domingo, 8 de agosto de 2010

absurdo?

Há tempos, desde que me conheço por gente, o mais absurdo para mim era encarar um governo do PT. Não me pergunte porque, mas sempre tive muito medo disso. e meu medo se confirmou em gênero, numero e grau.

Porém, surgiu algo muito mais absurdo. Leia em: http://migre.me/138WI

Parece absurdo para você também, caro leitor?

Pois, no primeiro momento em que li também pareceu. Aliás, pensei que poderia ser apenas um coisa de chinês, que ao contrário do basileiro, tem muito dinheiro para gastar com esse tipo de coisa. Mas depois de analisar um pouco mais, a ideia começou, mesmo que aos poucos, deixar de ser absurda em minha cachola.

Temos, em Curitiba, as tais canaletas. Elas ligam bairros importantes, como o Pinheirinho ao Santa Cândida, Centenário ao Campo Comprido entre outras. Essa ideia do chinês, com algumas adaptações, bem que poderia ser incorporada ao nosso modelo. Mas ao invés de carros, poderíamos aderir as bicicletas. Seriam ônibus mais elevados e bicicletas em baixo? Ou mesmo automóveis...

Tá bom, nobre leitor: é uma ideia absurda.

Porém mais absuda ainda é pensar que o brasileiro perdeu a capacidade de ser criativo, pelo menos no que diz respeito a inventar soluções assim. A ultima grande invenção, creditada a um ex-prefeito chamado Jaime Lerner, em parceria com uma montadora de chassis, foi o famosos e já ineficiente e caro bi-articulado.

De lá para cá, mais nada foi pensado, inventado ou sequer copiado que não seja o metrô e os famosos ônibus lotados.

Enfim, perdemos nossa capacidade criativa, que só se manifesta quando o brasileiro precisa enganar alguém ou então, tirar qualquer tipo de vantagem... eita jeitinho brasileiro...

É isso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!