terça-feira, 12 de abril de 2011

Dinheiro

Dinheiro. Essa é uma palavra de valor! Se temos, normalmente gastamos até a hora em que ficamos sem. E quando estamos sem, aí a coisa complica e sentimos uma falta danada dele. Por experiência, passei anos dançando uma musica perigosa e cara. Devia para o cartão de crédito, para o limite do cheque especial, pagava contas de acordo com o saldo bancário e claro, tive que correr atrás de cheques, trocá-los, negociá-los entre outras coisas.

Hoje, posso dizer seguramente, que passei um ano sem essa vida. Quitei todos os meus empréstimos e ainda tenho um resíduozinho na poupança, ou seja, estou trabalhando no azul. Isso não quer dizer que sobra, mas pelo menos, não falta.

Porém, falar em dinheiro é quase um tabu. Ainda não achei uma forma de ganhá-lo fácil, mas encontrei uma parceria com algo chamado poupança. E não foi um exercício muito dificil não. Na verdade, comecei com 1o pila, e quando sobra, coloco mais. E ele fica lá, apenas um número na tela do meu computador, que a cada mês, acumula alguns centavinhos... Está lá, numa emergência, sei que posso contar com ele.

Brincando, brincando, os empréstimos somados com o limite do cheque especial e o cartão de crédito, valiam mais do que eu ganhava. Não sei como não deu merda.

Agora, tudo numa planilha, que se alguém quiser, disponibilizo, posso observar tudo que gasto e quanto ganho, podendo de forma clara e inquestionável, nivelar minha balança financeira. É muito gostoso ir dormir percebendo que deixei de gastar 90 reais de juros do cheque especial, ou então, que deixei de pagar 2,7% ao mês num empréstimo pessoal consignado.

E mais ainda, é muito gostosa a sensação de não ter que pagar o mínimo no cartão para poder pagar o telefone ou a escola do piazinho.

Nobres leitores, dói pra burro ter que cortar, mas hoje, vivo contente e feliz com o que ganho, seja ele pouco ou muito e ainda, gasto pouquinho de telefone celular. A operadora não me dá mais desconto, mas em contra partida, pago apenas o que consumo com o pré-pago.

Fica a dica e se precisar de uma ajuda, me avisa, gosto de ajudar...

2 comentários:

  1. eu quero a planilha, por gentileza. Estou afundado na merda das dividas

    ResponderExcluir
  2. É isso ai LG. Na minha opinião uma das fontes de tantos problemas desse país é a falta de educação financeira do povo.
    E se todo mundo criasse vergonha na cara e fizesse esse controle financeiro tudo seria muito melhor, pode apostar.

    ResponderExcluir

Desabafe!