sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Sexta-feira

Depois de uma semana em que para os curitibanos, quinta-feira foi a segunda-feira e sexta-feira será mesmo sexta-feira, aproveito o texto do meu nobre e querido companheiro de blog, o Dudu Simprão,para tentar provocar mais um pouco nosso leitor. Provocar no sentido bom, tentando levar ao pensamento, à reflexão!

Se um feriado é instituído por um tema religioso, porque todos os seres vivos o seguem? Mesmo aqueles que são ateus? Agnósticos?

Eu respondo isso dizendo que é o efeito do conveniente. Sempre que algo lhe é conveniente, você passa a aceitá-lo de forma incondicional. É assim mesmo, se um amigo lhe é conveniente, você gosta dele, aceita ele, ouve ele, fala com ele e tudo mais. Quando ele diz que você errou, você passa a criticá-lo, falar mal do infeliz e até se afasta.

Se lhe for conveniente, você pagará propina ao guarda, mas depois, numa mesa de bar conversando, vai gritar e dizer que propina é falta de vergonha na cara e tudo mais, certo?

É o efeito "conveniente". Sempre que algo é conveniente, é bom. Se deixa de ser, se torna ruim. Minha empresa não abriu na quarta-feira. Eu não comemoro do dia da padroeira, para mim não faz o menor sentido assim como o natal e o ano novo. Nem mesmo o dia de tiradentes faz algum sentido para mim. E mesmo assim, sou obrigado a conviver com isso, mesmo que isso, repito, para mim, não tenha a menor importancia.

Porém, sei bem que para a cultura do povo brasileiro, esses feriados são de grande importância. Afinal de contas, quer coisa melhor que o controle populacional que as estradas do brasil fazem? Só nesse feriado, morreram 35 pessoas nas estradas do paraná, um numero maior que no mesmo feriado do ano passado.

E também temos a importância economica, uma vez que para o litoral paranaense, o movimento do feriado de 7 de setembro reflete como será o verão no litoral, e olha que os comerciantes já estão preparando os estoques... Comprando com preços de hoje para vender com preços de verão, certo? Sim, conveniente para quem vai vender e mais conveniente para quem vai comprar! Hahhahaha

Eu tinha uma avó que só ouvia o que era conveniente, embora falasse o que bem entendia. Então, é bacana saber que vivemos de conveniencias, não é mesmo?

Por exemplo, você que lê esse blog, lê porque lhe é conveniente, certo? Não, não, ou então, lê por que gosta mesmo...

E obrigado por lê-lo... Eu tenho muito prazer em saber que sou lido e que sou visitado aqui na net.

Mas, para finalizar, te convido para a nova enquete que coloco no ar junto com esse post: qual característica está presente num brasileiro nato? Sabe aquele que bate no peito e diz com toda a pompa: sou brasileiro?

Vote, participe...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!