quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Que o velho noel traga a nova paz!

O natal se aproxima. Contando de hoje, temos um mês e 1 dia para a chegada daquele velinho de roupas vermelhas e barba branca, sem esquecer ainda da velha pança característica. Se no brasil, muitos comerão perus, e demais carnes na ceia de natal, outros continuaram comendo merda. E não é só porque eles querem não.

Infelizmente a desigualdade traz diversos tipos de problema sociais, que muito gostam de chamar de marginalidade, ou seja, estar a margem. E isso torna-se fato quando observamos absurdos como os ataques no rio de janeiro, e como também o assalto ao biarticulado em curitiba.

Esses "delinquentes" são vítimas sociais de um lugar como o Brasil. Pais colocam filhos no mundo sem saber sequer para que serve um filho. Antigamente, na minha visão, uma família tinha 5, 10, 15 filhos pois eles eram necessários no modelo de vida rural, onde mão de obra era coisa importante.

Mas, hoje em dia, para que ter filhos? Bem, a religião diz: crescei e multiplicai. O governo, por sua vez, não se importa em ter mais pagadores de impostos burros, sem escola, sem educação e sem razão. Somam-se assim, mais votos.

Para uma homem e uma mulher, talvez, filhos signifiquem dar amor, carinho, compreensão. Mas será isso mesmo? O que podemos observar é a escola ganhando cada vez mais os papeis dos pais, igreja e sociedade. E a escola não parece estar preparada para isso. Não forma, não educa e não prepara. TRISTE!

E ai, o que podemos esperar?

Nada além de um universo de pioras. Marginais vão formar marginais. Ou não, mas acredito que sim.

Se antes se matava por muito, hoje se mata por nada, absolutamente nada... Se mata por gosto, se mata por vontade, se mata por prazer. E isso é igual a nada.

O acontecimento da violência no brasil está tão desenvolvido, que já podemos ver os casos de bullyng nas escolas. É a violência ganhando seu lugar ao sol. Um jovem violento, será um adulto violento? Acredito que sim.

Então, o que podemos esperar, com um governo que em 8 anos não fez absolutamente nada de prático para resolver isso? E pior, que vai continuar mais 8 anos?

Desejo muito, nesse final de novembro, que o velho gordo de barba branca e roupas vermelhas, possa, se não for pedir muito, trazer um pouco de paz para esse povo babaca e um pouco mais de inteligência para o povo poder votar nas próximas eleições.

Um pouco de paz... por favor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!