terça-feira, 25 de maio de 2010

uma novela...

...que eu já assistí algumas vezes. 2010 é ano de eleições para deputados estaduais, governadores, deputados federais, senadores e claro, o presidente da república federativa do brasil.

é uma novela que sabemos o roteiro. dos mais de 30 partidos políticos, os mais variados possíveis, temos apenas 3 grande candidatos e alguns outros que nem sequer vale a pena citar. e dos 3, dois são muito maiores do que a terceira, que nesse caso, faz apenas ruído.

essa novela é sempre assim, pois dos tantos partidos o que sobra são as alianças. o futuro do país, temas como saúde, educação, segurança pública, defesa de fronteiras, tráfico de drogas e armas, tudo isso é para depois, o que mais importa agora é quem vai ganhar com o patrocínio de qual empreiteira que vai realizar determinada obra.

dos dois maiores, não sei quem ganhará. não consigo mais nem sequer pensar em quem escolher... na verdade, me darei ao luxo de não votar esse ano, é um direito meu, e pagarei a multa - depois eu conto como foi.

o sistema político adotado no brasil permite que essas alianças sejam feitas. formar um partido, pegar alguns segundo na televisão e no rádio e depois se juntar a outros partidos é relativamente tranquilo.

é assim mesmo!

em nosso hino nacional, um trecho reflete a capacidade política do povo brasileiro, cito:

"Deitado eternamente em berço explêndido, ao som do mar e a luz do céu profundo"

é isso aí, enquanto uns brincam com o poder que "nós" damos, o restante fica como diz o trecho, deitado eternamente, porém o berço não é tão explendido assim e o som não é exatamente do mar, e sim das balas perdidas.

um viva para nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!