segunda-feira, 9 de agosto de 2010

sem assunto...

Hoje acordei sem qualquer noção do que escreveria aqui no blog. Isso porque realmente estou bastante cansado de ficar escrevendo sobre política ou sobre comportamente. As pessoas costumam mudar pouco e de forma muito lenta.

Mas aí, lendo algumas notícias eu me deparei com uma realmente bastante interessante que trata de um assunto muito importante, ainda mais para quem usa os ônibus. Foi homologada hoje pela manhã a primeira concorrência para operação do sistema de transporte coletivo de Curitiba.

Mas não se anime, nada vai mudar. Absolutamente nada! Quem ganhou é quem já está aí. E essa resposta vem, de acordo com minha cabeça chata, quase junto com as eleições para governo do estado e demais eleições. Que coisa, né!

Os compromissos que as empresas precisaram assumir dão conta do combustível que vão utilizar, com meta de 10% com 100% de biodiesel, que provavelmente vai deixar os ônibus mais confortáveis além de fazer com que os motoristas conduzam com mais cuidado, parem certo nas estações tudo e claro, que fará com que se desenvolvam dispositivos que criem barreiras para os caras que costuma "furar" nos tubos.

Essa licitação foi explicitamente a coisa mais estranha que eu já ví. Tinha uma empresa que tentou mas foi desclassificada por não ter experiência em curitiba. Ou seja, era certo que certamente os certos ganhariam, certo?

E assim vai, ou melhor, vou, num buzum lotado, velho como o que eu peguei hoje, barulhento, com um motorista que a cada 2 tubos precisava engatar a marcha a ré para pode abrir as portas entre outras tantas coisas.

Depois tentam convencer milhares de motoristas a usarem ônibus...

Peraí, tem mais uma: diz que "por enquanto", continua em 2,20R$. Mas é só por enquanto, depois quem saberá?

Viva, mais um viva para Curitiba!!!

Um comentário:

  1. Afinal, tudo não passa de uma embriaguez coletiva urbana do insucesso transital engarrafante das manhãs e tardes semanais! A 'URBenS' é um monopólio que não vai acabar tão cedo! Certos disso, provavelmente irão dominar nossos subterrâneos futuros metrôs, e assim vai...

    ResponderExcluir

Desabafe!