quarta-feira, 14 de abril de 2010

Made in China

País mais populoso do planeta e fonte de notícias que assustam por conta dos números. Até a hora que escrevi esse texto, eram 400 mortos e 10000 mil feridos por conta de um terremoto.

E 2010 parece ter sido escolhido para ser o ano das tragédias. Será?

Na China, quando acontece algo assim, morre muita gente. É triste e eu fico imaginando até quando o planeta vai ocasionar esse tipo de acontecimento. Na verdade, a resposta é: sempre. Terremotos, maremotos, chuvas e tudo mais sempre existiram e sempre existirão. O que causa comoção é que agora, estamos em todas as partes do planeta, inclusive vivendo nas áreas onde ocorrem tais acontecimentos.

Exemplo disso temos até mesmo no brasil. Em são paulo, uma área de várzea, que é utilizada pelos rios para justamente poder transbordar, pessoas construíram suas casas e assim serão vítimas de alagamentos.

E uma pergunta que me foi feita: para onde irão, que opção tem essas pessoas?

A resposta que dei foi: não sei, mas não deveriam ter ido justamente para esses locais.

De forma fria, podemos perceber ao rodar por curitiba, que até com apoio de políticos, pessoas habitam em locais que não deveriam ser habitados. E isso quer dizer que logo essas pessoas perderão tudo o que tem para a água, que cedo ou tarde, vai tomar o lugar que um dia já foi dela.

Assim como na China. Muitas dessas regiões são afetadas por terremotos, enchentes, chuvas. E continuará sendo assim, infelizmente.

Tomara que daqui alguns anos, não inventem de fazer um loteamento no possível morro que será deixado no aterro de curitiba, pois uma lição já foi aprendida com o que ocorreu em niterói. Será que foi realmente aprendida?

E, meus sentimentos a todos os chineses que infelizmente morreram nesse terremoto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!