sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Requisito básico: saber mentir

Eu cresci numa família quase religiosa. Quase porque minha mãe era católica, se batizou na igreja de jesus cristo dos santos dos ultimos dias. Meu pai, até onde sei sempre foi mormon, inclusive um dos motivos que deve ter levado minha mãe a se batizar. Enfim, sempre fui criado dentro de alguns princípios básicos e coisa e tal.

E assim sendo, para mim certas coisas não deveriam existir. A mentira é uma delas. E outra, que eu tanto odeio é o famoso jeitinho brasileiro, sabe, aquela de dançar conforme a musica e sempre se sair bem. Na verdade a soma dessas duas torna qualquer pessoa, homem ou mulher, um monte de merda bem sucedida.

Pude perceber que para crescer no mundo profissional, tenho que dançar uma musica chata. A musica da mentira, da mediocridade, do fingimento e tudo mais. Talvez agora, eu perceba o quanto me fará falta aquele curso de como assentar tijolos ou então, como deixar o reboco mais bonito e tal... Creio que preciso aprender a fazer telhados, sabe, meia água, água inteira, duas águas...

A ignorância é uma benção que eu não recebi desse deus sádico. Fazer o que, enquanto fico pensando em crescer, ganhar um pouco mais, compartilhar meu sucesso com minha família e coisa e tal, percebo que nesse mundo, ou você se corrompe ou vai a merda!

Eu vou a merda. Mas em 2012 a coisa mudará! Na verdade, começará a mudar...

Mas uma coisa eu vou dizer... Se eu falar e minha ideia não agradar, ouvir você eu saberei. Quem sabe tua ideia é melhor que a minha?

Fui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!