quarta-feira, 30 de junho de 2010

quarta-feira de bastante sol

que delícia de dia. um sol maravilhoso lá fora e tudo de melhor. meus filhos estão bem e com saúde, eu estou bem e com saúdo e minha esposa está bem, e com saúde.

aqueles que sentem inveja: morram de inveja...

para os outros que desejam o de melhor, eu desejo também o de melhor e se eu puder faze algo para ajudar, que assim seja. se eu não puder fazer, atrapalhar eu não vou.

o texto de hoje, assim como o de ontem, não tem nada de especial para relatar. gostaria apenas de comentar que fiquei muito chateado em saber que o álvaro dias não será vice do josé vampiro serra.

seria a primeira vez que um paranaenso iria ocupar tão importante cargo. agora, fode, teremos que aguentar gleise no senado ao lado de alguns outros FDP... só espero que requião fique de fora, com o que ele fez, talvez ele consiga viver alguns anos só de renda, ou será que não?

enfim, com tanto ônibus amarelinho por aí, creio que sim, ele viverá de renda...

inté...

terça-feira, 29 de junho de 2010

buscando uma pausa...

ontem e hoje, foram dias extremamente corridos. busquei uma pausa e só encontrei ela hoje.

mas hoje não vou pegar pesado nem mesmo criticar alguém ou alguma coisa.

só fazer alguma pergunta muito sincera: eu seria pior hoje se o rei pelé não fosse um rei?

eu seria mais ou menos bem sucedido se ele fosse apenas um principe?

se a resposta foi sim, eu sou um merda mesmo. se a resposta for não, eu quero mais é que o pelé vá... para onde ele bem entender...

isso não é uma crítica, certo?

mas infelizmente me pergunto isso: o que seria de mim se o pelé fosse considerado o que realmente foi?

segunda-feira, 28 de junho de 2010

ainda em "pausa"

Meus amigos... Gostaria não de me desculpar pela ausência forçada por horas e mais hora de trabalho árduo, mas sim para exaltar o conteúdo do blog durante a minha ausência.

O LG, Luiz Guilherme Gartner, é um cara que ainda vai te surpreender. Assim como faz todo o tempo comigo. Seu senso de justiça – escancarado em seus textos – prova que não estou falando bobagens. Longe de ser um justiceiro, mas o LG é um cara que não se cala (como a maioria) diante dos problemas e erros cometidos mundão a fora.

Ele tem dado conta do recado enquanto estou longe. Disso nunca tive dúvidas na verdade. Meu sumiço esta próximo do fim. Os três meses estão terminando e em breve pretendo voltar a compartilhar com os amigos leitores um pouco mais de opinião e iniciar de uma vez por todas um debate franco.

Debate para se levantar problemas e debater soluções. Sei que vocês estarão com a gente nessa batalha. Tentar encontrar um jeito de tornar essa nossa cidade no mínimo mais justa e agradável de se viver.

Um abração.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

um dia sem...

é incrível o que sinto quando não consigo escrever aqui por um dia... me dá um vazio, um sensação diferente... mas cá estou, numa sexta-feira especial para todos menos para mim. hoje é dia de futebol, dia de seleção brasileira de futebol.

para todos: que legal - para mim: que merda.

a algazarra já está tomando conta das ruas próximas de onde eu trabalho. vuvuzelas, cornetas, qualquer coisa que faça um barulho dos infernos é usado por esses nobres brasileiros, que na hora de trabalhar também fazem um barulho, mas de choro.

se o futebol é uma das poucas coisas que o brasileiro sente prazer em fazer ainda, eu direi uma coisa: que medo!

ontem, assistindo ao polícia 24 horas, um programa que acompanha o dia de policiais e que passa na Band, mostrou um motorista, normal, carrão importado e tudo mais, que tinha ingerido 0,33 dl de álcool... bem, esse motorista passou na blitz, se deu mal e logo foi para a delegacia...

mas as duas mulheres que estavam num FOX prata, na Avenida Batel, tomando cervejas longneck enquanto dirigiam, ah sim, elas estarão hoje assistindo ao jogo do brasil, com muita cerveja e claro, dirigindo depois. afinal, é copa do mundo...

eu farei algo bem especial hoje, durante esse jogo da copa do mundo: trabalharei!

se sou o único otário?

sim, sou sim. eu sei bem disso...

quarta-feira, 23 de junho de 2010

rapidinho...

escrevo rapidinho hoje, pois o tempo é curto, são 14 horas e alguns minutos e os braços já estão doendo e tudo mais...

mas o que mais me chamou atenção hoje, algo extremamente positivo e que adorei de paixão foi ver pessoas se unindo para não assistirem por um dia rede globo de televisão.

claro que isso não vai dar certo infelizmente, mas eu participarei e levarei essa informação a todos os meus próximos.

não apenas pela globo, pelo galvão ou pelo tadeu.

mas pela falta de respeito que a globo sempre teve e que agora está se intensificando. ela já está perdendo campo para a record e para a band. tá na hora das empresas televisivas se prepararem para um novo panorama.

terça-feira, 22 de junho de 2010

ok, ok, eu errei...

eu errei. o kaká não bateu no cara. ele apenas acotuvelou... aquilo que parecia ser uma pancada no rosto não, foi. a cotovelada, ahhhh, isso é normal, né, ainda mais para alguém que se diz evangélico. acredito que na igreja da graça ou qualquer merda dessa, quando ele chega, todos se cumprimentam com cotoveladas... dá nada.

mas, como ja falei, eu errei.

errei e tento no mínimo ser humilde em reconhecer meu erro! aqui no blog, se eu erro, eu preciso no mínimo indicar que errei, onde errei e colocar um outro texto explicando tudo isso.

na vida real, ou seja, fora da web, meus erros precisam mais do que minha humildade, precisam também de ações contrárias ao erro que demonstrem para os que me cercam o quanto eu aprendi com meu erro.

o que isso quer dizer? nada!

a vida me ensinou, durante esses 32 anos que já vivi, a perceber uma coisa muito importante nas pessoas: sempre que você quer, você fala muito mais com suas ações, intenções e expressões corporais do que de forma verbal.

um sorriso ou a falta dele podem fazer a diferença entre um bom dia e um dia ruim. mas um sorriso também pode esconder muita coisa ruim, muita hipocrisia, muito fingimento e ainda, muita raiva.

por isso, tento ser o mais correto possível e o mais direto ao falar. se não gosto, me perdoe, mas não gosto mesmo. se eu gosto, vou tentar viver intensamente. e assim é com tudo o que faço. com meus amigos, com minha família, com o pininho (pastor alemão lá de casa), com meus filhos, com minha mazinha... enfim, com você leitor, se você estiver junto comigo e eu gostar... viveríamos momentos intensos de alegria, brincadeira, diversão.

mas se a gente não afinar os pontos, é melhor não insistir, não é mesmo!

escrevo isso porque minhas ações muitas vezes causam uma inveja destruidora. destruidora para que a sente, nunca para mim.

sou assim como o meu parceiro no blog: simprão! gosto das coisas mais simples da vida, menos de futebol e da copa do mundo!

para aqueles que se sentem incomodados com minha felicidade, já pautada menos em elementos materiais e mais nas situações intensas que vivo com pessoas, um sinto muito... vocês não são nada para mim.

como disse minha chefe, a Lindsay no twitter: "O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta". Muito menos da minha... seja feliz e viva sua vida!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

olá a todos... uma boa semana

sabe, uma das características do povo brasileiro enquanto massa que mais me chama atenção é justamente a capacidade de serem idiotas e ainda darem risada disso tudo. não apenas serem idiotas, mas também, gostar da condição em que estão inseridos.

falo dos brasileiros pois estou aqui. e mesmo assim, com relatos de pessoas de minha confiança que estão ou estiveram em outros países, podemos sim comparar.

um grande exemplo disso eu presenciei depois do jogo da copa do mundo ontem, onde o brasil expetacularmente venceu um timeco por 3x1. aliás, que pelada maldita. um futebol de 5ª categoria que deixa qualquer ex-jogador, do penta, do tetra, do tri com vergonha de ser brasileiro... será mesmo?

o primeiro fato importante para mim: mão é mão. sem querer ou querendo, mão no futebol só vale se for o goleiro. o gol mais bonito, com dois chapéus e tudo mais era uma jogada digna do fut-volei nas areias de copacabana e não na copa do mundo. isso foi a mais pura demonstração de desespero e falta de habilidade que esse jogador de merda, que ganha muito bem, faz para comprovar para mim que ele não vale nada como esportista. é um mal carater.

e hoje, para minha surpresa, a maioria dos brasileiros hipócrias com quem conversei sobre isso, estava defendendo esse jogador com um astro do futebol. uma vergonha... quando somos vítimas, xingamos até a 8ª geração, mas quando somos nós, ai fica tudo bunito, tudo muito lindo...

o segundo fato foi um outro idiota chamado kaká. aliás, kaka é o inferno.

um menino cheio de deus e jesus no coração, doa milhões para uma igreja, tem sua esposa uma pastora... do nada, talvez cansado de sentir dor por conta de um problema só dele e ainda mais raivoso ainda por ser um dos piores jogadores em campo, meteu porrada no seu semelhante... desceu o braço... uma vergonha, uma demonstração clara de que nem mesmo jesus pode confortar o seu coração que sabe que será derrotado se não antes, na própria final...

um circo de horrores do qual eu tento não me lembrar, mas o qual as imagens insistem em aparece em minha cabeça.

não só uma seleção de homens jogadores de futebol, mas toda a grana que neles é gasta e todo o comportamente medíocre das pessoas. se essa é a única diversão do brasileiro, tá explicado porque esse país não crescer e elege gente como as que estão aí.

é uma pena!

sábado, 19 de junho de 2010

semana errática

essa foi uma semana muito tumultuada e difícil para mim. vou usar o blog para relatar o acontecido e quem sabe ajudar outras pessoas a não passarem por situações que eu passei e que logo poderei demonstrar através de alguns papéis assinados por esses profissionais, que são muito importantes em nossas vidas, mas que por fatores alheios ao meu entendimento, tambem erram.

na terça-feira a noite, quase madrugada de quarta-feira, levei meu filho mais novo, o Luiz Eduardo ao hospital pequeno príncipe em curitiba, um dos únicos que se presta ao atendimento pediátrico.

chegando lá, o moleque não conseguia respirar direito e tava com uma super tosse, fizemos a triagem, seus batimentos cardíacos estavam bons, o nível de oxigenação estava também bom... a médica, por alguns instantes examinou e logo pediu uma radiografia. fomos e fizemos a tal radiografia.

ao retornar, a médica já comentou que tinha acabado de internar o paciente anterior, pois ele estava com pneumonia. ela observou a radiografia e logo nos deu a notícia que nosso pequeno LE estava na lista dos internados da noite. pois ele também estava com pneumonia. emboras eu conheça um raio-x, até esse momento eu não queria e não iria discutir com a médica, afinal, ela estudou muitos anos para isso. eu, ah eu só fiz jornalismo.

internamento feito, na hora de assinar os documentos, descobri que essa médica já tinha batido o recorde de internamentos da noite. na hora em que eu assinava, tinha mais 3 solicitações...

meu problema é que eu tenho um amigo porco, o barrinho, que volta e meia fica falando no meu ouvido que tem algo de podre no jardim do paraíso. no dia seguinte, um médico, que seria o responsável por acompanhar o internamento, entro no quarto, examinou meu filho por alguns instantes, e logo disse que "achava" ser realmente pneumonia no pulmão esquerdo, mas que as enfermeiras do posto não haviam encontrado os examos e por isso, ele ficaria 5 dias internado.

o barrinho novamente me falou que tinha algo podre. como minha sogra era funcionária do hospital, ela agilizou o laudo do Raio-X e para nossa surpresa, os pulmões não apresentavam nas imagens qualquer indício de pneumonia.

em sua segunda visita, o médico confirmou que não era pneumonia. mas mesmo assim, deixou meu piazinho mais um dia internado.

a grande lição?

questione seu médico, peça evidências... em caso de dúvida, consulte outro e outro... nem sempre, na medicina, tudo é tão óbbvio quanto parece.

agora, pegarei todo o prontuário, o qual eu tenho direito, e se caso for, processo nos médicos envolvidos. não quero dinheiro pois dinheiro algum vai tirar de meu filho a quantidade de penicilina que ele tomou enquanto esteve internado... eu apenas quero entender quem errou e que o responsável me peça desculpas.

errar é humano, mas não reconhecer o erro é inaceitável...

sexta-feira, 18 de junho de 2010

eles fazem... nós pagamos

dando uma volta pela web, lendo algumas manchetes em sítios de notícias, me deparei com um link, achei interessante e fui ler o conteúdo.



é impressionante. os políticos de um mesmo partido agora estão tendo que trabalhar com suas diferenças. e o pior, eles fazem e a gente paga a conta. pois eu não me engano de pensar que um cara que fez greve de fome vai ao médico utilizando seu plano de saúde privado.

não, não, nem mesmo o sus. eles recebem o melhor tratamento pois são parlamentares e como tais, não podem ser atendidos por qualquer médico.

e o motivo dessa greve de fome foi apenas a divergência política.

pois então, já que pagamos a conta mesmo e nem tem como ser diferente, faço um desafio para os outros tantos deputados, senadores... façam todos uma greve de fome... uma greve contra a imprensa e um tal projeto de incluir a cachaça na cesta básica, uma greve de fome por tamanha pressão que a imprensa e parte da sociedade fazem contra a corrupção...

uma greve de fome por votos... uma greve de fome por qualquer coisa.

já que pagamos, não vamos nos importar em pagar a compra de vários caixões... e podemos fazer um jardim de deputados e senadores. será?

quinta-feira, 17 de junho de 2010

1 já foi...

bem, como a copa do mundo está no centro das atenções vamos lá:

- o morumbi já foi, não será nada na copa do mundo. nem abertura, nem quartas, nem oitavas, nada.

e é isso que eu quero que seja confirmado em curitiba: nada de copa!

nem arena da baixada, nem arena paratiba, nem couto pereira, nem nada. se quiserem fazer a copa aqui, que faça lá na pracinha perto de casa. para ver a pelada da "seleção brasileira de futebol", tá bom demais...

uma pergunta

de onde virão os 160 milhões de reais que dilma gastará em sua campanha?

160 milhões de reais?

doação dos nobres "cumpanheiros" eu acredito que não seja...

é impressionante saber que o partido que defende o fim das elites e coisas capitalistas assim gaste 160 milhões de reais...

de onde virá tanta grana?

a notícia é boa...

enfim, depois te algumas tentativas e algum esforço, eis que meu no aparece numa lista de aprovados no antigo CEFET-PR. e num curso que será um desafio - sistemas de telecomunicações - tecnólogo...

não que isso seja um grande feito, mas pelo menos foi a conquista de um objetivo que era ter na manda uma segunda profissão que pudesse me dar um apoio financeiro no futuro promissor do jornalismo no brasil.

voltar a estudar com 32 anos não é apenas um desafio. é também mostrar para meus filhos que o estudo é o item mais elementar da vida de um homem: sem estudo nada faz sentido. e para meu nome estar nessa vaga, não houve nenhum investimento de alto custo no ultimo ano. foram anos e anos de "estudos" contínuos.

é a soma dos esforços.

hoje eu estou feliz, meu nome apareceu na lista de uma das instituições mais respeitadas do brasil na área em que atua.

pode não ser nada, mas para mim, é um novo começo...

quarta-feira, 16 de junho de 2010

uma pelada indigesta...

há momentos na vida de um homem em que a melhor coisa é uma pelada. daquelas boas mesmo...

mas não estou falando em mulheres e suas roupas (ou a falta delas). estou falando sim daquele joguinho de futebol, se é que se pode chamar um bando de perna de pau de jogadores de futebol.

seja em que dia da semana for, o importante é reunir os amigos, e tomar uma geladinha depois.

acredito que ontem, depois da estréia mais idiota que eu já assisti, os jogadores da maravilhosa "seleção" brasileira de futebol tenham feito justamente isso: tenham saído apra o bar tomar uma geladinha, pois a peladinha de toda semana, eles já tinham jogado mesmo.

assisti apenas o primeiro tempo mais pra ver como seria do que para torcer, afinal de contas, eu queria muito que a korea ganhasse... mas foi um fiasco do qual nunca mais me esquecerei.

kaka, robinho e qualquer outro "estrela", talvez por frio ou então por falta de vontade mesmo, mostraram um futebol pior do que o da piazada aqui do bairro...

exageros a parte, o que ví ontem, pode ser sim comparado a uma pelada, nada mais que isso. para o hexa, falta muito, ou não?

até que ponto os contratos mandam?

e uma indicação: você acredita em deus, jesus e outras divindades? se sim, assista no cinema Duelo de Titãs - uma leitura bastante bacana da dependência que o ser humano tem em um deus, e claro, como essa dependência deixa de existir... é legal...

terça-feira, 15 de junho de 2010

porque será?

porque será que o presidente lula-lá deixou para vetar ou não o aumento dos salários dos aposentados para hoje, dia do primeiro jogo da copa do mundo?

coincidência???

óhhh triste coincidência!!!

o primeiro jogo

hoje é dia do primerio jogo de algo que todos chamam de seleção brasileira de futebol. hoje é o dia em que tudo se inicia oficialmente depois de já gastos muitos dinheiros para treinos, viagens e tudo mais.

é hoje que será dada a largada para uma loteria em que os sorteados serão os mesmos que já receberam uma grana para estar lá.

é hoje que começa um jogo o onde um astro evangélico declara que não vai aguentar os 90 minutos, mas o locutor da rádio diz que os 45 minutos que ele vai jogar valem o time adversário inteiro jogando 1 milhão de minutos.

é hoje que começa o show do circo para o brasileiro, que nos ultimos anos conseguiu deixar de ganhar para poder comprar o pão nosso de cada dia.

é hoje o dia em que eu abaixarei e respeitarei o gosto máximo dessa nação. medíocres ou não, são apenas brasileiros de coração, que lutam, suam, trabalham e claro, torcem...

eu creio que não sou um brasileiro. eu não torço, não desejo o hexa e ficarei caladinho... vivam todos...

torcerei caladinho para que nas próximas eleições todos os torcedores da seleção brasileira de futebol escolham a melhor opção para o brasil.. de resto, nem korea nem brasil...

sexta-feira, 11 de junho de 2010

eu sou um jornalista babaca

conforme meus leitores já devem ter percebido, eu sou um jornalista babaca. e me torno mais babaca ainda quando tento entender alguma coisa.

sobre o acidente horrível que aconteceu ontem, existem algumas expeculações que eu gostaria de fazer. primeiro: existe um sistema nos ônibus em curitiba, principalmente nos ligeirinhos e nos bi-articulados, que impede que o veículo se mova, por conta da aceleração com as portas abertas. esse sistema é integrado aos freios em alguns casos, e em outros casos, existe uma trava no pedal do acelerador. é possível perceber que nos ônibus que utilizam esse sistema, que existe um botão no painel que sempre está com um lacre e em alguns casos um luz vermelha piscando.

a luz informa que o sistema está OK e o lacre deve ser violado em caso de mal funcionamento, provavelmente para anular o sistema nessa hora.

segundo depoimentos, o buzum saiu do tubo e iniciou sua rota de colisão.

vamos aos fatos, são aproximadamente 165 metros para rodar. o buzum, ainda segundo testemunhas ouvidas pelos jornais locais, levou algo entre 20 e 25 segundos. isso nos dá uma ideia de que a velocidade alcançada no momento do impacto devia ser de aproximados 30km/h.

culpa do motorista?

digamos que esses dados estejam certos (fui eu, um jornalista que fez as contas), é possível o motorista ter perdido o controle por competência própria? ou então, havia algo errado com o pedal do acelerador ou do freio?

um ônibus vazio pesa algo em torno de 20 toneladas, mesmo vazio, se acelerado, os freio podem realmente não ser suficientes, por isso normalmente alguns motoristas tiram o é do acelerado para freiar...

se eu pudesse, eu faria a primeira vistoria nesse pedal. e agradeceria ao motorista que deve ter tentando, mesmo que em vão frear, pois essa atitude pode ter ajudado a salvar muitas vidas...

ah, e tem ainda um equipamente chamado tacógrafo, que deve marcar informações também importantes...

é isso...

lamento a trajédia, meus sentimentos para as famílias dos mortos...

quarta-feira, 9 de junho de 2010

é só por um minutinho...

pode ser por 1 minutinho, por dois ou que nem na foto abaixo, eu fiquei observando, dando voltas no estacionamento do big avenida das torres, foram longos 7 minutinhos de desrespeito até a hora que eu saí... sabe lá por quanto tempo esse carro ainda ficou.

isso pode parecer pouco ou quase nada, mas infelizmente é um reflexo de uma sociedade, em geral, pouco preocupada com a educação.. que começa com exemplos...



ah, isso foi no dia 1º de maio, mas só agora achei a foto. mas seja quando for, desrespeito é sempre desrespeito. quem para em cima da faixa, pode muito bem, avançar um sinal, ou então, extrapolar o limite de velocidade...

é, isso é normal, não é mesmo!

está tudo decidido...

já me conformei. está tudo decidido, pelo menos no âmbito federal. nossa pátria amada, idolatrada - salve - salve, já tem um novo presidente.

e será a senhora dilma plastiquinha roussef!

não tem mais como não ser. esses empates técnicos previstos nas pesquisas eleitorais são apenas uma forma de nos deixar feliz pela democracia em que somos inseridos. democracia igual a que nos (homens) obriga a prestar o serviço militar ou então, nos (homens e mulheres) obriga a votar em alguns desses ou então anular o jogar no branco.

dilma plastiquinha tem o que nenhum outro candidato tem: carisma, capacidade técnica, estudo e ainda, o apoio "do cara"! e não precisa ser vidente ou mágico, quanto mais religioso ou hipócrita para perceber que não há outra opção!

o brasil está crescendo quase igual a china. dos itens que vou citar, todos eles aconteceram nos ultimos 8 anos - e são eles: analfabetismo zero (zero mesmo, o 0), saúde para o povo (hospitais limpos, lindos e eficientes), segunrança publica (com investimentos governamentais ilimitados, policiais bem pagos, combate a corrupção das polícias e tudo mais), isso sem falar na educação, afinal de contas, o povo precisa estudar, não é mesmo, e para isso, nos ultimos 8 anos, todas as federais criaram infinitas vagas, as particulares estão falindo por conta da eficiência do governo!, e tem mais, o brasil descobriu o pré-sal, para que energias alternativas se temos mais petróleo que o mundo inteiro?

esses são alguns exemplos, mas ainda podemos citar que nos ultimos 8 anos não houve mensalão envolvendo o partido da dilma e do lula-lá, a corrupção em todas as esferas foi extinta...

tem outra saída?

se votar nos outros, tudo isso irá acabar, certo?

bem, eu duvido... quem sempre quis o doce, depois que conseguiu, fez poucas coisas e dessas, muitas nem precisava fazer...

segue o trem na linha...

terça-feira, 8 de junho de 2010

início do fim da china?

a pergunta é provocativa, mas não tem como deixar de ser. boa parte de nós até sabe que produzir na china é muito barato se comparado com o custo de produção aqui no brasil ou nos EUA ou em qualquer outro país, menos na china. afinal de contas, com tanta gente que tem lá, fica fácil oferecer empregos que pagam pouco e que no final da cadeia produtiva, pesam pouco tornando qualquer produto produzido lá, mais barato.

e é nessa onda que empresas do mundo inteiro estão. produz por quase nada, vende a preços de ouro e aí, cria-se um problema quase sério. hoje, numa reportagem, li que a fabricante do iPhone na china, depois de 12 suicídios, teve que aumentar os salários dos trabalhadores.

é, a china desperta para o consumismo e baixos salários não combinam com consumismo, mesmo que seja numa nação comunista, certo?

certo, e o que o fabricante vai fazer? vai pressionar a apple, "fabricante" do iPhone e ainda outras empresas "fabricantes" de outros equipamentos no sentido de aumentar o lucro sobre a parte suja da produção, o chão de fábrica. e aí eu pergunto, até quando ficará viável fazer na china? afinal, tudo que é feito na china, dia ou outro, terá um genérico, um xingling, algo assim.

se um produto custa 10 na china e é vendido a 350 no brasil, nada mais justo do que o chines começar a cobrar 35, ou mais... ganham os chineses, ganham os fabricantes e ganham enfim todos os envolvidos, certo?

errado, o fabricante não vai aceitar 10% nesse exemplo, afinal de contas, tem os impostos, transporte e para terminar a conversa, foi ele quem inventou... mas e aí, quem vai fabricar se os chineses não se dispuserem mais?

fica a pergunta, será o início do fim da china como gigante fabricante? ou então, até quando ela fará para os outros colocarem o nome por tão pouco?

o chines, mesmo sendo considerado comunista, descobriu no consumismo uma forma de fortalecer a nação e proporcionar crescimento a bilhões de chineses... é a formula já utilizada em outros países, e para onde vão correr os fabricantes atrás de mão-de-obra quase escrava?

fica a pergunta, mas também uma dica: no brasil, os processos com as montadoras é quase igual... lucro astronômico, salários idiotas e muitos carros mundo afora...

se alguém quiser, é ano de campanha... e com pouco investimento, o lucro pode valer a pena!!!

segunda-feira, 7 de junho de 2010

alguma sugestão???

eu basicamente estou cansado de escrever assuntos que tenham qualquer relação com política, políticos ou putas, afinal, tudo está interligado, se eles não as contratam, é porque não podem contratar parentes, não é mesmo?

enfim, iniciada nova fase, hoje o dia começou bem frio e com direito a ônibus estragado no tubo. aliás, quando um biarticulado estraga e se por azar é justamente parado num tubo, o maldito contratempo que causa é impressionante. primeiro porque o ônibus que vem atrás, lotado pra caramba, vai ter que parar fora do tubo e aí, com toda certeza, toda aquela muvuca que se preparou nas portas 2 e 4 terão que empurrar a grande massa para poder descer na porta de emergência.

é basicamente o princípio do caos. hoje eu fui experto, pois na hora que ví que ia da merda, já fui de licensa em licensa, correndo para o fundão do buzum...desci na boa, mas logo que desci, já havia um idiota tentando entrar por uma porta onde passa apenas 1, justamente na hora em que já havia 1 passando...

o transporte coletivo em curitiba é um exemplo: um exemplo de custo alto, ineficiência e muitas deficiências operacionais.

trágico!

mas num dia frio, um fato como esse até nos faz esquentar...

uma boa semana para todos...

sábado, 5 de junho de 2010

a vida e as surpresas que ela nos reserva

pois bem, um pouco sobre a vida e as surpresas que ela nos reserva. bem, o diario leite quente hoje é uma realidade que além de me agradar, parece agradar as pessoas que passam por aqui de vez em quando.

fato que na ultima semana, a frequencia de atualização não foi tão grande quanto eu gostaria. mas aos poucos, a coisa vai normalizar. e para começar esse processo, nada melhor do que uma grande surpresa de meu parceiro nesse projeto e em outro (2012) preparou. aliás, preparou a cama de gato para que seu pai fizesse.

o texto do nobre pai do simprão é digno de uma publicação em qualquer jornal de grande tiragem, mas que por sorte, foi publicado primeiro aqui, no DLQ.

a vida nos reservas surpresas. na semana que passou, enquanto dudu e seu pai nos preparavam tamanha surpresa eu fui transferido de setor dentro da empresa que trabalho. muitas foram as mudanças e até agora, posso dizer sem qualquer dúvida, que foram todas muito positivas.

mas me cobraram certo preço, pois meu desempenho no DLQ caiu um pouco. caiu e já está normalizando...

outra surpresa que a vida nos reserva, para alguns agora, para outros tantos mais além é a famosa aposentadoria. quando era pequeno, ouvia com muito apreco as pessoas mais velhas falando da aposentadoria com gosto, com orgulho e com certa ansiedade. pois isso eu já não escuto mais.

todos que comentam sobre aposentadoria, comentam com medo, com temor e com a insegurança que nossos políticos, representantes do povo fazem questão de proporcionar. e é justamente por causa dos anos de contribuição a que todos somos submetidos e que no final das contas, serve para qualquer outra coisa, menos para nos bancar na velhice.

ou terceira idade, se você preferir, nobre leitor. eu ficarei velho, não na terceira idade. eu não posso prever meu futuro, mas sei que não será fácil não. mês após mês, em meu holerite, vem descontado 11% de tudo que ganho como forma de contribuição, uma poupança que eu deveria receber quando velho. mas da qual, receberei apenas parte.

isso, se a vida me apresentar mais uma surpresa de eu estar vivo depois dos 65 anos.

viver com essa ansiedade acaba por matar as pessoas mais cedo. quem sabe é isso mesmo que o governo quer, não é mesmo?

pagamos para ter uma segurança que já sabemos que será muito mais insegura do que segura... se aposentar no brasil significa que teremos que continuar trabalhando até o ultimo dia de vida. não que isso seja mal, mas é pelo menos injusto com quem já ajudou esse país a crescer...

enquanto nosso presidente passou 8 anos ajudando os pobres e criando políticas de empréstimos, criando bolsas e pagando mensalões, os idosos lutam para sobreviver com pouco e ainda, com um aumento menor...

aposentadoria no brasil é como a segurança publica, a educação, a saude: uma vegonha nacional...

e nós, por mais incrível que pareça, continuamos deitados eternamente em berço explêndido...

o trem segue na linha...

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Para compensar

Meus caros... o papo é sério. Minha ausência de tantos dias aqui no blog será recompensada agora, conforme eu havia prometido. Não podendo escrever, pedi ao meu véio, um dos responsáveis por me por nesse mundão de meu Deus, rabiscar algo. Puto da vida com o possível veto do Lula a queda do fator previdenciario, dia desses ele xingou todo mundo para mim pelo msn. Então tive a brilhante (vocês vão concluir se foi brilhante ou não) ideia de pedir para ele por isso no papel.

Aí embaixo vocês poderão ver o resultado deste desafio que fiz ao meu pai. Seo Gilberto, aliás, que só não é jornalista por falta de oportunidade e diploma. Escreve bem e tem opinião bem fundamentada. Puxasaquismos a parte, segue o texto do "véio".

xxxxxxx

APOSENTADORIA! VAMOS FALAR SÉRIO?

Minha gente, o assunto é sério. Às vezes tenho a impressão de que certos políticos, ou mesmo alguns cidadãos, não usam a massa cinzenta que tem para pensar.

Cada vez que assuntos como aposentadoria, reajuste para aposentados e outros do gênero, vem à baila, o monte de asneiras que se diz e ouve, inclusive por parte de segmentos da imprensa especializada, comentaristas políticos, especialistas globais, é de doer.

É evidente que a grande maioria de quem fala contra critérios de aposentadoria, sobre os aposentados e os reajustes e modificações na lei pleiteadas por eles, não está aposentado, ou não vive de aposentadoria.
Vive não, sub-vive, já que com os valores miseráveis que se paga à grande maioria dos aposentados, não dá pra se ter uma vida digna.

E ai começa o “X” do problema.

Os “especialistas governamentais” da equipe econômica, cientistas políticos, adeptos das estatísticas e principalmente os políticos da situação, aqueles das salas luxuosas, dos gabinetes com cadeiras confortáveis, das polpudas verbas de representação, dos aluguéis pagos por nós, das mordomias, do combustível de graça, dos auxílios para compra de passagens de avião, dos altos salários, dos cargos comissionados, os amigos do rei, enfim. Todos eles adoram alardear em prosa e verso que o brasileiro, aquele do povo, aquele que precisa para ir trabalhar todos os dias, pegar o ônibus, o metrô, o trem, e que vai em pé, apertado, esmagado, empurrado, socado, aos solavancos, tem se aposentado muito cedo, muito jovem.

Eles poderiam produzir muito mais. Poderiam contribuir ainda muito mais para a Previdência, muito mais. Que a expectativa de vida deste privilegiados, hoje já está em torno de 78 anos; portanto, reclamar pra que? Que falácia destes imbecis e ignorantes representantes do povo.

É importante que se diga e esclareça que normalmente um benefício deve corresponder a uma contraprestação inicial. Ora, se durante 35 anos o aposentado contribuiu religiosamente, onde estaria o dinheiro de sua contribuição para que o mesmo tivesse pelo menos mais 35 anos de contraprestação.

Ah! dirão alguns, não é bem assim. E é como?

É claro que quando alguém se aposenta por interesse político 10, 15 milhões ou mais de pessoas que nunca contribuíram com um centavo para suas aposentadorias, há um déficit. É matemático. Quando se utiliza sem nenhum pudor ou critério o dinheiro para “construir” transamazônicas ou perimetrais, pagar empreiteiras, juros de dívidas públicas, pagar pensão de ex-presos políticos, suas viúvas e filhas, salários de congressistas, funcionários fantasmas, etc, etc, faltam recursos para pagar o “rombo na previdência”.

E os rombos das consciências?

Mas para que investir em esforços e cobrar de quem sonega bilhões e bilhões de impostos todo ano. Afinal quem iria então financiar as campanhas políticas, os caixas 2, os favores, viagens, propinas, o dinheiro nas cuecas dos nem tão inocentes laranjas.

Melhor mesmo é culpar as aposentadorias precoces é dizer que faltam recursos para pagar os proventos devidos e os reajustes dos aposentados.
Afinal os “aproveitadores” querem descansar e se aposentar muito cedo.
Vejam senhores quanta injustiça com os deputados, governadores, senadores, presidentes; os coitados só se aposentam depois de árduos 8 anos de trabalho desenvolvidos de terça a quinta-feira, durante longos oito meses do ano.

E o “zés do povo” querem se aposentar aos 35 de trabalho e só com 60 anos. Que absurdo! E tem mais... agora eles estão vivendo além dos 78 anos.

Vivendo? Vivendo como? Com que qualidade de vida?

De que adianta viver uns poucos anos há mais com um salário mínimo, sempre pedindo ou dependendo do favor de seus filhos, sem poder pagar um plano de saúde descente para ter assistência médica descente, sem dinheiro para remédios, sempre a mendigar um lugar grátis nos ônibus, uma vaga nas unidades da “terceira idade”, ou enfrentando as intermináveis filas dos idosos.

Tristes cidadãos de 2ª classe, que daqui a 20 anos serão metade de nossa população.O que pode haver de mais deprimente, mais desonroso e indigno para a sociedade que ver seus cidadãos, avós ou pais, trabalhando de contínuos, de vendedores de perfumes, de bijuterias, de bilhetes de loteria, de porteiros, de vigias ou vigilantes, para completar sua “renda” e assim poder sobreviver e, muitas vezes, ajudar a criar filhos e netos.

Notem que neste país que se intitula “pátria amada” aquela que “dos filhos deste solo é chamada ‘mãe gentil’”, o valor recebido pelo aposentado é chamado de renda. Aqui o roubo institucionalizado é chamado de incentivo, a propina paga, de agrado, a compra de votos, de apoio político, os conchavos, de consulta às bases, os acordos inomináveis, de negociações, a corrupção, de incentivo aos negócios, o nepotismo, de empregos de confiança, os passeios e viagens inúteis, de missões e onde a lenta agonia de mais um ano de vida do brasileiro que o IBGE acrescenta em suas estatísticas, é celebrada nos salões palacianos como uma “conquista” das políticas sociais do governo e dos avanços do país.

Pobre povo brasileiro!

Se com os trilhões de impostos que nos cobram hoje é assim, o que será de nós com os outros trilhões provenientes do aumento da produção, das exportações, do pré-sal, que desde já me parece terá um gosto muito amargo.
Vai sobrar algum para os nossos aposentados?

Sei que os críticos de plantão pode querer rebater minha opinião.
É normal. Só peço que o façam com o mesmo bom senso e argumentos.
Se assim o fizerem, ficarei feliz. Um dos objetivos desta reflexão terá sido alcançado. Alguém terá lido meu texto e refletido um pouco sobre ele. Só isto já será positivo. E se por acaso alguém concordar comigo e ajudar a modificar este estado miserável de coisas, conseguirei então uma grande vitória e farei com que mais um dia daqueles que me deram como aumento de “expectativa de vida” tenha valido a pena.

Senão, que Deus nos ajude!

Gilberto Luiz Klisiewicz
.

enfim...

tem um ditado que diz que o machão se conhece na hora que o bicho pega, pois o verdadeiro machão sempre borra as calças ou se mija. essa frase, por menos sentido que possa conter, significa que tem situações que precisamos esperar a hora certa para saber o que acontecerá.

uma declaração do lula-la 51 prova muito bem isso. quando era oposição, criticou a alta carga tributária existente à época. lindo!

agora declara que países com carga tributária baixa não podem investir no social. e é lindo novamente.

minha crítica aqui vai ao modelo e como esse modelo está sendo utilizado. é óbvio que talvez não existam outras maneiras, o que eu duvido, mas vejamos.

somos onerados em aproximadamente 38% de toda nossa produção. trabalhamos de janeiro a maio para pagar impostos. não temos retorno na saúde, na educação, na segurança pública, não temos direito ao lazer sem impostos e qualquer outra coisa que poderíamos esperar do governo, é melhor esquecer.

em contra partida, essa figura prefere alardear de que o país gasta um bom dinheiro investido em questões sociais.

essas questões sociais são no mínimo hipócritas. ok, não serei eu o hipócrita em pensar que está tudo errado, mas infelizmente todas essas ações não proporcionam uma mudança no quadro a médio e longo prazo. quem está envolvido no sistema de ajuda social do governo, com suas diversas bolsas (família, gás, luz elétrica, escola entre outras) não está sendo inserido no contexto econômico ativo.

elas ficam a mercê do sistema de voto no brasil. nesse sistema, o governo se utiliza dos planos sociais para angariar votos. sempre foi assim, uma época em que asfalto era luxo, o asfalta era usado como ferramenta.

outra é a segurança pública, que por sua autofalência, é sempre um bom programa em qualquer campanha, seja para vereador ou para presidente da república.

se o lula-la quiser mesmo ajudar todos os pobres do brasil, ele poderia exatamente propor uma discussão com a população, onde ao invés de simplesmente dar uma bolsa auxílio qualquer merda, trocar por mão de obra. buscar parcerias para construção de estradas de ferro junto a inciativa privada, buscar fomento para regiões pobres, com agregação de valor a mão de obra...

não, está muito claro para o senhor lula da silva, que de pensador ele não tem mais nada. é muito mais fácil colocar um terno lindo e propagar discursos inflamados contra o capitalismo ou então contra um sistema dos antecessores do que realmente colocar a mão na massa.

eu acompanhei pouco a história desse metalúrgico, mas o que podemos perceber efetivamente é que ele bem que gostou de estar lá, ter muito dinheiro nas mãos e ainda, usar esse dinheiro como ele bem entende.

e aí, é só justificar que países quem tem baixa carga tributária não investem no social.. o povão engole mesmo...

vergonha...

terça-feira, 1 de junho de 2010

vai trabalhar!

pois então. tenho alguns leitores que são amigos pessoais e um deles, o tiago, me deu uma ideia de pauta. tiago, ideia aceita.

você já pensou que está muito cômodo para os políticos, sejam eles ladrões como talvez a maioria ou os bonzinhos da minoria - todos eles - conseguir se manter no cargo por conta das reeleições? um prefeito, por exemplo, ganha o direito a 4 anos, no quarto ano, espalha um monte de asfalto, algumas creches e quem sabe algums postinhos de saúde... e aí, ganham direito a mais 4 anos...

os vereadores, deputados estaduais e federais, nem precisam se preocupar, pois afinal de contas, eles conseguem se reeleger quantas vezes eles quiserem. e aí, a festa tá feita, pois a farra continua e só vai parar quando eles morrerem. o que infelizmente, em alguns caso, demora e muito!

veja o seguinte, beto richa assumiu o segundo mandato prometendo que não sairia para concorrer a governador, mas não se sabe onde, o ego inflou e lá está ele e nós aqui, com um novo prefeito.

os buracos na rua, podem até ser por causa da chuva, mas eles estão aí. a linha verde, cada dia mais caótica.

o sistema eleitoral no brasil permite esse tipo de coisa, mas eu não aceito mais. na verdade, estou cansado de tanta vergonha e falta de vergonha na cara desses políticos dos infernos. por isso, serei diferente, com certeza.

esse ano, eu não votarei, não atribuam a mim qualquer culpa, pois farei uso do meu direito constitucional de não votar - eu pago a multa.

eu quero duas campanhas:

NÃO A REELEIÇÃO!
SIM A MULTA!