quarta-feira, 21 de julho de 2010

O lixo do planeta!

Eu tenho nojo de nós mesmos. Já falei isso algumas vezes por aqui, mas a cada nova confirmação me vejo obrigado a vir novamente neste espaço para dizer que tenho nojo dos seres humanos. Digo isso certo de que só vai se ofender quem vestir a carapuça vil e asquerosa que acompanha atitudes com as que vou relatar a seguir.

Assim como aconteceu nos desastres naturais de Santa Catarina anos atrás, a cegueira da cobiça voltou a agir em nova calamidade provocada pelas chuvas. O blog do Noblat traz denúncias sobre o desvio de donativos enviados para o sofrido povo de Alagoas, terra castigada por enchentes devastadoras.

Em SC, o desvio (e, pasmem, revenda dos donativos) era comandados por “empresários” e “comerciantes” sem o mínimo de escrúpulos . Em Alagoas, a prática é arquitetada e executada por aqueles em quem confiamos na hora do desespero. Bombeiros estão sendo acusados de desviar e se apropriar de alimentos e objetos enviados aos necessitados. Escolhiam o que lhes interessava (para uso ou revenda) e mandavam os restos para a doação.

Restos que, certamente, mesmo sendo restos, chegariam em ótima hora para as pessoas.

O que se passa meu Deus? O que passa na cabeça de porcos?

Obviamente não passa pelas suas cabeças, mas esse absurdo gera prejuízos muito maiores do que simplesmente evitar que os donativos cheguem ao seu destino. Ele frustra e impede – por intermédio da desconfiança e da incerteza – que pessoas de bem façam novas doações. Porque eu doaria, se sei que essa contribuição não chegará àqueles que precisam.

Esse crime não deveria ser punido como uma contravenção, um golpe. Mas sim como um crime contra a humanidade. Um crime hediondo. Porque não tentativa de homicídio? Pessoas podem, sim, acabar morrendo caso não recebam essa ajuda.

Até quando seremos, seres humanos, o lixo no planeta? O que nos dá o direito de reclamar de um político corrupto, se somos um poço de corrupção individual?

Em outubro, na hora de votar, não pense só em votar consciente. Seja CONSCIENTE antes de mais nada. Mude você, para depois tentar mudar o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!