segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Primeiro...

Esse é o primeiro texto de 2011. Novo ano, nova presidente (e não presidenta como o formidável lula insiste em dizer), novo governador e claro, novos medos.

O ano de 2011 começou bem. Na paz, com muita fartura na mesa, crianças brincando de jogar espumante barato nos tios, pais e avós. Um banho de espumante barato um nos outros. Uma sujeira só, um cheiro nojento de espumante barato (2,99, a marca, nem me lembro). Nada demais, apenas mais um adorno para a passagem do ano.

Dilma assumiu, Palocci já começou a trabalhar e quem queria aproveitar o minha casa minha vida, sinto muito, mas creio que a coisa vai mudar e já está mudando. Lula, na mais sorrateira de suas atitudes como presidente, decidiu não mandar para a itália o bandido que está no brasil. Tomara mesmo, que a itália agora faça algo contra essa decisão. Quem protege alguém ruim, ruim também deve ser.

E no mais, vamos levando. Quero apenas desejar a todos, um feliz 2011, regado a muita paz e trabalho...

Um comentário:

  1. Pois é, sendo nós da pátria filhos não tem como fugir disso...

    Feliz 2011 pra vc tbm!

    ResponderExcluir

Desabafe!