sábado, 5 de junho de 2010

a vida e as surpresas que ela nos reserva

pois bem, um pouco sobre a vida e as surpresas que ela nos reserva. bem, o diario leite quente hoje é uma realidade que além de me agradar, parece agradar as pessoas que passam por aqui de vez em quando.

fato que na ultima semana, a frequencia de atualização não foi tão grande quanto eu gostaria. mas aos poucos, a coisa vai normalizar. e para começar esse processo, nada melhor do que uma grande surpresa de meu parceiro nesse projeto e em outro (2012) preparou. aliás, preparou a cama de gato para que seu pai fizesse.

o texto do nobre pai do simprão é digno de uma publicação em qualquer jornal de grande tiragem, mas que por sorte, foi publicado primeiro aqui, no DLQ.

a vida nos reservas surpresas. na semana que passou, enquanto dudu e seu pai nos preparavam tamanha surpresa eu fui transferido de setor dentro da empresa que trabalho. muitas foram as mudanças e até agora, posso dizer sem qualquer dúvida, que foram todas muito positivas.

mas me cobraram certo preço, pois meu desempenho no DLQ caiu um pouco. caiu e já está normalizando...

outra surpresa que a vida nos reserva, para alguns agora, para outros tantos mais além é a famosa aposentadoria. quando era pequeno, ouvia com muito apreco as pessoas mais velhas falando da aposentadoria com gosto, com orgulho e com certa ansiedade. pois isso eu já não escuto mais.

todos que comentam sobre aposentadoria, comentam com medo, com temor e com a insegurança que nossos políticos, representantes do povo fazem questão de proporcionar. e é justamente por causa dos anos de contribuição a que todos somos submetidos e que no final das contas, serve para qualquer outra coisa, menos para nos bancar na velhice.

ou terceira idade, se você preferir, nobre leitor. eu ficarei velho, não na terceira idade. eu não posso prever meu futuro, mas sei que não será fácil não. mês após mês, em meu holerite, vem descontado 11% de tudo que ganho como forma de contribuição, uma poupança que eu deveria receber quando velho. mas da qual, receberei apenas parte.

isso, se a vida me apresentar mais uma surpresa de eu estar vivo depois dos 65 anos.

viver com essa ansiedade acaba por matar as pessoas mais cedo. quem sabe é isso mesmo que o governo quer, não é mesmo?

pagamos para ter uma segurança que já sabemos que será muito mais insegura do que segura... se aposentar no brasil significa que teremos que continuar trabalhando até o ultimo dia de vida. não que isso seja mal, mas é pelo menos injusto com quem já ajudou esse país a crescer...

enquanto nosso presidente passou 8 anos ajudando os pobres e criando políticas de empréstimos, criando bolsas e pagando mensalões, os idosos lutam para sobreviver com pouco e ainda, com um aumento menor...

aposentadoria no brasil é como a segurança publica, a educação, a saude: uma vegonha nacional...

e nós, por mais incrível que pareça, continuamos deitados eternamente em berço explêndido...

o trem segue na linha...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!