sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Choveu em Curitiba

Eu provavelmente vou me molhar, chegar na faculdade enxarcado, fedido e tudo mais. Mas pelo menos, choveu em Curitiba.

Muitos dias se passaram até que resolveu cair água do céu e lavar um pouco o ar tão sombrio, seco e poluído dessa cidade. E que agora, seja assim, que chova com certa normalidade que não me perturbe demais.

E que, claro, que a chuva traga bons ventos e a Dilma, a dama da plástica, seja colocado no trono apenas após o segundo turno dos infernos...

E se isso não acontecer...

Bem, aí, que pare de chover para sempre, afinal de contas, para que chuva?

Um comentário:

Desabafe!