sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Perdi...

Não ganhei medalhas hoje. Sinceramente, agora, só me resta ficar aguardando...

Nossos líderes (ai que medo) escolheram por nós. Nosso presidente, o tal lula-lá disse que 190 milhões de brasileiros queria a copa do mundo. Desculpe-me, lula-lá, mas 190 milhões não, 189 milhões, 999 mil e 999 brasileiros, pois eu... Eu já tinha feito a minha escolha. Eu não queria e continuo não querendo olimpíada no brasil, muito menos no rio de janeiro, fevereiro, março.

Alô, alô, empresários, aqueles contratos...

E claro que assim será. Zilhões de empregos. Assim como os 10 milhões de empregos que já foram prometidos e claro, ao melhor estilo lula-lá, não cumpridos.

E o rio de janeiro parou hoje. Festa em plena sexta-feira, dia util. Viva, que tudo se concretize, que tudo dê certo. Diretos e indiretos, que assim seja. 26 bilhões de reais.

É como eu sempre me pergunto: precisou de uma copa do mundo para sair o metrô em curitiba, e olha, que 97% dos hotéis está no centro de curitiba. Então, aqui nesse país tudo precisa de motivos para acontecer. Se num cruzamento um semáforo é necessário, tem que morrer uns 3 ou 4, aí sim, eles colocam o semáforo.

Nessa capital, os espaços verdes estão dando lugar a grandes conjuntos habitacionais ou invasões, mas isso não interessa, afinal de contas, na democracia onde o voto é obrigatório, quanto mais miseráveis, melhor. E assim foi, as olimpíadas de 2016 serão não brasil. E eu com isso, né? Creio que apenas a pequena parcela da população mais rica e com a renda concentrada terá direito de assistir no MARACA (grande, feio e mal acabado) a abertura e o fechamento. E ainda, os jogos, atletismo, natação. Não, dos 189.999.999 só uns poucos terão essa chance.

Bom, eu perdi. Assumo que perdi. Não tenho do que me envergonhar, tenho meus ideais, meus principios. E assim será!

Viva a democracia onde votar é obrigatório. Só mais uma pergunta: custava fazer uma consulta popular? (ainda mais com a facilidade da urna eletrônica?)

Bom, fim de semana...

Fui...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!