois com o que tem de motorista ruim, o perigo é constate. aliás, em curitiba, dirigir é quase tão perigoso quanto andar a pé no iraque (será?).

aí você entra numa loja para perguntar algo e a pessoa te olha e diz: feliz natal. Mas se você não comprar nada, não tem nem um tchau e volte sempre. e, eu me tornei ateu e um dos motivos é justamente o comportamento hipócrita de várias pessoas religiosas que eu conheci e conheço. na igreja, em frente ao padre, é o santinho do pau, oco, e saindo da porta da igreja já começa a merda, comenta da roupa de fulano, reclama do filho de ciclano...

enfim, eu vejo que o natal se tornou o dia da hipocrisia, o dia do hipócrita. o cara olha para a foto de jesus, fica todo comovido, aí antes de dormir toma um porrete, briga com o cunhado, xinga a sogra e... pra que tudo isso?

para mim, um dia normal em que eu as vezes como um peru. gostaria que fosse diferente. mas não será mais....

fui...

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

+ 1 notícia triste

enfim o senado aprovou a entrada da venezuela, do lunático idiota hugo chavez.

é uma notícia triste pois esse imbecíl é apenas mais um populista sonhador que gostaria de ser o mais novo lider socialista. destruiu a imprensa livre, acabou com diversas empresas privadas lucrativas e tornou-as estatáis ineficientes e que subsidiam a roubaleira, e como todo ditador populista, não investe em mais em segurança pública e só fala grandes asneiras.

é esse país que foi autorizada a entrar no mercosul. mas na notícia ruim, creio que ainda tenha uma noticia boa que é justamente a de que o mercosul nunca passou de uma idiotice também. para ver se isso é verdade, verifiquemos que a argentina tachou a linha branca, o brasil tachou não sei o que...

área de livre comércio do sul? não, apenas mais uma porcaria de documento assinado que não serve para muita coisa...

vamos ver no que dá, mas sinto medo dessa aproximação com o lunático chavez...

Vou tentar pegar uma carona...

no que o dudu escreveu logo abaixo. mas creio que ainda não me encontro no nível do meu nobre companheiro de blog e amigo, que escreve maravilhosamente bem. Moacyr Franco é realmente um cara 100%, talvez seja um "cara" mais "cara" do que o 51 que inventou as bolsas, família, gás, pum, meleca de nariz... etc.

Moacyr faz por paixão, por amor. E conheço algumas de suas letras, mas confesso que só descobri serem dele hoje com o texto do dudu. E claro, conheço essas letras e muitas delas amo de paixão. E minha carona com o dudu vem de um fato contrário ao de Moacyr. Se ele tem orgulho de ser brasileiro e coisa e tal, tem tantos outros que não fazem nada para nada.

hoje a patroa foi fazer um curso, pago pela empresa, e o instrutor passou algumas dicas, pois como vão trabalhar com atendimento, é preferivel evitar alguns vícios de linguagem como "vou estar ligando" ou "vou estar verificando" entre outros. E qual foi a reação dos muitos?

a critica, pois criticar é um direito que todos hoje acham que tem direito. mesmo que a crítica não tenha fundamento naquele momento, ela sempre vai existir e sair de bocas com o peso da razão. aí, pesquisando, minha patroa achou um dado importante e resolvo aqui compartilhar com todos os leitores.

alguém já reparou que brasileiro é o único adjetivo pátrio que termina com o sufixo -eiro? Argentino -ino, Venezuelano -ano, Chileno -eno, Peruano -ano. Todos os outros terminam com sufixos parecidos. O nosso termina em -eiro.

Sabe por que?

Simples, porque brasileiro era o funcionário, se é que podemos dizer funcionário, que portugal tinha para cortar o pau brasil, árvores que foi praticamente extinta. Então brasileiro não é quem nasce no brasil, brasileiro é o filho da p... que cortava madeira.

Isso mostra um pouco da cultura preguiçosa do brasileiro, que mesmo não sabendo desse pequeno detalhe, a muito tempo se preocupa muito e ter opinião, em reclamar da vida, em curtir feriados e carnaval e claro, em continuar na merda e continuar a ser brasileiro(cortador de árvore, que hoje pode até ser pedreiro, carpinteiro, cascateiro, politiqueiro) até morrer!!!

Oh! Quão triste é a nação que ri da própria merda, acha bonito ser burro e permanece deitado em berço esplêndido!!!

Somos todos loucos

Talvez um dos caras mais injustiçados do meio artístico brasileiro seja o Moacyr Franco. Para quem aprecia o gênero romântico da verdadeira música popular brasileira, foi este homem que escreveu as mais belas canções da dupla João Mineiro e Marciano, como "Ainda ontem chorei de saudade", também é o autor de "Tudo vira bosta", sucesso com a roqueira Rita Lee, além de assinar a composição de "Balada n° 7", em homenagem ao craque Garricha e fez sucesso "Balada para um louco", maluquice brilhante que fala sobre o amor.

A lista de música compostas por Franco é enorme. É um artista completo, que foi redator de programas de TV de sucesso nas décadas de 70 e 80, compôem desde 60 e até hoje se presta a vestir personagens como o Jeca Gay, da Praça é Nossa, apenas por amor à arte, às luzes e câmeras.

Homem presente na lembrança de todos, mestre ao falar do "esquecer". Compôs "Eu nunca mais vou te esquecer" com a mesma elegância que tornou conhecida a música "Se eu não puder te esquecer". Ah, também mandou ver com "Seu amor ainda é tudo", mai suma vez cantada por João Mineiro e Marciano.

É um cara que eu teria um prazer absurdo de entrevistar um dia. Quando eu ainda era estudante, tentei, via e-mail, mas não consegui. Agora certamente tenho muito mais chances de conseguir isso e, por que não, em breve não consiga. Só temo silenciar diante de tanto talento e sabedoria adquiridos ao longo de uma carreira brilhante.

Provavelmente o leitor mais ocasional, que não me conheçe, pode pensar: "Meu Deus, Moacyr quem? Olha o tipo desse piá falando bem do Moacyr Franco".

Se permita ler a letra de Balada para um louco e procure encontrá-la nesse nosso mundão virtual para ouvi-la. É sensacional.

ps: ouvi essa música a primeira vez por recomendação da minha véia. Sabe das coisas essa minha véinha

xxxxx

Balada Para Um Louco (Moacyr Franco, Astor Piazzolla e Horácio Ferres)

Num dia desses ou, numa noite dessas
você sai pela sua rua ou, pela sua cidade ou,
ou, sei lá, pela sua vida, quando de repente,
por detrás de uma árvore, apareço eu!!!

Mescla rara de penúltimo mendigo
e primeiro astronauta a pôr os pés em vênus.
Meia melancia na cabeça, uma grossa meia sola em cada pé,
as flôres da camisa desenhadas na própria pele
e uma bandeirinha de táxi livre em cada mão.

Ah! ah! ah! Você ri... você ri porquê só agora você me viu.
Mas eu flerto com os manequins,
o semáforo da esquina me abre três luzes celestes.
E as rosas da florista estão apaixonadas por mim, juro,
vem, vem, vamos passear. E assim meio dançando, quase voando eu
te ofereço uma bandeirinha e te digo:

Já sei que já não sou, passei, passou.
A lua nos espera nessa rua é só tentar.
E um coro de astronautas, de anjos e crianças
bailando ao meu redor, te chama:
vem voar.

Já sei que já não sou, passei, passou.
Eu venho das calçadas que o tempo não guardou.
E vendo-te tão triste, te pergunto: O que te falta?
...talvez chegar ao sol, pois eu te levarei.

Ah! Ah! Ah! Ah!

Louco, louco, louco! Foi o que me disseram
quando disse que te amei.
Mas naveguei as águas puras dos teus olhos
e com versos tão antigos, eu quebrei teu coração.

Ah! Ah! Ah! Ah!

Louco, louco, louco, louco, louco! Como um acróbata demente saltarei
dentro do abismo do teu beijo até sentir
que enlouqueçi teu coração, e de tão livre, chorarei.

Vem voar comigo querida minha,
entra na minha ilusão super-esporte,
vamos correr pelos telhados com uma andorinha no motor.
Ah! Ah! Ah!
Do Vietnã nos aplaudem: Viva! viva os loucos que inventaram o amor!
E um anjo, o soldado e uma criança repetem a ciranda
que eu já esqueci...
Vem, eu te ofereço a multidão, rostos brilhando, sorrisos brincando.
Que sou eu? sei lá, um... um tonto, um santo, ou um canto a meia voz.

Já sei que já não sou, nem sei quem sou.
Abraça essa ternura de louco que há em mim.
Derrete com teu beijo a pena de viver.
Angústias, nunca mais!!! Voar, enfim, voaaaarrr!!!

Ama-me como eu sou, passei, passou.
Sepulta os teus amores vamos fugir, buscar,
numa corrida louca o instante que passou,
em busca do que foi, voar, enfim, voaaaarrr!!!

Ah! Ah! Ah! Ah!...

Viva! viva os loucos!!! Viva! viva os loucos que inventaram o amor!
Viva! viva! viva!



Ficou com preguiça de procurar o link, né vagal? então clica AQUI!

E com a corda toda

Se estamos voltando, nada melhor que voltar a toda velocidade. Na real, eu fiquei afastado mais por conta do vestibular do que por outra coisa. Ah sim, o velho jornalista romantico e que "desempregado" de um veículo vai estudar para ser alguém na vida, ou tentar ser alguém na vida.

Mas volto e logo de cara, com um texto legal. Meu filho mais velho, inteligente pra caracas e muito ligeiro sonhou e decidiu que vai ser presidente do brasil. E já está montando até um plano de governo, coisa que eu não acredito que lula-lá e fhc tenham feito com tanta antecedência.

Porém, conversando com a patroa, chegamos a conclusão que para nosso filho ser presidente do brasil, alguns fatores vão doer em nossos corações. Um deles é o fato que teremos que tirar nosso filho da escola, pois para ser presidente no brasil é melhor falar errado, escrever apenas o nome e nas horas mais idiotas, usar a almofadinha para assinar. É, não precisa mais que isso, o lula-la 51 que diga.

E para deixar ainda mais caraterizado, já que para ser presidente não há critérios específicos, vamos cortar o dedo do pé, já que meu filho será um presidente que usará chinelos, assim como os pobres usam. Lula prefere usar a 51...

O lado sério dessa história toda é: quais critérios são exigidos de quem pretende ser algum tipo de político? Hahaha, no paraná teve até vereador de cidade pequena que nem a esponha sabia usar, ou seja, era tão analfabeto que nem mesmo o dedão sabia usar para identificar um documento, algo assim.

Para ser político no brasil, seja o presidente ou o maria-louca, até morte nas costas não impede o cara de nos representar nas diversas casas do povo, onde o povo dificilmente pode entrar...

Bem, esse assunto logo voltará a tona aqui... Mas fica a pergunta, quais são os critérios???

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Estamos voltando.

Opa... silêncio inédito e imperdoável no Diário Leite Quente. Hoje as coisas se normalizam minha gente. Ritmo de férias? Espero que não, mas em janeiro minhas passagens por aqui serão BEM menos frequentes. Mas não serei um ausente completo. JURO. E com novidades.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Comemoração...

Esse é, se nada acontecer, o post numero 101 do Diário Leite Quente. Não que isso vá mudar o mundo, mas pelo menos, você que está lendo esse blog pode ter mais dois pontos de vista sobre um assunto qualquer.

Para mim, acabou o assunto da final do coritiba e tal. Chega.

Em contra partida, meu assunto predileto é o lula-lá. Mas hoje também não quero escrever sobre ele não...

Vou comentar sobre algo que eu ainda não tinha usado, não dessa forma. Para aqueles pais que não gostam muito de ir até as papelarias, ficar com os filhos escolhendo o material escolar, a Livrarias Curitiba tem um sistema na internet com as listas de materiais e tal. Você verifica, clica e OK!

Simples, fácil, entregue em casa. Eu vou verificar se os preços são bons e logo comentarei. Mas eu farei uso desse sistema. Sem atendentes chatas e infelizes, sem filas, sem empurra empurra... sem nada disso...

Até...

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Me perdoem, mas eu preciso escrever...

Hoje foi um dos poucos dias em que fui almoçar. Meu chefe que me perdoe mas tive que ir. A fome era demais. E o almoço foi bacana, interessante e me fez refletir um pouco.

E claro que o assunto do meu reflexo não poderia ser outro se não o vexame de alguns marginais no estágio Major Antonio Couto Pereira. Baixaria braba... um olhar de animal sem pai nem mãe dos imbecis que bateram até nos policiais... Bem, todo mundo já isso, né...

Mas nesse almoço, alguns fatos que para mim que não estava lá vieram a tona e me ajudaram a entender, embora não justifique, o porque dessa merda toda.

Primeiro, começando pelo preparador físico do time adversário, que ao fim do jogo, resolveu passar em frente a torcida do time da casa fazendo alguns gestos mal criados, como se quisesse provocar mesmo a torcida local. Eu creio que aceitar perder, somos obrigados, mas tripudiar a derrota é a mesma coisa que xingar a mãe nas horas de raiva. Como falei, não justifica, mas no calor da emoção, quem aguenta isso?

Outro ponto. Ao que tudo indica o juiz que apitou esse jogo já tinha criado polêmica incluindo o time da casa, quando há alguns jogos atrás marcou algo indevido. Não acompanho futebol, mas os que acompanham me confirmaram isso. Isso aliado a um movimento que nunca será declarado de que os times de são paulo e rio de janeiro não podem frequentar a segunda divisão, me demonstra que há roubadeira.

E se isso for fato, mesmo não justificando, como pedir para os animais controlarem a emoção num momento como esse?

Eu realmente acredito que esses animais ficariam melhor numa jaula, mas sem comida. Para comer, teriam que planar em vasos e usar a própria merda como adubo. Mas isso fere os direitos humanos, assim como a corrupção no esporte e também na polícia que estava em numero diminuto e também na política com governantes que mandam poucos policiais. Ah, esqueci, a segurança no estádio é por conta do clube.

Maldita corrupção! E agora o lula-lá diz que quer tornar a corrupção em crime hediondo... Piada do ano, né, presidente lula-lá... Esqueceste o mensalão? Ah é, né, ninguem nunca, na história desse país provou, prova ou provará a participação do PT, certo?

Dessa forma para concluir, eu quero apenas citar que os animais que fizeram essa merda no Couto Pereira nunca terão razão de ter feito o que fizeram, mas vem cá, até quando teremos que aguentar calado tudo que nos é imposto?

A 2ª divisão não é nada, ano que vem o Coritiba volta, mas esse marginais teriam que ficar presos para sempre, certo?

E os responsáveis pela corrupção no esporte, pela corrupção no governo e tudo mais? Será que vai ter jaula para todos?

Bicho burro!

Tem caboclo que é burro por natureza. Não adianta tentar mergulhar nos livros, fazer doutorados e phds. Nem pedir aos santos e orixás para que lhes tirem as orelhas cumpridas e peludas. Nêgo burro tem que se ferrar.

Viram a história do espertão do torcedor - que liderou alguns pares na barbarie de domingo, no Couto Pereira - que por ser linguarudo se ferrou? Me parti de rir. O bonitão chegou na academia cantando de galo. Disse que era o fodão, que deu porrada em PM e que tacou até uma fileira de bancos nem deles. A galera falava: "oh, voce é foda". Um dos outros alunos da academia, que ouvia tudo ali perto, meteu pulseira de aço no jaguara e levou pro xinlindró.

Cagada... o cara era um PM que, à paisana, malhava como todos os dias. O peixe morre pela boca tongo. Além de bandido, vândalo e cabeça de cocô, é burro. Que apodreça na cadeia (ingênuo eu né? Deve sair logo e continuar usando o time do coração como desculpa para extravassar toda sua selvageria e burrice).

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Já começou?

A pergunta que não quer calar é: já está autorizada a campanha eleitoral de 2010?

Pois olha, na quinta-feira, terá um programa do pt, esse partidinho que quer colocar a dilma plastiquinha, em que o presidente 51 vai apresentar a dilma plastiquinha. Mas se o pt pode por que os outros não podem?

Putz hugo chavez começou assim, fazendo coisas que nunca pareceriam absurdas, e olha no que está dando...

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Humano desprezível

Sinto vergonha do ser humano. Vergonha de ser tão apaixonado por futebol. Vergonha de um dia ter pisado numa arquibancada e de ter confraternizado com pessoas capazes de atos como os vistos este fim de semana em Curitiba. Vergonha de ver esses abusurdos se repetindo e de nada ser feito. Vergonha, Vergonha, Vergonha.

Um bando de bandidos... praticamente TODOS identificáveis. As imagens das TVs e de todos os jornais estão aí. Não precisa nem pedir. Nós encaminhamos para vocês. Ministério Público, sirva para alguma coisa. Represente o povo de bem. Faça das tripas coração para pôr todos esses vagabundos atrás das grades. Torcedor não é bandido, mas bandido pode vestir camisas de futebol.

Horror, cenas de guerra. Parecia rebelião de presídio. Ingresso barato demais = a ralé no estádio. Quer me chamar de preconceituoso? Chame. Não ligo, mas pergunta para alguém de bem que foi lá se o clima já não estava tenso desde o começo. Pergunte se as senhoras não apertavam a bolsa contra o peito por medo de assalto. Pergunta se um pai de verdade não apertou a mão da sua criança até a circulação quase parar.

A dor do rebaixamento é cruel, mas nada justifica o que vimos. NADA. Sinto vergonha do ser humano. De fazer parte de espécie nojenta, asqueirosa. Vergonha do animal que invade o gramado e chama PM para a briga. Vergonha do ódio que ele sente misturado com o prazer de dar uma paulada em um PM caído. Que merda de gente é essa?

Mas também sinto orgulho, sabiam? Orgulho de poder noticiar e mostrar a cara de muitos desses vagabundos. Ajudar a identificá-los e, crentes no bom trabalho da justiça, de ter contribuído para que eles sejam jogados numa jaula.

E hoje? O sentimento desses porcos deve ser ainda maior. A esperada repercussão nacional e internacional das brigas e barbárie foi ínfima perto do absurdo dos acontecimentos. O Coritiba, que se acha grande, maior que todos, é minúsculo. Não chega nem a causar ojeriza na Ana Maria Braga. A recepção do Fluminense no Rio, para 300 torcedores, deu mais mídia que toda a vergonha do Couto Pereira. Time pequeno, vândalos desprezíveis.

xxx

O dia que a terra parou (Raul Seixas e Cláudio Roberto)

Essa noite eu tive um sonho
de sonhador
Maluco que sou, eu sonhei
Com o dia em que a Terra parou
com o dia em que a Terra parou

Foi assim
No dia em que todas as pessoas
Do planeta inteiro
Resolveram que ninguém ia sair de casa
Como que se fosse combinado em todo
o planeta
Naquele dia, ninguém saiu saiu de casa, ninguém

O empregado não saiu pro seu trabalho
Pois sabia que o patrão também não tava lá
Dona de casa não saiu pra comprar pão
Pois sabia que o padeiro também não tava lá
E o guarda não saiu para prender
Pois sabia que o ladrão, também não tava lá
e o ladrão não saiu para roubar
Pois sabia que não ia ter onde gastar

No dia em que a Terra parou

E nas Igrejas nem um sino a badalar
Pois sabiam que os fiéis também não tavam lá
E os fiéis não saíram pra rezar
Pois sabiam que o padre também não tava lá
E o aluno não saiu para estudar
Pois sabia o professor também não tava lá
E o professor não saiu pra lecionar
Pois sabia que não tinha mais nada pra ensinar

No dia em que a Terra parou

O comandante não saiu para o quartel
Pois sabia que o soldado também não tava lá
E o soldado não saiu pra ir pra guerra
Pois sabia que o inimigo também não tava lá
E o paciente não saiu pra se tratar
Pois sabia que o doutor também não tava lá
E o doutor não saiu pra medicar
Pois sabia que não tinha mais doença pra curar

No dia em que a Terra parou

Essa noite eu tive um sonho de sonhador
Maluco que sou, acordei

xxxx

Assim, talvez, menos gente seria vítima e testemunharia uma página a ser esquecida na história de Curitiba.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Ah, me perdoem...

Ah, e me perdoem, mas é que acontecimentos como o abaixo citado são tão fortes que infelizmente eu não posso aceitar...

Eu não vou gastar meu tempo...

Sinceramente, não há o que comentar. O que assistimos hoje apenas demonstra que algo precisa ser feito e talvez isso seja dentro de nossas casas. Se hoje existe muito disso é porque em algum momento, nós que somos pais, também erramos.

Mas chorar sobre o leite derramado é muito agora, o que precisamos é identificar esses malditos delinquentes e colocar esses caras na cadeia, ou melhor, colocar eles para quebrar pedras debaixo de sol forte até eles caírem. Depois que caírem, deixar eles cozinhando ao sol e esperar que no sol eles possam pensar no que fizeram.

Inclusive, creio que dessa vez a guerra não acabou hoje, afinal de contas, mataram um policial e isso, os outros policiais jamais esqueceram.

O domindo estava linda, milhares faziam provas e alguns poucos se matavam por causa de um time de merda que vai para segunda divisão, de onde não deveria sair nos próximos 10 anos até que se lembremos do que a sua torcida fez.

Mas, até o próximo clássico, onde esses malditos vândalos marginais vão novamente quebrar ônibus, terminais e quem sabe, de quebra, um idiota desses mata mais uma pessoa. Para eles isso não tem a menor importância, a impunidade no brasil premite isso.

FDP... E parábéns...

sábado, 5 de dezembro de 2009

Dueto musical

A felicidade é como a gota de orvalho numa pétala de flor.
Brilha tranquila, depois, de leve, oscila.
E cai como uma lágrima de amor.
+
O amor, faz a gente enlouquecer.
Faz a gente dizer coisas, pra depois se arrepender.
Mas depois, vem aquele calafrio.
E o medo da solidão, nos faz perde o desafio.

Dueto musical do dia. Primeiro com Vinícius de Moraes e Tom Jobim, em "A Felicidade", depois com "Eu menti", do saudoso Razão Brasileira

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

O que está acontecendo???

Pois então, conforme prometi no twiiter, esse texto está proposto a demonstrar um novo olhar sobre o que acontece com o nosso clima. E nem precisamos pensar muito não. É só perceber que de quarta-feira para hoje, a temperatura deve ter caído mais de 5°C.

Muito se fala em aquecimento global. E é claro que o globo está esquentando, mas alguns fatos devem ser trazidos a tona, pois ainda somos vítimas de uma mídia que está mais preocupada e causar alarde do que em ajudar.

Existe uma linha na ciência, pouco aceita por muitos, que demonstra que o mundo ao contrário do que se fala, está passando por um processo de resfriamento. Eu ainda não estou ficando louco, sou um pouco. Mas existem acontecimentos que demonstram o que eu comentei. Um desses fatores é que um dos maiores acumuladores de CO2 que existe são os oceanos. E a concentração de CO2 nos oceanos depende da temperatura da água.

O segundo ponto é que há 25 anos, existiam mais pontos de leitura da temperatura do que existe hoje. Isso quer dizer que as estatísticas de temperatura hoje são feitas com base em estações que estão nas chamadas ilhas de calor, que ficam nas cidades onde tem muito asfasto e cimento. Logo, uma região mais quente que as outras.

E falta o detalhe de que muitas estações de monitoramento de temperatura que faziam a leitura em regiões de muito frio, como por exemplo na Rússia, deixaram de existir. Sem essas leituras, a temperatura ficou mais alta.

Então, quando olhamos para o céu, precisamos saber que a terra é um organismo vivo e que na verdade, ela sempre vai reagir a ação humana, o que não quer dizer que ela seja eterna.

Eu acredito que ao invés de esquentar, a terra esteja realmente esfriando. Mas de uma forma diferente do que a gente poderia pensar. Eu moro em Curitiba e posso observar: está chovendo bastante, em plena véspera do verão, uma frente fria chegando, e claro, o El Niño tocando horror...

Pense nisso... Um bom final de semana para todos...

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Brincadeira tem hora!

É óbvio que não foi "culpa nossa", mas gosto de pensar que tivemos uma parcela de contribuição nisso tudo. Lembram daquele post em que eu reclamava da ignorância de alguns motoristas que paravam no meio da rua, na Aveninda Afonso Camargo, perto do Jardim Botânico? Pois é... o problema finalmente acabou. Repintaram as faixas no asfalto e agora ninguém mais para lá. Difícil solução, não é?

Não entendo muito bem essa prefeitura. As vezes encarna em alguma coisa e te azucrina até o último, mas dá de ombros para outras e leva meses para tomar uma atitude.

Exemplo disso foi um conserto na rua da casa dos meus pais. O asfalto de lá, antigo conjunto do CNH, tem uns 30 anos. Aos poucos ele, obviamente, foi se deteriorando e hoje é uam desgraça. Não por buracos ou coisa que o valha, mas porque criou-se uma corcova de camêlo (ou dromedário) no meio da pista. Uma não, várias. Quando você chjega em casa, tem a sensaçao de estar numa montanha russa.

Certo. Ligamos 156 e recebemos a garantia do reparo o mais rápido possivel. Isso foi em abril. Mes depois, publicamos nossa reclamação na coluna Cidadao Atento, da Gazeta (aliás, que faz um serviço muito bom). A prefeitura disse ter nosso protocolo e prometeu para junho a solução. Em Outubro ligamos para reclamar o serviço que não havia sido feito. Qual não foi nossa surpresa quando a atendente disse que o serviço "havia sido feito e (pasmem) vistoriado".

Hã? foi nossa reação imediata, com os buracos e ondulações sob nossos pés. Nova reclamação (essa bem mais mal criada que as anteriores) questionando que tipo de vistoria é essa, que não manda ninguém para vistoriar. Rapidamente, sob ameaça de nova denuncia, a prefeitura apareceu ao local. Sabe qual serviço eles fizeram ? Eu também não.

Tá não vou exagerar, deu para ver que eles passaram por la. Passaram uma fina camada de asfalto sobre as ranhuras que havia na pista, mas as corcovas estavam lá, cada vez maiores. Isso, levando em conta que no protocolo que a própria prefeitura tinha, constava "ondulações e imperfeições na pista de rolamento".

Larguei mão. Serviço vagabundo, que não cumpriu nem de longe o solicitado e PROMETIDO. Seguimos na luta... agora, sobre o asfalto novo, formam-se piscinas. Antes a água infiltrava. Legal né?

contagem...

Ô, Ô, Ô, Ô..... Pageview MILLLLL.... aeeee

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Lula, o filho do Brasil

Como eu não consigo abandonar esse assunto, hoje mais uma vez vou comentar sobre o maior assassino da língua portuguesa de que se tem história no brasil: luiz inácio da silva. Eu me nego a colocar o lula.

Agora ele é o filho do brasil. Assim como os outros dois foram os filhos do francisco. Na verdade, todos nós somos filhos de alguma coisa. Alguns de uma mãe maravilhosa como eu e outros, filhos de damas que alguns outros filhos buscam em troca de alguns dinheiros.

Esses filhos dessas damas, que você sabe como é que chama, parecem ser todos irmãos e trabalham sempre em locais como assembléias legislativas, câmara de vereadores, deputados, senado.

E hoje, em específico, uma outra mãe me ocasionou um momento de prazer: a mãe do meu nobre companheiro de DLQ, a Márcia mãe do Dudu.

Ela me mandou um texto que é assinado por uma professora do Rio de Janeiro. Se você quiser o texto, mande um comentário que mandarei. O texto faz uma critica muito bem estruturada e centrada no filho mais filho desse país. "O cara".

Lula é tido como um dos melhores presidentes de todos os tempos. Eu até concordo, pois se tirarmos um monte de merda, sobre um pedacinho de lula. No meio de um monte de presidentes ruins ele é o menos pior.

Mas ainda assim, com todo cheiro, nosso querido presidente assassinando a língua portuguesa conseguiu demonstrar como abandonar um ideal e se tornar algo igual a todos os outros. Um cara sem vergonha na cara, sem ética. E o que para mim é ainda pior, um grande discípulo de outro idiota completa, chamado Hugo Chavez.

E aqui, cabem alguns comentários. Eu não falo espanhol, mas nunca vi uma crítica de alguém sobre o espanhol do ditador. Pelo menos ele sabe falar. Mas lula, ah esse "filho" do brasil não, ele não sabe falar e nem se esforça.

Esta de todas as formas trazendo o lado vermelho da força, tentando trazer para o brasil o que Chavez está fazendo lá. E olha, ele vai conseguir: primeiro foi o primeiro presidente assistencialista de larga escala - bolsa esmola para muitos. Depois aprendeu que todos tem o seu preço, só precisa acertar quanto, e assim, comprou todos na câmara e no senado que foram necessários. E ninguém conseguiu nada contra...

Agora usa uma arma extremamente antiga, mas quem sabe ainda eficiente: um filme sobre sua vida.

Quero saber quem pagou por esse filme. Tirando fatores técnicos, o resto esse filme só me interessa sabe de onde veio o dinheiro.

Márcia (mãe do dudu), o que me deixa muito feliz é que ano após ano, mas pessoas estão conseguindo acessar a internet. E esse texto chegando a mais gente, a reação deve começar. Sonho utópico, mas ainda assim, eu sonharei... Obrigado pelo texto... E mais ainda, obrigado por acompanhar o DLQ...

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

"Cumpanheiros"

Hoje eu vou afinar umas ideias com meu nobre amigo dudu. Então, se esse governadorzinho por ele citado comprova a grana, eu sou um papai noel de saco roxo inflado. Pude sentir a ira do dudu no texto e por isso eu me junto a ele. Quem sabe uma campanha: meu voto não vale um papel higiênico sujo.

Mas se fizermos uma campanha dessas, os mesmos merdas que lá estão, vão dar um jeito de nos calar. É assim de forma resumida: sem educação, o povo não questiona, pra não durar muito, a saúde e a segurança pública vão sumindo. Aí vem uns babacas, alguns até sem dedo, começam a usar a tática da esmola e do cinema nacional e pronto, são considerados os "caras".

Esse governador é apenas mais um exemplo de pura incompetência a partidária: rouba e é pego. Esse babaca deveria apanhar por se burro. Que idiota esconde dinheiro em meias, sapatos, cuecas? Ah sim, os idiotas dos políticos. E não acredito mais que tenha político bom, que não faça merda. Fazer esse tipo de idiotice contra si mesmo e contra o povo é pré-requisito!

Eu até cogitei entrar para a política, mas não quero mais. Quero mais que morram todos.

O dinheiro gasto com eles vai dar para pagar o enterro de todos eles e ainda sobra para o churrasquinho de comemoração... Presidentes da república, governadores, prefeitos, deputados, senadores, vereadores, todos esses estão numa condição boa. Ganhar!

Eu, como disse nobre dudu, eu fazia parte desse bolo. Ano que vem, eu não votarei. Não digo que você faça isso, mas eu não votarei. Eu pago a multa, mas em merda eu não voto mais. Enquanto tiver capacidade de decidir por conta própria, economizarei meu tempo, não irei a "zona" eleitoral, não apertarei a tecla verde de "confirma", nem sequer vou anular ou votar em branco. Ficarei em minha casa!

E só para comentar, meu pai tem um cartão do banco do brasil, mandado por esses merdas e cheio de gente que adora um cabide, e esse cartão depois de uns 2 anos, juntou 3045 pontos, os quais meu pai gostaria de usar para trocar por um miniprocessador que custa, sei lá, uns 70 reais. O banco do brasil, quando voce tenta trocar os pontos, só sabe apresentar uma tela de erro de conexão. Detalhe, é no mesmo computador que o banco permite transferência, pagamento de conta e o caralho.

O que meu velho queria era simplesmente usar algo que eles oferecem, mas parece que eles não querem colaborar...

Eita paisinho...

Papel higiênico inútil!

Uma das máximas (ditados, frases feitas ou coisa que o valha) de maior valor é aquela que diz: O povo tem o governo que merece. Eu tenho outra máxima que diz: "Caboclo burro, tem que se foder".

Ei o resumo do que representa o novo escândalo envolvendo o nome José Roberto Arruda, atual governador do Distrito Federal. Se o exemplo vem de cima, nada como o governador do DF, que reúne o centro do poder político brasileiro, estar metido na merda até o pescoço.

Embora em ainda resista um pouco em chamá-lo de ladrão maldito - afinal, dizem, ele tem comprovantes que validam o recebimento do dinheiro mostrado em reportagens por todo o país (Ingênuo que sou né?) - depois de ouvir parte do discurso desse senhor na época em que negou seu envolvimento na quebra do sigilo da votação no painel da câmara dos deputados, no início da década de 2000, e saber que dias depois de negar veementemente sua participação no escândalo ele admitiu o erro só para não se cassado, as palavras LADRÃO MALDITO saem da minha boca como uma tosse, um pigarro. Ou uma cusparada, uma vomitada.

Meses depois de ser um dos pivôs de um dos maiores escândalos da política dos últimos anos, como se nada tivesse acontecido, o cara se elegeu deputado e anos mais tarde governador do estado. Você faria o mesmo com um parente que lhe passou a perna? o ELEGERIA uma pessoa de confiança depois de ter contado para todo mundo aquele seu segredo impublicável?

Vai à merda. O povo merece agonizar nas suas próprias cagadas.

O duro é ver comentaristas políticos virem a público falando: "As eleições estão aí. É a hora do povo dar a sua resposta". POVO??? O povo é burro. Não sabe ler o que está diante dos seus olhos. Prefere novela à realidade. A culpa é nossa também, não fujo à responsabilidade. Somos todos farinha do mesmo saco. Umas mais refinadas que as outras, mas todos frutos de uma árvore podre chamada Brasil. Que por dias me mata de orgulho, mas noutros me embrulha o estômago.

Meu voto não vale um papel higiênico, afinal não consegue limpar esses merdas do comando da nossa nação.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Hoje é sexta-feira, certo?

É, hoje é sexta-feira. E para tentar fechar a semana, vou comentar algo sobre o filho do presidente do brasil, evitarei escrever o nome de ambos aqui, não vale a pena. O filho do presidente faz um avião voltar de Brasilia para pegar ele e mais 15 amigos. Até aí, tudo certo, certo? Afinal de contas, o cara é filho "do cara".

É como a filha "do cara" ter regalias como carros oficiais para legar ela para a balada, ou para levar o marido dela para o trabalho.

São coisas absolutamente normais. Tão normais quanto meu carro ser apreendido por estar com o IPVA atrasado, ou então, tão normal quanto eu estar devendo uns 1.500 reais no banco esperando o 13º para quitar...

Talvez ainda tão normal quanto o fato de no brasil, qualquer pessoa que tenha problemas com a justiça possa se candidatar a um cargo político e aí, ficar de boa pra todo o tempo. Na verdade, estou ficando cansado de falar e escrever sobre isso. Devo parecer um idiota completo, pois eu escrevo, escrevo e escrevo e ainda não descobri o que eu posso fazer de prático para mudar tudo isso. Voto? Não, não acredito no voto. Não no Brasil... Aqui o voto é exclusivamente máquina de manobra política...

Eu não tenho a quem recorrer. O Requião faz as dele e eu tenho que assistir calado, ele apronta na TV Educativa e eu tenho que ficar calado, pois além de tudo, ele manda matar... E putz, para quem eu posso recorrer contra o presidente fazendo campanha até com filme?

Esse país precisa de uma reformulação geral. Esse país precisa talvez nascer de novo e quando morrer, queimar no inferno todos os políticos que forem políticos e tudo mais....

Ôhhhh diacho!!!

Mas desejo aos leitores um bom final de semana, bastante descanso, agitação, tudo de bom mesmo...

Abraços...

Solidão + Carência + Cachaça = Cagada!

Sandra Sá já dizia: "Solidão... dá um tempo e vai saindo". O que a solidão e a carência, regadas com algumas latinhas de budweiser, fazem com o caboclo. O americano doidão foi no drive-in pedir um rango só de bermudão. Até ai, tudo bem. Quando a mulher foi buscar a comida e voltou, o cara tava peladão. (Leia notícia abaixo. Crédito: G1)

O problema é que o cara é feioso e deve ser pouco dotado (ou deu azar de pegar uma mulher carola do outro lado). E se fosse ao contrário? o que aconteceria? Se fosse uma loira bonitona, uma morena sarada ou até uma esquisita magrela, e a atendente fosse O atendente? Era capaz do caboclo se jogar no colo da cliente com big mac e tudo.

É cada uma

xxxxx

O norte-americano Joey Wallace, de 20 anos, foi preso em Prescott Valley, no estado do Arizona (EUA), após ser flagrado nu ao pedir comida em um "drive-in" de um restaurante, segundo reportagem do jornal "Daily Courier".

Wallace foi detido na última sexta-feira acusado de exposição indecente e por dirigir bêbado. Segundo o relatório policial, o jovem estava com uma bermuda quando uma atendente lhe entregou a comida no carro.

No entanto, quando ela retornou para trazer o restante do pedido, Wallace já estava pelado. A atendente não relatou o caso, mas outra funcionária chamou a polícia após ver que o jovem estava nu, quando ele pediu outro lanche.

Ao ser questionado pelos policiais por que tirou a roupa, o jovem disse que só queria ganhar um sorriso das atendentes. Wallace foi levado para a cadeia de Camp Verde.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Green River é foda!

E eu que pensei que só eu me fodia para pagar as prestações do financiamento habitacional.

Saca essa notícia: David Beckham e Brad Pitt têm prejuízos com crise em Dubai!

Os dois feiosos se complicaram ao investir numa empreiteira que constrói casebres em Dubai e estão passando maus bocados (garanto que perdem o sono). Sem saber se o investimento dará realmente o retorno esperado.

Eu estou BEM melhor que eles. Comprei o meu barraco no Rio Verde (Green River) por x e ele já vale Y, com valorização de quase 15 milha em apenas seis meses. A promissora Colombo deu de chinelo naquela Dubai picareta. Minha "Green River" é foda! Emirates fede.

ps: Porra, o Brad Pitt tá ficando velho pra cacete...

Estacionamento gratuito em shopping

Pagar estacionamento em shopping. O que você acha disso?

Em São Paulo a coisa tá pegando. Uma lei que já entrou em vigor lá diz o seguinte: se você gastar dez vezes o valor do estacionamento, não precisa pagar para deixar o carro nas vagas oferecidas pelo estabelecimento. Pescou? Se o estacionamento custa R$ 3,50, como em vários shoppings de Curitiba, e você gastar ao menos R$ 35 pila, o estacionamento não precisa ser pago. O governador José Serra já havia vetado a referida lei, mas os deputados conseguiram derrubaro veto e as novas regras já estão valendo.

Muita gente acha justo que os estacionamentos para shoppings ou supermercados sejam gratuitos... eu acho que não. Pelo menos para os shoppings. Sei que tudo isos é bem polêmico, mas olhando do ponto de vista empresarial, acho a cobrança legal. Não um valor absurdo, mas algo justo. Você vai lá porque quer. Você compra a ideia de ir a um centro de consumo e escolhe pagar por esse "prazer" e ganha a segurança de ver o seu carro lá quando voltar.

Essa ideia de Sâo Paulo parece interessante, afinal muita gente que vai a shoppings gasta dez vezes o valor que pagaria no estacionamento. Outra medida bacana é aquela que te isenta do pagamento, caso vá ao cinema, por exemplo. São medidas simpáticas, que podem ser determinantes na hora de se escolher um shopping ou, no caso, um cinema.

EU não gosto de pagar para estacionar em shopping, mas sei que a caboclada abusa mesmo. Para o dia todo no mercado e acha que foi o espertão, o malandrão, por não ter que pagar estacionamento. É igual aquele que para "cinco minutinhos" na vaga de deficientes e idosos e acha que é o cara (me incluo aqui, minha gente. Estou me "tratando" para largar desse vício de parar em vagas preferenciais). Seja consciente e use o bom senso, malandrão.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Sem pauta...

Hoje foi um dia complicado, um dia um tanto corrido e um dia que eu realmente preferia esquecer. E então, acabo ficando sem uma pauta definida. Mas vamos lá...

Primeiro gostaria de escrever sobre um cena que vi hoje pela manhã. Infelizmente meu telefone - câmera ficou sem bateria e não pude registrar, mas perto de onde trabalho tem algumas pessoas muito inteligentes: elas jogam lixo nas ruas... São as mesmas pessoas que moram na baixada do morro, por onde a água vai correr a hora que der um pé d´água. E vai dar... Cedo ou tarde, chove novamente e tudo vai alagar. Tenho a certeza que verei na foto a embalagem que eu vi hoje pela manhã jogada....

Um viva para um povo mal educado que depois vai reclamar.

Outro ponto que eu queria abordar hoje é sobre a grana que está sendo gasta no terminal do cabral. A reforma está no começo mas já deu pra ver que pelo menos ali, governo do estado e prefeitura se entenderam e resolveram gastar uns trocados.... E ponha trocados nisso...

E por falar em trocados, que legal, né, o lulinha pega corona num avião da força aérea e ainda leva 15 amigos para passear. Um tremendo FDLula... Né...

Nesse país onde os deputados aprovam um calote nos precatórios e em que um jornalista, Carlos Moraes trabalha numa televisão estatal apenas para falar mal dos inimigos políticos do chefinho dele, a maria louca, o que podemos fazer?

Se somos obrigados a escolher o melhor entre os piores, num rio de merda em que o cheiro contamina tudo e no mesmo país em que não existem critérios para um analfabeto ou criminoso se candidatar, o que será desse país?

Campanha minha pelo voto não obrigatório... por favor, me tirem essa responsabilidade...

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Vou ser repetitivo

Bem, o texto de hoje já foi tema de outro aqui mesmo no DLQ. Mas lendo o texto do Dudu sobre a manifestação, a unica coisa que posso realmente comentar é: sinto muito.

Esse povo, que protesta, queima pneu, e sofás e mais tralhas, é o mesmo povo mal educado e que infelizmente não sabe que jogar lixo nas ruas e próximo aos rios, o que é fato na região em questão, é o que causa problemas com as chuvas. Ai o cara fica o ano todo jogando lixo no rio, merda, xixi, gordura e tudo mais, aí quando chega na hora das chuvas fortes que ficaram cada vez mais intensas, o bicho pega e alaga tudo.

Creio que sejam válidas todas as manifestações dos moradores, populares e todos nós, mas ainda assim, se cada um não fizer a sua parte, seja burro ou inteligente, pobre ou rico... lixo nos rios, é furada, coco no córrego, mais furada ainda...


Protestar

Protestar é inerente ao ser humano. Algumas das manifestações têm sentido, outras são inúteis. Algumas (a maioria) tumultua a vida de outras pessoas que não tem nada a ver com o assunto, outras são tão discretas que quase passam desapercebidas.

Recentemente alguns protestos foram motivados pelas fortes chuvas que castigaram Curitiba e região nas últimas semanas. Sinceramente dúvido do valor de protestos desse tipo, mas o fato de se indignar com o que esta errado é muito válido. Ficar calado diante do "errado" é quase pior do que ser o errado.

Enfim, na sexta-feira passada moradores do Uberaba protestara contra os estragos da chuva na região, pedindo mais providencias. Queimaram pneus, madeira e muita tralha, bloqueando o tráfego no sentido Centro da Avenina das Torres. Passei por lá e registrei as chamas, pouco antes de um caminhão do corpo de bombeiros aparecer para acabar com o protesto. Não feli com ninguém, pois o povo estava meio arredio e nem era essa a intenção. Queria só fazer o registro.


video

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Caminhando e pensando...

Hoje eu estava no jardim botânico de curitiba, que na minha opinião acertada foi adotado por uma empresa privada, e na caminhada pude observar que mesmo sendo cuidado por uma empresa privada, o fabricante de perfumes boticário, que faz a segurança é a guarda municipal.

Aí fiquei pensando que esse modelo pode até ser um bom modelo de PPP, parceria público privada. Que tipo de desvio de dinheiro pode acontecer num esquema desses? Bem, que deve rolar, isso não duvido, mas deixa pra lá, mesmo com cheiro de óleo diesel e gasolina, caminhar lá é melhor que ficar numa esteira dentro de uma academia. Recomendo.

Eu só queria fazer um alerta: não pense que transparência quer dizer fim da corrupção. Alguns deputados federais acharam um jeitinho muito curioso de pegar mais um troco na falcatrua: empresas fantasmas. Eles pegam a grana, colocam na internet nota fiscal e tudo mais, parece limpo, mas fede mais que merda em dia de feijoada.

E nesse contexto todo, um tal ladrão, ou melhor, um tal presidente michel temer disse que se for verdade essa treta das notas, ele vai mandar o conselho anti-ética, ou melhor, o conselho de ética da casa investigar.

É a mesma coisa que dizer pro requião que semente de mamona não é comestível - perdão dudu. Na verdade, mandar para o conselho de ética é a mesma coisa que nada. Absolutamente nada...

Até quando vai tanta merda?

Requião presidente? Eu voto!

O que pensar de uma possível candidatura do Requião à presidência?

Desde sempre gostei do Requião. É aquela coisa meio inexplicável... você pega simpatia pela pessoa e pronto. Passa a gostar dela e muitas vezes releva as cagadas que ela faz. Sou assim com o Requião. Até os próximos dias (só até os próximos dias, pois uma reforma aguardada com ansiedade pela minha velha deve tirá-lo de circulação) quem quiser pode passar na casa dos meus pais para comprovar a verdade. Um adesivo "Requião 15" dá cor à minha já surrada ex-janela.

Sempre votei no Requião. Minto, quase sempre. Votava no Rubens Bueno quando podia, apesar de ter certeza de que os seus resultados não o levariam a lugar nenhum. Mas no 2° turno era Requião. Acho, e duvido que alguém me prove o contrário, que ele foi o melhor governador que este estado já teve. Pergunte a um professor e a boa parte dos servidores como eram seus salários antes do governo Requião? Ele, para mim, é daquele tipo: É louco, fala umas merdas, mas faz. Melhor do que aqueles que "roubam, mas fazem".

Talvez este não seja o melhor momento de testar O Requião para a presidência. Após o seu primeiro mandato deste última série me parecia um momento melhor. Mas, porque não? Não vejo ninguém no PMDB com mais experiência (tá, aqui o Pedro Simon ganha de lavada), histórico de bons governos e capacidade para se oferecer como candidato. O problema é que justamente me preocupo com isso. O fato de não ver ninguém mais capacidado para tal.

Ao afirmar que sou requianista, sou alvo de chacotas. Muitos dizem: "Não acredito, Dudu. Requião?" O que credencia o Serra, o Aécio, a Dilma, o próprio Lula, a Heloísa Helena a concorrerem e a serem apontados como candidatos, que não credencia o Requião? E tem mais, seria interessante ver um paranaense comandando o nosso Brasil. Talvez passassemos a ter uma visão um pouco mais democrática das coisas.

Sei lá. Vamos ver no que dá tudo isso. Provavelmente em alguma composição, mas no fundo torço para ver o Requião na disputa. Nem que seja para atingir os míseros 2, 3, 4 % dos votos que o Quércia atingia quando se aventurava.

sábado, 21 de novembro de 2009

1 bom motivo para apoiar

Eu estava ainda deitado quando ouvi no rádio que hoje o pmdb pode definir o nome da maria-louca, vulgo Roberto Requião para o cargo maior do executivo: presidente.

E fiquei pensando, por que seria interessante apoiar esse lunático?

E foi então que cheguei a uma boa ideia. Se eu apoiar ele, ele vai sair, vai levar um rodo da dilma plastiquinha - que com suas bolsas não tem pra ninguém - e aí, depois de levar o rodo, além de ficar sem a presidência, ficará sem aquela vaguinha que ele já estava pensando lá no senado.

Assim, ficaremos sem maria-louca por pelo menos 2 anos até que ele tente a prefeitura de curitiba ou então uma vaga de vereador.

Mas, o que mais importa é que se tudo se desenhar assim, o cenário político paranaense vai passar por uma fase de modificação. Novos caciques entra em cena e os mais velhos, tiram férias.

E putz, 2 anos sem requião no cenário político, é bom demais!!!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Hoje é dia...

Tem dias que não sei explicar, mas sinto vontade de escrever um pouco mais. Hoje é um desses dias. Estive agora pouco lendo num sítio que se o programa da rede globo de televisão, o fantástico não mudar, ele pode morrer antes da mudança na grade que ocorrerá em abril de 2010. Ai pensei, mas o que está errado?

O programa está lindo, com a linda Poeta. O outro, enfim, não me lembro nem do nome. A tá, camargo, né, ele parece um bobo alegre, os dois conseguem rir de piadas que nem piadas são, investiram em quadros que pouco agregam de informação real, como por exemplo o economista que ensina a filha a cuidar das contas do pai e depois virar garotinha propaganda falida da caixa econômica.

Investiram também na filosofia para burros, afinal de contas, vamos pensar, quem quer filosofar num país em que comer está cada dia mais caro?

Enfim, deveremos ter mudanças, mas não vai ser fácil. Com o carisma de zeca e o rostinho de patrícia, a coisa vai continuar a desandar... Eita azar, heim...

Enquanto isso, gugu com seu programa de construção avançada, fica alí, patinando na mesma. Cada semana uma casa nova. Esses dias ele construiu uma que nem azuleijo no banheiro deu tempo, ele colocou tipo uma borracha e diz que é moderno...hehehhe

Talvez a saída para isso tudo seja realmente uma grande reformulação. Silvio Santos com o seu topa tudo por dinheiro, inovou mais uma vez trazendo o que sempre trouxe: alegria, diversão e câmera escondida. Será que o fantástico não deveria pegar algo do que já passou e foi bom? O gugu também?

Ou troca tudo de vez e continua arriscando, né...

Vamos ver onde vai dar, ou melhor, eu não vou ver, fantástico com zeca bobo alegre camargo, nem pensar...

É água!

Pra mais de metro. Na verdade, ontem a noite em curitiba chove pra mais de milímetro. Para chegar próximo ao volume, choveu aproximadamente 130 mm. Isso quer dizer: choveu em 2 hroas e pouco o que era para chover, historicamente, em todo o mês de novembro!

É como se você despejassem em você, de uma só vez, no box do seu banheiro, a água de todos os banhos que você tomaria em um mês, ou algo assim. Isso não daria certo. Eu estava num restaurante ontem nesse horário. A coisa foi feia, até o entregador desistiu de sair, pois não havia condições. Eu não consegui filmar mas testemunhei que a coisa estava realmente feia. Na rua em frente ao restaurante se formou um rio, raso e violento.

Mas o que me chamou a atenção mesmo foi o fato que anunciou-se durante todo o dia e derepente, pum! A coisa desandou...

Repetindo, foram 130 milimetros em 2 horas e pouco.

É muita água. E confirmando o que o nobre Dudu disse, se existe algo que melhor caracteriza São Paulo, são as enchentes. E agora, vai melhor caracterizar Curitiba nessas horas. E nem adianta, a unica coisa que podemos fazer é tirar o cimento e o asfalto e deixar a terra absorver toda essa água. Caso contrário e como sei que isso é impossível, vamos aprender a nadar e tomar um remédio para vermes...

E dá-lhe água...

Curitiba boiando!

Ok, ok... todos nós sabemos que a qualidade das gravações deixa a desejar, mas a ideia, neste caso, não era nada profissional. A intenção era mostrar o caos que a cidade se transformou com as chuvas de ontem. Nunca, em meus anos de passagem por aqui, vi Curitiba tão embaixo d´água como ontem. Seguem dois videos que fiz.

O primeiro é do cruzamento da Avenina Augusto Stresser com a Germano Mayer. O seguinte mostra o Rio Bacacheri, no meu pacato e saudoso conjunto Solar, no Bacacheri, ex-morada desses que vos fala e casa de meus progenitores.

Tenho certeza que para quem mora às margens do Belém, a coisa foi bem pior. A cidade de Curitiba já vinha se travestindo de São Paulo pelo trânsito. A enchente é mais um sinal da nossa mais recente crise de identidade.

video

video

Só para ressaltar, o uso de vídeos por aqui se tornará mais frequente. Obviamente com mais qualidade e produção do que os postados acima, mas aguardem as futuras video-reportagens do DLQ.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

A merda da desigualdade!

Sempre fui terrível em matemática, mas vou arriscar uma continha básica. Me acompanhem:

150 x 3,25 = 337,50 x 5 = 1687,50 x 26 = 43.875,00

43.875 - 3200 (800 x 4) = 40.675

Jogando os custos no alto... 40.675 - 10.000 = 30.675 (sendo bem gente boa, - 5.000) = 25.675.

R$ 25.675 por mês de salário. Tá bom para você? O que um pobre e coitado jornalista ganha num ANO o caboclo ganha em um mês apenas para adminsitrar cinco barraquinhas de cachorro quente na cidade de Curitiba. Isso considerando pontos não tão lucrativos, como são aqueles da Rua Holanda, no Bacacheri/Boa Vista, que chegam a vender 500 dogs e 4 reais.

Os números são apenas uma média, mas bem reais. Não considerei o consumo de bebidas, que normalmente (em cada lata) há um lucro de 100% do valor pago, o que elevaria os rendimentos, fácil fácil, para os R$ 30 mil por mês.

O que quero dizer como tudo isso? Quero é dar os parabéns para o lazarento que teve essa ideia antes de mim. Paga-se de R$ 800 a R$ 1 mil para funcionários encararem quase 12 horas de serviço contínuo, preocupa-se em manter as barracas abstecidas e as contas em dia, e engorda a conta em R$ 30 paus por mês.

O dono dessa fábrica de dinheiro, segundo fontes fidedignas, neste caso, é um caboclo meio rude, sem muito estudo, mas com tino de empresário. Porque um cara assim consegue essa montanha de dinheiro e nós, formadores de opinião, integrantes de um dos quatro poderes e arautos da verdade ganham essa merreca?

Calma, não pensem que eu não vou mais longe. Porque temos que nos deparar com homens e mulheres abnegados, que moldam mentes que farão (ou pelo pelos teriam essa responsabilidade) desse país um lugar melhor - estou falando dos professores - ganhando salários ridículos, em torno dos R$ 600? Como uma mulher sofrida ou um homem trabalhador consegue sustentar o conjugê e mais quatro ou cinco filhos com malditos R$ 480 e poucos reais?

Que merda de desigualdade é essa?

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Sobre o Asdrúbal...

Hoje vou escrever sobre o Asdrúbal... Asdrúbal é um cara legal, sabe, tipo aquele presença, que onde chega puxa papo e logo chama a atenção.

Ele nasceu nos inícios dos anos 70... de uma familia que até não tinha muitas posses, cresceu com bastante mimo e claro, estudando a maior parte do tempo nas escolas particulares da cidade. Não que isso tenha feito de Asdrúbal um cara melhor, ele sempre foi bom por si só, por sua massa cinzenta mais ou menos cinzas que as demais. Porém, Asdrúbal tem um hobby perigoso, e já o tem desde sempre: mentir!

Asdrúbal mente, mente, mente tanto que as vezes, acredita na própria mentira. E é aí que mora o perigo...

Mas a vida de Asdrúbal, não fossem as mentiras, seria muito boa, obrigado. Tanto é que o infeliz se formou, e fez até um curso depois da faculdade, um tal mestrado, que até bolsa de estudos ganhou. Pois é, Asdrúbal mentiu até nisso. Seu trabalho de conclusão foi inconclusivo, ao menos de verdade, pois nenhum dos testes foi realmente feito.

Asdrúbal sempre mente.

Mas nosso Asdrúbal na verdade, não apenas o Asdrúbal. Eu conheço pelo menos uns 4 ou 5 que são iguais... Asdrúbals em potencial, prontos para mentir, fazer cena e criar roteiros que até os mais céticos acreditam. Essas pessoas são perigosas mas são inofensivas. Elas não fazem nada por mal e sim por - como dizer - esquecimento.

Asdrúbals podem ser homens, mulheres, e os demais... Cada qual com sua especialidade, eu conheço gente que vai para a empresa, bate cartão e vai até o concorrente fazer trabalhos, depois, volta e bate o cartão... Legal, né...

Conheço gente, que frequentava igreja e deu o golpe da barriga no otário, que agora está com mais de 5 filhos, logo e ele faz um time de futebol. Conheço outro que chegava fedendo a pinga no trampo e dizia que era sinuzite.

Enfim, eu conheço vários e vários Asdrúbals, Paulas, Biancas, Otávios, Guilhermes, e por aí vai...

Se você conhece um desses, por favor, não se descuide, pois uma das especialidades desses Asdrúbals e roubar a própria mãe - na rua, na chuva e na fazenda... ou na praia...

Cuide-se e faça parte do proximo movimento social: Mude!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Me aproveitando...

Mesmo estando na casa da tia Marli e do tio Adilson (eu sou agregado, mas são meus tios também, né), finalizando meus trabalhos aqui, pensei: por que não escrever um texto?

Pois bem estou escrevendo e minha temática principal hoje será: mudança!

Gostaria de saber, um dia alguem me responde, o por que das pessoas nunca mudarem substancialmente ou então, do porque as pessoas mudam apenas para agradar aos outros. Digo isso pois tenho vista várias pessoas que mudam apenas por que outras querem que elas mudem, mas por dentro não mudam nada.

E me parece, com o perdão das excessões, que é assim com quase todos. Mudar é difícil. Sabe aquele cinquentinha pro guarda? Mude, não dê mais esse trocado, fique com ele para ajudar a pagar a multa!

Sabe aquela rotatória que você passa por cima com o carro? Não passe mais.

Diga não aos políticos que distribuem bolsa-família e vale-gás. Diga não ao vereador que ofereceu uma dentadura para seu pai banguela. Mude...

"Mude, que quando a gente muda o mundo muda com a gente, a gente muda o mundo com a mudança da mente"... Gabriel o Pensador.

E para terminar, tem vagabundo a dá-co-pé... Muda...

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Um alerta ao leitores...

Então, eu gostaria de avisar aos leitores que o texto abaixo, Ah... o Amor! está com a assinatura do lg mas na verdade foi meu nobre amigo dudu que fez. Eu publiquei por dificuldades técnicas que não permitiram o dudu fazê-lo.

Mas o leitor com certeza já tinha percebido, né... um dia eu chego lá, mas ainda não....
Lembrando:

o título Ah... o Amor! é do dudu...


abraço a todos...
EDITADO POR DUDU - Dae pessoal,a rrumei o post. Então desconsiderem esse aqui,e scrito pelo LG. Alias, não desconsiderem não, pois tudo que esse caboclo escreve, até um recadinho qualquer, merece ficar eterninzado. Abraços. Dudu

Ah... o Amor!

A gente flagra demonstrações de amor nos lugares mais inusitados as vezes. Na rua, na chuva na fazenda. Ou numa casinha de sapé. Ou numa borracharia. Ou dentro de nós mesmos.


Ontem, mais uma vez, fui na borracharia do Baiano. Em toda minha vida automobilística, dois “calcanhares de Aquiles” (afinal temos duas pernas, certo?) me acompanharam desde que tirei minha permissão de dirigir (lá se vão dez anos). Pneus, amortecedores e escapamentos. É, percebi que citei três “coisas”, mas é que achei a comparação com os calcanhares bem legal.


Enfim, de todos os carros eu precisei trocar pneus, amortecedores e escapamentos. Dos dois últimos, várias vezes, inclusive no mesmo carro. Ou em partes, como o silenciador traseiro, o catalizador e a parte central do escapamento, ou por unidades, como o amortecedor traseiro direito ou o dianteiro esquerdo.

Neste sábado foi o pneu. Um buraco lá em Ponta Grossa formou uma corcova no meu pneu da frente, o direito, e o volante tremia demais quando eu andava. Lá no Baiano, troquei por um outro que meu pai guardava em casa. Pronto, serviço feito.


Mas nesse meio tempo veio a prosa. Já meu amigo, visto que o prestigiei em seu estabelecimento várias vezes, Baiano desandou a falar. Contou sobre sua casinha, seu filho e sua mulher. Aqui é que eu queria chegar.

Poucas vezes vi alguém falar da “sua véia” com tanto carinho e admiração. Narrou suas atividades diárias, de como ela limpa, lava, cozinha, passa costura e cuida do jardim e das suas coisinhas com uma admiração ímpar. Disse que ela é capaz de varar a noite só para ter aquela sensação gostosa do dever comprido.


Contou, com um largo sorriso no rosto, que faz graça com as irmãs dela e diz que mesmo que morresse e nascesse de volta, casaria com sua “Rumilda”. Opa, corrigiu-se, “Romilda”. “Se eu falar que é Rumilda, ela fica louca. Pode alguém registrar uma pessoa com nome de Rumilda? Ela deve ser a única do mundo. Coisa de escrivão mesmo”, disse. Mas, retomando o assunto, disse que as cunhadas se rasgam de ciúme dos seus gracejos quando elogia Romilda.


Aquela mulher é sensacional. Dia desses, narrou, desandou a brigar comigo porque resolvi tirar uns matos do jardim com uma enxada. “Você ta louco. Larga isso, que você não sabe fazer nada direito. Olha as toceiras de terra que você arranca junto com os matos?”. Parei na hora, disse ele, mas fiz só para irritá-la mesmo, brincou. “Parei, pois discutir com ‘Alêmoa’ é uma desgraça. Eles falam demais”, concluiu.


Baiano, durante toda a prosa, ria com um orgulho danado. Coisa de quem ama mesmo. Fiquei feliz só em saber que alguém era amado com tanta intensidade, mesmo depois de 47 anos de casamento.


Lembrei da minha muié, que me abandonou durante o fim de semana, e o peito se apertou. Pensei nela o tempo todo e não vejo a hora de abraçá-la de volta. A hora esta chegando. Graças a Deus.

domingo, 15 de novembro de 2009

Eu quero uma nova Curitiba

Pois bem, eu quero uma nova curitiba. Nos ultimos dias tivemos uma nova linha verde, uma nova marechal, logo teremos uma nova riachuelo e uma nova cândido.

Eu quero uma nova curitiba, é pedir muito?

Talvez a copa do mundo e as olimpíadas possam nos ajudar: uma nova curitiba onde as pessoas tenham direito e acesso a tudo, uma nova curitiba com no máximo 1 milhão de pessoas, uma nova curitiba com ônibus decente para todos, uma nova curitiba com muito mais árvore, com menos especulação imobiliária, uma nova curitiba sem metrô mas com tudo de bom que precise, uma nova curitiba com um jornalismo sadio e verdadeiro.

Eu queria aproveitar que estamos perto do natal para pedir ao papai noel e ao coelho da páscoa e também ao boitatá uma nova curitiba.

Nessa nova curitiba, não teríamos esse canal do governo estadual para lavagem cerebral, não teríamos beto richa e companhia, nem mesmo sobrinho de governador que dirige bebado e bate o carro.

Por favor, tragam uma nova curitiba por inteira e não aos pedaços... por favor...

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Nova Cândido de Abreu

Sou, por natureza (acho que até já comentei sobre isso), um otimista. Assim como defendi os Jogos Olímpicos de 2016, que será no Rio de Janeiro, acho que a Copa do Mundo de 2014 pode deixar um legado interessante. Principalmente, evidentemente, pelas obras que serão feitas na cidade.

Umas até são esquisitas e na prática não faço ideia se realmente serão úteis (já dei minha opinião sobre a Linha Verde, que de um projeto sensacional, virou em bosta. Trocaram seis sinaleiros por 20 e poucos e acham que o trânsito vai melhorar). Outras, contudo, acredito que podem resolver problemas bem antigos, que nos incomodam, mas que nenhum político tem colhão de se coçar e providenciar alguma solução.

Uma que me pareceu simpática foi a revitalização (reconstrução, na verdade) da avenida Cândido de Abreu. O projeto prevê a adequação da via ao novo “ligeirão”, que ligará o Centro Cívico ao Boqueirão. Dinheiro vindo do PAC da Copa.

Particularmente tenho fascínio por maquetes, desenhos que ilustram um futuro empreendimento ou coisas do tipo. Não aquele fascínio tonto de ter várias miniaturas de maquetes em casa e de ser um participante ativo da comunidade “Eu amo maquetes” no Orkut (aliás, Orkut?). Fato é que achei a imagem que recebemos hoje, por e-mail, aqui na firma muito legal.

Transforma a região central e – aí vem a questão. Qual é o interesse obscuro em tudo isso? – vai dar de brinde ao Shopping Muller um calçadão cheio de gente sedenta pelo consumo. Numa primeira olhada a ideia de diminuir uma pista no sentindo de quem vem, não me parece inteligente. Mas, no geral, achei bem bacana.

Tirem vocês suas conclusões.






Mais uma vez...

Então, meu pai me contou e eu achei que era uma brincadeira de mal gosto do véio. Mas não era. Mais uma vez, um dos parentes do Requião fez algum tipo de merda, se não no governo num cargo legal, nas ruas. Um sobrinho, não vou citar o nome, tava no pau com seu Volvo, um dos carros mais seguros do mundo, com sua namorada. Ele, meio bebaco, tipo, tomou apenas 1 cerveja. Ela, não sei.

Pronto, porrada, estragou a noite de alguém. Bateu.

E aí, o cara tá bebaco, sem carteira de motorista, carro cheio de multas... E agora? Segundo testemunhas, trocou de lugar com a namorada na maior cara de pau.

E em mais uma grande demonstração de falta de respeito, vergonha na cara e tudo mais, os policiais que deveriam encaminhar as testemunhas para a delegacia, anunciaram que por ordens superiores, todos deveriam ir para casa, dormir... descansar...

Mais uma pouca vergonha da grande família... Viva maria louca... viva...

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Centro da cidade

Hoje foi assim: do trabalho para o centro da cidade. Lá, caminhei com meu pai por alguns lugares, até encontrar com a patroa, caminhamos mais um pouco até que vim para casa, onde escrevo.

Mas vou comentar algo que realmente me deixa um tanto preocupado e chateado.

No centro é sempre alerta. A cada esquina, passando por cada pedaço tem algo acontecendo. Pessoas ficam olhando, outros ficam sentados no banco da praça só te encarando....

Paranóia total... Até que... 3 elementos, com cara de poucos amigos - os três fumando maconha em plena praça rui barbosa, centro máximo de curitiba... FUMANDO MACONHA...

Não sei quem concorda comigo, mas o centro de curitiba além de bonito em alguns lugares e feio em outros é cheio de gente feia e mal encarada. Mas ainda assim, tem gente feia e mal encarada que cumprimenta e solta um sorriso. Hoje não aconteceu, mas ja teve dias que ganhei o dia com um sorriso de um dessas pessoas.

Mas é assim, curitiba cresceu, hoje somos algo por volta de 2 milhões... seria assim de qualquer jeito...