quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Honestidade tá no sangue!

Tudo bem. Eu não acreditei no que ele disse na época, mas preferi dar um voto de confiança (mesmo que desconfiado) ao caráter da pessoa. Aliás, tenho a péssima mania de confiar nos homens. Normalmente, me arrependo. Mas, como um burro empacado, sigo acreditando no ser humano. Não sei até quando.

Retomando a linha de raciocínio. Quando foi candidato à reeleição para a prefeitura de Curitiba, o senhor Beto Richa disse, como todas as palavras, que não iria disputar o governo do estado. Não estou louco não, ele disse. Era evidente que su afirmação tinha única e exclusivamente a intenão de ludibriar alguns eleitores mais incautos, afinal era óbvio que se ele vencesse (como venceu) as eleições com ampla vantagem de votos, ele tentaria o governo.

A pergunta é: Porque não jogar limpo? Ele poderia muito bem adotar um discurso de que quer o melhor para todos os paranaenses e que seu objetivo nesta terra é ajudar o povo. Que o céu é o limite e que em 2018 vai ser o presidente do Brasil, inaugurando uma nova era de paz e amor para todos os povos.

Mas não mente, porra. Não me chama de estúpido ao afirmar que não fará o que CERTAMENTE fará. Sabíamos que isso ia acontecer, então porque pagar de bom mocinho falando que só pensa em Curitiba e que quer resolver os problemas da sua população acuada e temrosa sobre o futuro da nossa cidade sorriso, cidada luz, das flores, ou coisa que o valha.

Não acho que você seja um mau prefeito Beto, pelo contrário. Tirando a cagada da Linha Verde e alguns outros poréns, você foi o melhor desde Jaime Lerner. Agora, seja honesto. Não honesto por não roubar, mas sim ser sincero. Será muito pedir que os políticos falam a verdade para o povo? Pedir que não se maquie a realidade não é pedir demais. Jogue limpo.

Honestidade, que antes era inerente ao ser humano de bem, hoje virou qualidade. Honestidade de verdade tá no sangue. Não se exalta, apenas se exerce-a. Não vou votar em você para o governo do Paraná, embora te considere um bom candidato. Não voto em quem falta ocm a verdade, por mais irrelevante que o prejuízo causado pela sua ausência me cause.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!