quarta-feira, 23 de setembro de 2009

antes de tudo...

Bom. Antes de escrever meu texto, vou colocar um outro texto pequenino: eu gostaria realmente de estar antenado com o blog como meu nobre amigo Dudu. Até foto o cara tá colocando, heim...

---

Ao que interessa, beleza?

Pois então. Eu também gostaria que o circo da hipocresia acabasse no Brasil, e quem sabe no mundo inteiro. Separar o lixo, não jogar óleo de cozinha no ralo, e ainda, consumir de forma consciente - dar preferência a sacolas de pano e embalagens não descartáveis. Claro, isso seria interessante, mas quando é com a gente, não é tão interessante assim.

Tipo: faça o que dizem, mas continue fazendo o que todos fazem, afinal de contas, o visinho tem que começar, certo? Errado.

Enquanto 99% das pessoas pensarem assim, 1% será responsável por algo que nunca vai dar certo, de forma alguma. Eu posso não ser o melhor exemplo, mas durante a semana, o carro fica parado na garagem. Só tiro ele da garagem se for preciso levar um pimpolho no médico e também em outras ocasiões que eu e a patroa possamos julgar especiais.

Mas, pra que falar nisso, né, se incomoda tanto!

Um bom motivo para mudarmos nossas atitudes talvez seja justamente mostrar nossa capacidade humana de aprender, de se educar. Ser mal educado não é pecado, pecado é continuar numa condição como essa.

É aprender mesmo. É preciso que consigamos pensar no aprendizado desse comportamento. Precisamo urgentemente aprender. E não tem uma escola para isso, precisamos nos unir e trocar informações e melhor, trocar exemplos.

Sonho com o dia em que a barreira proposta pelo Dudu vai ser instalada, talvez apenas com radares e o famoso pedágio urbano. Se você quer ir ao centro, na área delimitada de carro, vai ter que pagar 15R$, por exemplo. Na inglaterra deu certo, mas aqui, já imagino a galera dando um jeiitinho ou então, recorrendo 194 vezes para não pagar...

Um dia muda! Um dia, ficamos inteligentes... Um dia, aprenderemes... Só espero que não seja tarde demais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!