domingo, 24 de janeiro de 2010

8 anos se passaram, é hora de refletir sobre um assunto

E esse assunto é previsto inclusive no artigo 5º da constituição federal. Ele trata da liberdade de expressão.

Diz ele:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;

IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;


Pois bem, algumas ações norteia qualquer tentativa de se mudar um regime político quando motivado pelos bandeiras vermelhas. E em 8 anos, alguns deles a gente já pode observar: assistencialismo crescente - no brasil, motivado pelas bolsas (família, gás, luz elétrica para todos), pela segregação através das cotas (por mais que elas tenham um bom motivo por trás), o inchaço da máquina estatal (qualquer dia você pode ver anúncios de concurso público), corporativismo nos poderes estatais e as infinitas denúncias de corrupção que envolvem gente do governo e do partido, em questão o PT.


Mas outro fator tão importante quanto é causar o descrédito da imprensa, dos meios de comunicação o do direito do acesso a informação. E este ultimo, nos ultimos 3 anos parece o objetivo mais claro.

Primeiro, o país assistiu a queda de uma profissão. De uma hora para outra, os jornalistas, que existiam para informar e para isso passavam 4 anos numa faculdade estudando de história a ética - foram comparados a cozinheiros. Todo respeito a cozinheiros, mas mesmo os melhores cozinheiros estudam muito e quem sabe, não gostariam de ter suas profissões desqualificadas.

Agora está em discussão um projeto que prevê a volta da censura. Isso mesmo, estão de volta querendo controlar o que a mídia fala sobre eles. É de se entender, afinal de contas, o projeto de poder do partido em questão é muito extenso e a mídia vai atrapalhar.

É de se entender que o governo lula-lá está incomodado com os jornais, jornalistas e tudo mais.

Eu só queria pensar o seguinte: será que eles vão realmente conseguir? Creio que sim, eles são maioria e se não tem a maioria, eles tem bastante dinheiro para se tornar maioria. Eles vão nos calar, pode ser, mas com a internet, talvez isso seja mais difícil e muito mais complicado do que eles estão esperando, a não ser, que nesse caso, eles tenham algumas aulas como os chineses, que ainda tem uma bandeira vermelha, que hoje tremula com um sifrão, mas que ainda é vermelha.

Viva nosso brasil democrático. Demo o que?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!