terça-feira, 14 de setembro de 2010

Chuva...

Eu sou declaradamente oposição a chuva. Das poucas coisas que odeio em minha vida, uma delas é a maldita chuva. Não gosto, não quero e não penso em chuva.

Meus argumentos são facos, mas eu não gosto de sair de casa e logo estar todo molhado! Eu não curto a sensação de ter que andar com o guarda-chuvas, algo que protege sua cabeça e molha seus pés...

Mas assim como a nova oposição do Brasil, sou apenas um cretino achando que posso mudar alguma coisa com pensamentos e argumentos falhos, certo?

Logo vai chover, cedo ou tarde, precisaremos de chuva. Assim, com cedo ou tarde, precisaremos de uma oposição consistente, eu acredito que nesse dia será quase muito tarde, mas esse dia, assim como a chuva em Curitiba, chegará.

Não chove em Curitiba há muitos dias. O clima está seco, as árvores estão com um verde sem cor, o céu está com um azul que se mistura a poluição de uma sociedade moderna, e tudo isso, ferra com meu sistema respiratório.

Porém, um dia, tudo voltará ao normal. Teremos chuvas que continuarão a molhar meus pés e teremos algo que possamos chamar de oposição.

Por enquanto, tanto a oposição quanto a chuva, são meros detalhes... meros fanfarrões...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!