segunda-feira, 3 de maio de 2010

Causos... de um final de semana

pois bem, esse texto será a mescla de alguns causos que aconteceram comigo esse final de semana. minha mãe tinha reunião de condomio na praia e para tanto, resolvi ir junto para levar meus dois pequenos, o médio e o pequeno para farovar no litoral. é bacana, nosso litoral é pertinho, tudo para dar certo: e deu. até a patroa ganhou no sortei na empresa e horas depois estava chegando ao nosso encontro.

tudo certo, malas arrumadas (eu não suporto viajar com bagagem nos pés ou com a famosa lona laranja no teto do carro - se cabe, eu levo, se não cabe, fica), carro abastecido, grana para o pedágio e tudo mais que era preciso. além é claro de um bom motorista, que nesse caso era eu!

vamos lá, já na saída, insistente pelo contorno leste, um festival de barbeiragens e alguns quase acidentes de impressionante irresponsabilidade dos meus semelhantes, mas nada grave e muito menos que me envolvesse de alguma forma. e rumamos! logo que pego a estrada das praias, a piazada no carro passa de passageira a seres que interagem.

a primeira surpresa: o pedágio não vende mais a volta antecipada. não sabem explicar porque mas não vendem. eu queria era ter 12,70$ em moedas de 1 centavo, mas isso eu vou providenciar. "não vendemos mais a volta antecipada, senhor!" disse a quase bem educada atendente do pedágio.

frustração 1 absorvida, vamos descer a serra, afinal, um dia lindo, estrada boa, e tudo mais. na quarta ou na quinta curva de alta velocidade da serra, percebo que o carro, ao solicitar o funcionamento dos freios, solta uma fumaça! epa! reduzi a velocidade e constatei que era sim, do carro aquela fumaça. uma paradinha, tudo parece normal, mas não está. o sistema sobrecarregou!

e aqui fica um alerta: manutenção em dia e observação são fatores determinantes. se continuo sem observar, poderia ser fatal. mas não foi, continuei e lá no litoral chegamos. um dia misto de quente e frio. quente ao sol, frio a sombra.

frustração 2: a comida no litoral custa quase o mesmo que ouro. 25 reais o kg da comida e não tem choro. ou paga ou vai pro fogão. confesso que na próxima, vou ao fogão, não sou rico e não vou alimentar o comércio do local me dizendo quanto eles acham que custa a comida! morram de fome!

enfim, frustração 2 absorvida, agora é curtir a piazada que deu um show de bola no que diz respeito a diversão. domingão igualmente legal, com direito ao mais velho mergulhar, brincar e tudo mais na água e ao mais novo apenas pular as ondinhas, correr das ondas e brincar.

nada de vendedores abulantes com seus pastéis, churros e o famoso vendedor insistentemente chato de cerveja e raspadinhas. isso tinha mais graça quando eu era criança. a praia linda, o mar lindo, minha patroa linda e tudo certo.

tinha até um evento sem importância de uma tal Bola de Neve, um campeonato de surf numa praia sem onda. sei lá, acho que não era nada de muito importante mesmo.

banho e rumamos ao pé da serra, afim de vencer os 900 metros divididos em 60km. mas aí, um fato: 3km de fila para pagar o pedágio. 3km! por causa da patroa, o GPS estava desligado, mas foram longos 20 minutos de espera. Trágico!

enfim, depois de um fim de semana maravilhoso, cheguei em casa e dormi o sono dos anjos, sabedor de que mesmo pobre, pude proporcionar aos meus pequenos, minha patroa e minha mãe, dois dias de alegria e diversão...

ah, não teve texto, mas dessa vez, não aceitei levar o note para o litoral...

uma excelente semana a todos... verifiquem sempre os freio e façam manutenções programadas no carro, é importante, heim!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!