terça-feira, 4 de maio de 2010

educação

mais um texto sobre a maldita educação, ou a falta dela. é preciso não mais que 5 minutos dirigindo em curitiba para perceber que somos habitantes sem qualquer tipo de educação para dirigir. trocar de faixa sem sinalizar, avançar sinal, ultrapassar em local proibido, isso tudo não é novidade para quem vive aqui.

mas a maldita educação é necessária em tudo o que fazemos. desde aquela compra no supermercado até o médico que faz um diagnóstico. e em tudo é necessário educação. e como está sua educação?

responda sinceramente: você cumprimentaria uma pessoa que te disse oi na rua?

quando você chega na guarita, o segurança te entrega o cartão, você diz oi? boa tarde? bom dia?

se sim, parabéns, se não, garanto que você aprendeu isso com seus pais, mas não usa porque não quer, certo? tenho percebido no meu convívio social diário, é sempre a mesma coisa, pessoas sem educação, sem qualquer tipo de estrutura emocinal para o convívio social.

não adianta, é impressionante. gostaria que isso mudasse, mas somos muitos, muitos mesmo, talvez já 2 milhões apenas em curitiba, e com tanta gente, ser algo melhor do que somos é apenas uma utopia idiota de um jornalista imbecíl.

seja no trânsito, no buzum ou na fila do cinema, seja em qualquer lugar.

então, continuarei sonhando, e você?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!