segunda-feira, 11 de abril de 2011

Era uma vez...

Na verdade, certa vez escrevi sobre um programa de televisão que passa toda segunda-feira a noite. Era, na época, um programa descolado que demonstrava que jornalismo e humor podiam caminhar juntos de forma quase harmoniosa. Enfim, o dinheiro subiu para a cabeça de cima e tudo desandou.

Hoje, mais uma vez tentando assistir ao tal programa, pude perceber a importancia do playback. Ou melhor, a importancia da edição de vídeo. Pois numa matéria onde dois idiotas tentaram fazer sexo pela internet usando uma webcam numa lan house, o resultado final foi tão idiota que se não fosse pela risadinha colocada na edição, nem cachorro iria sorrir. Foi um dos piores conteúdos que assisti na ultima semana ou no ultimo mês.

Infelizmente, qualquer credibilidade que esses caras tinham comigo, deixou de existir. Não apenas por essa matéria infeliz, mas por outras tantas que os senhores do programa conseguem produzir. Felizmente, minha televisão tem um bom controle remoto.

Aliás, o controle remoto no brasil talvez seja a mais poderosa ferramenta democrática, pena que funciona apenas para aparelhos eletronicos...

E mais, concordando com o nobre dudu, sobre o paozinho... Não apenas custa caro, mas custa absurdos de diferenças entre padarias próximas ou então, são nivelados entre concorrentes. Sou meio radical e em alguns casos, acredito que o estado peca em não tabelar valores. É uma vergonha o que acontece com o paozinho, mas e com a gasolina?

Heheh, fica para outro dia. Enquanto isso, não use etanol, e abasteça só o necessário.

Para finalizar mesmo, diz que o brasil vai enviar carne de porco para a china, numa parceria comercial e coisa e tal. Se você gosta de carne de porco, posso te contar uma coisa: você e eu, que amo carne de porco, vamos pagar o preço dessa exportação. Pode contar nos dedos os dias. Logo, pagaremos preço chines na carne aqui no Brasil....

Vamo que vamo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!