sábado, 28 de maio de 2011

Ponto para eles.

Momento gracejo de hoje. Será que os bandidos, quando viraram bandidos (naquela famosa "ocasião") pesaram tudo isso na hora H? Acho que sim. E ponto para eles, mais uma vez.

PRESÍDIO
Você passa a maior parte do tempo numa cela 5x6m.

TRABALHO
Você passa a maior parte do tempo numa sala 3x4m.

PRESÍDIO
Você recebe três refeições por dia de graça.

TRABALHO
Você só tem uma, no horário de almoço, e tem que pagar por ela.

PRESÍDIO
Você é liberado por bom comportamento.

TRABALHO
Você ganha mais trabalho com bom comportamento.

PRESÍDIO
Um guarda abre e fecha todas as portas para você.

TRABALHO
Você mesmo deve abrir as portas, se não for barrado pela segurança por ter esquecido o crachá.

PRESÍDIO
Você assiste TV e joga baralho, bola, dama...

TRABALHO
Você é demitido se assistir TV e jogar qualquer coisa.

PRESÍDIO
Você pode receber a visita de amigos e parentes.

TRABALHO
Você não tem nem tempo de lembrar-se deles.

PRESÍDIO
Todas as despesas são pagas pelos contribuintes, sem seu esforço.

TRABALHO
Você tem que pagar todas as suas despesas e ainda paga impostos e taxas deduzidas de seu salário, que servem para cobrir despesas dos presos...

PRESÍDIO
Algumas vezes aparecem carcereiros sádicos...

TRABALHO
Aqui no trabalho, carcereiros usam nomes específicos: Gerente, Diretor, Chefe...

PRESÍDIO
Você tem todo o tempo para ler piadinhas.
T
RABALHO
Ah, se te pegarem...

TEMPO DE PENA

- No presídio, eles saem em 15 anos.
- No trabalho você tem que cumprir 35 anos, e não adianta ter bom comportamento.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

O efeito "com cópia"

Você, que vive nesse mundo moderno agitado e eficiente do ano 2011 deve ter ouvido falar ou ter sido solicitado que faça tudo "com cópia". Principalmente no ambiente corporativo (ou as vezes qualquer escritório mequetrefe mesmo), você é obrigado a fazer as coisas "com cópia". E veja bem, tem que fazer, se não fizer, você pode se dar mal.

É o caso. Sem citar as pessoas, vou relatar algo bem legal que tem acontecido em algum lugar dessa cidade maravilhosa, cheia de cantos mil, cidade maravilhosa, a provincia do Brasil: curitiba.

Existe uma Alice, que não vive no país das maravilhas mas adora fazer de conta que sim. Com seus cabelos vermelhos, essa Alice adora algumas coisas: primeiro, adora ser a coitadinha de tudo. É ela que teve as maiores dores do mundo, o que já rendeu a ela o apelido de dolores; é ela que tem a maior pança mal tratada do mundo; é ela quem sabe o que acontece no mundo inteiro e como funcionam as empresas que ela trabalha no planeta todo e quem sabe talvez, no universo inteiro; é ela que tem a maior beronha da faca da terra, e o que já rendeu-lhe até novos apelidos.

Porém, essa pessoa má, vive usando o recurso do "com cópia". E existe um ditado que diz que atrás do puxa-saco, sempre vem um incompetente. O pior é quando uma pessoa, uma beronha ou algo assim, sente e sabe que vai ser demitido. Aí, o comportamento muda. É sempre assim, aí é tiro para todos os lados e infelizmente, nessas horas, a função "com cópia" é extremamente utilizada.

Em outros casos, aí, a coisa fica bonita. Você precisa de uma informação que pode vir de algumas pessoas, certo? Uma boa função para o "com cópia".

Mas, hipócritas de plantão, usar o "com cópia" para tentar denegrir a imagem de um colega pode ser muito perigoso, heim... Fique experto, o tiro pode sair pela culatra... E infelizmente, acredito que isso vai acontecer logo...

Vem quente, que estou mais do que fervendo!!!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

devaneios de um tal Luiz Guilherme

Em alguns momentos de minha vida, me pego pensando e viajando. E essa semana começou assim. Antes de comentar sobre meus devaneios, vou fazer um relado sobre a visita ao vereador Celso Torquato.

A história começou com os e-mails que eu e meu nobre amigo e parceiro de DLQ enviamos para todos os vereadores dessa cidade provinciana. Dos 38, apenas 11 responderam e o Celso foi o único que teve o respeito de convidar para um papo. A conversa foi boa, foi bem recebido e no horário e o mesmo pode me explicar o que acontece com relação a cpi e outros detalhes e também se colocou a disposição para ajudar.

Fiquei feliz com a visita e mais feliz ainda em ser recebido. É sempre importante esse tipo de contato.

E voltando aos devaneios, hoje é um dia diferente para mim. Não apenas porque estou num ambiente de trabalho diferente do meu, nem mesmo por esse ser melhor, mais legal e melhor frequentado que o outro, mas porque o novo sempre trás uma coisa gostosa.

Me peguei pensando no que podemos efetivamente fazer para mudar algo. Veja, os políticos nem sempre estão dispostos e, mesmo que sejam eleitos pelo povo, os otários somos nós que vamos votar. Então, será que podemos fazer alguma coisa?

Não, galera, de prático, não podemos fazer mais nada. Até porque, 1, 2, 3 ou 4 pessoas não conseguiram mudar merda alguma. Hoje não poderemos fazer nada, assim como amanhã também não e nem no futuro, porque, são eles que ditam as regras do jogo. São eles que fazem as regras, são eles que mudam as regras. Palocci ou Dilma, o que difere um político do outro é um interesse ou outro.

Estamos afundando o brasil com inflação que cresce e desemprego que reaparece.

Quer mudar alguma coisa?

Vou fazer uma proposta, que estou executando a 3 semanas e que agora está me trazendo alguns lucros: não leia jornal diário que é impresso na manhã anterior (tipo gazeta do povo), não leia portais de notícia, tipo uol, bol, terra, gazeta do povo, e claro, não leia veja, isto é ou época.

Tente usar um pouco dos seus instintos. Afinal, você sabe o que deve ou não comer. Você sabe o que usar, vestir, comprar ou não. E se você errar, é sempre assim, errando que se aprende. Estou a 3 semanas sem fazer uso dessas fontes de informação que na verdade, por conta da situação, tentam me formatar num cidadão comum.

Assim como meus pais fizeram quando me batizaram na igreja mórmon. Eu não queria isso, mas não pude dizer não. Agora posso.

E digo não, atualmente para: dilma, beto, portais de notícia (gazetadopovo, uol, terra, ig), digo não aos políticos e claro, digo não ao ato de ir votar. Não quer mais escolher o melhorzinho dentre os piores. E não vou mais ficar me formatando por veículos de notícias medíocres e diminutos.

Sei lá, são apenas pensamentos. Não faça o que eu digo, pense, reflita, e escolha suas opções e assim, seja feliz.

É isso ai, mais uma vez obrigado ao VEREADOR CELSO TORQUATO, por me convidar e me receber.

Alguém olha por nós?

Diariamente passamos por problemas e/ou pessoas angustiadas e nem percebemos. Só que o que aflige alguns, as vezes para outros não tem a menor importância. Mesmo assim não deixa de ser um problema. Negar essa realidade é o que nos diferencia.

A história de hoje aflige um amigo meu de pelo menos 15 anos. Dono de uma banca de jornais e
revistas em Curitiba, ele tem enfrentado o descaso dos governantes e da URBS em relação a manutenção do seu local de trabalho. Há cerca de 8 anos todo o mobiliário da cidade passou por uma reformulação. As novas estruturas chegaram com a promessa (prevista em contrato) de que pelos 20 anos seguintes a manutenção seria garantida pela empresa responsável por produzir o mobiliário, com a fiscalização e co-responsabilidade da Urbs e do Ipuc.

O tempo passou e a manutenção foi ZERO. A banda deste
conhecido está compromet
ida pela simples ação do tempo, afinal é construída de metal e a
ferrugem toma conta de toda a base metálica de baixo. Isso, por sua vez, compromete toda a
fiação elétrica (que fica embutida embaixo da banca) e põe em risco a segurança do comerciante e de seus clientes, além dos imóveis que estão em sua volta.

Foram inúmeros pedidos junto a Urbs, mas o silêncio foi a resposta. Quando não prevaleceu, o silêncio deu lugar a promessas vagas e visitas que nunca se concretizaram.
A angústia segue companheira de dia a dia deste comerciante que já pediu ajuda a diversos políticos (que lhe bateram nas costas em época de eleições), mas como sempre suas habilidades em divagar e fugir de responsabilidades mais uma vez prevaleceu.

Cá estou, hoje, para, além de mostrar o problema, tentar pelas vias à disposição obter um retorno da Urbs em relação ao problema. Quem sabe o DLQ consegue algo que um cidadão comum não consegue.

Nossa força é nossa voz.

ps. por medo de represália e por não saber a intensidade dessa represália, ele prefere o anonimato. Só pede que seus pedidos sejam ao menos ouvidos. Ele não pede nada demais, além de ver o seu direito prevalecer (previsto em contrato).

"Se a banca fosse minha, eu daria a manutenção. Mas por 20 anos ela não é e eles precisam dar a manutenção", disse o angustiado empresário.


segunda-feira, 23 de maio de 2011

Até quando?

Para mim, basta. Infelizmente tivemos apenas 11 respostas num universo de 38. É revoltante. É lamentável. É um descaso. É um desrespeito. (Enta mais lendo os posts abaixos)

Para que os colocamos lá? Para representar a quem? A que interesses?

Uma simples pergunta e o silêncio como resposta. Silêncio amplamente contaminado de interesses escusos e nada honestos. Silêncio carregado de falta de comprometimento e do mais repulsivo desrespeito.

Exagero?

Não. Sou apenas mais um no universo de tantos outros otários que exercem o direito do voto a cada nova eleição. Mais um dos trouxas enganados por um bando de amadores que assumem a função criada para homens sérios e de bem. Comprometidos com o bem maior e comum. O bem de todos.

Calar-se diante de tão simples questionamento é um ultraje.

Silenciar após uma primeira tentativa tudo bem. Até consideraria, visto que os nobres vereadores devem receber um catatau de emails e solicitações diariamente (será????). Mas após três tentativas minhas e outras tantas do LG, porque o silêncio?

Se a culpa não foi dos nobres vereadores, a culpa foi dos seus assessores. Então que demitam todos. Sem dó. Por descuido ou má intenção.

O importante é que mais uma vez fomos feitos de palhaços. Até quando?

Segunda-feira, revigorado

Hoje é segunda-feira, e tirando o cansaço do corpo, a mente vai bem obrigado. Não só porque foi uma grande festa de aniversário da minha mãe, mas também porque descobri algo, ou melhor, tive uma confirmação grande de algo que me fez muito feliz.

Uma pessoa que era importante para mim, teve a coragem de me dizer, na cara, face to face: "eu não gosto de você!"

Cara, isso foi talvez o acontecimento do ano. Tamanha emoção, talvez no primeio beijo ou no nascimento do primeiro filho. Essa pessoa, era nada menos que meu irmão...

Mas sabe, vai ser bom assim. Pelo menos, eu não preciso mais fazer como eu, cordialmente sempre fazia. Não precisarei mais, sequer cumprimentá-lo. Me livro para sempre desse momento.

O mais importante é: sabe porque as pessoas não gostam de mim? Sabe porque o LG é tão odiado mundo afora?

É simples: sinceridade!

Eu sou sincero com as pessoas. Eu não sorrio de piadas sem graça, eu não faço favor que não me convém, eu não assisto programas de tv apenas para te acopanhar, eu não gosto do que você gosta só para ser aceito ao seu lado. Não, eu não sou hipócrita. Se eu acho que estou certo, não deixarei de pensar da minha forma só porque você não gosta.

Eu não como numa mesa onde pessoas arrotam. Eu não vou a baladas porque a sociedade acha legal. Eu não gosto de futebol porque é um esporte brasileiro. Eu não voto no pt apenas porque ele é social e eu não acredito em deus só porque alguém disse que ele existe mas nunca conseguiu provar.

A diferença entre muitos e eu, é que não consigo mais esconder isso. Se é preciso dizer, eu digo... Tenho efetivamente poucos amigos, mas os que tenho, valem a pena...

----

Só para constar, hoje as 17h30 tem encontro com o vereador Celso Torquato, que foi um dos que me respondeu e me convidou para uma conversa....

Depois eu conto!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

+ 1 vez

mais uma vez tivemos uma prova real de que, de 39, apenas 11 se preocupam com o que o povo pensa. Acredito mesmo que os vereadores deveriam ter no mínimo, ter pedido aos seus bem remunerados assessores que respondessem nossos e-mails, como outros fizeram.

Ai você está em casa, com a patroa ou o maridão ao lado (caso você seja mulher - ou não) e vem um idiota no rádio, na TV ou num blog e diz que você tem que escolher muito bem seu candidato e que é só através do voto, que as coisas vão mudar no brasil.

Sinto muito em dizer-lhe: se você acredita no voto como solução, para mim, tu é meio otário. Se vai votar no dia, aí, e eu me incluo nessa até as eleições passadas, como um otário completo. O voto não mudará nada no brasil, até porque, como um vereador nos respondeu, o cargo dele pertence ao partido e assim sendo, para que escolher 1 deles? É apenas um boneco de posto, ou joão bobo ou algo parecido?

Acredito que não, por isso ainda tento, com as ferramentas que tenho, mostrar para você e para eles, que as coisas precisam mudar, que precisamos que eles lá, seja la quem for, no ajude no processo de melhorar nosso país.

Segunda-feira, vou mandar mais um e-mail para todos eles, com fotos e um texto explicando e pedido uma explicação de porque, no eixo leste-oeste de ônibus, o lado leste está abandonado. Asfalto um lixo, estações tudo lixo, terminais como capão da imbuia - além de um lixo, apertado e super lotado.

Para se ter uma ideia, tem horas, que para descer do ônibus, ou ónibus como fala um dos vereadores, é mais difícil que subir. Fica tanta gente na plataforma de embarque que é quase humano conseguir descer do latão. Quase, porque o povo ainda consegue.

Então, se a figura do vereador é defender os interesses da "população", porque não mostrarmos para os nobres quais são realmente nossos interesses? Eu não quero saber como eles podem fazer isso, mas preciso que façam!

E ainda na segunda-feira a tarde, vou conversar com um dos vereadores, que me convidou para uma conversa. Depois conto.

Para fechar, eu não estou fazendo campanha contra o voto, apenas demonstro minha opinião sobre a não validade dessa ato! Bom final de semana aos nobres leitores e leitoras...

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Quem cala, consente?

(Atualizado com a resposta do vereador Julião Sobota)

E ai, nobres. Essa é a pergunta. Quem cala, consente?

Se negar a dar satisfação ao patrão normalmente é motivo de demissão. Pena que não temos essa força, mas podemos tentar incomodar. Nossos amigos vereadores se negam a dar uma resposta ao seu povo, àqueles que o elegeram.

É lamentável ver esse descaso.

Diante disso, vou marcar como CONTRA todos que ainda não se pronunciaram. Se a resposta vier por email dizendo o contrário, faço a devida retificação.

O que revolta é o medo (ou obrigação) a que alguns parlamentares se submetem vindo de seus partidos. Eles falam abertamente que não têm liberdade para votar, segundo eles, de acordo com o que pensam individualmente, mas sim são obrigados a seguir os partidos. Lamentável.

Entrei em contato por email com o senhor Augustinho Zucchi, presidente do PDT, perguntando sobre o porque das amarras que impedem seus filiados a se pronunciarem sobre temas como esse. Como era de se esperar, sem resposta.

Vou me dar o trabalho de enviar DENOVO, pela terceira vez (apenas da minha parte), para saber o que pensam nossos vereadores. Sigo no aguardo e publico as respostas assim que elas chegarem.

Notem que temos respostas ao DUDU e respostas ao LUIZ GUILHERME.

Eram necessárias 13 assinaturas para se abrir uma CPI mas, pasmem os senhores, apenas nove assinaram. Na verdade 12 tinham o feito, mas três roeram a corda sabe-se lá porque e atendendo a sabe-se lá a que interesses. E temos 38 vereadores.

Vamos ao placar:

- Aladim Luciano (PV) - aladim.luciano@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Aldemir Mandron (PP) - amanfron@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Algacir Túlio (PMDB) - algaci.tulio@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Boa Tarde Eduardo, sou Lider da Oposição , e meu posicionamento é que seja instaurado o mais rápido possível ,a CPI dos radares, inclusive estaremos amanha sábado , na boca maldita eu e os Vereadores que assinaram para que seja instalada a CPI , colhendo assinaturas da população e as 11 hora faremos um Manifestação Pública a favor da CPI , se o companheiro quiser apareçer será um prazer estaremos lá para dar entrevistas e esclarecer o que se fizer necessário

Abraços

Ver. Algaci Tulio.


- Beto Moraes (PSDB) - beto.moraes@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Caíque Ferrante (PRP) - caique.ferrante@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Boa tarde Eduardo!

Como vai, tudo bem?Prezado, o Vereador Caíque Ferrante assinou a CPI dos radares encabeçada pela bancada da oposição pois acredita que tal situação deva ser verificada de perto.

Atenciosamente,

Cristina Damacena

Gab. Ver. Caíque Ferrante

3350-4658
-----
Bom dia Luiz Guilherme!
Como vai, tudo bem?Prezado, agradecemos o contato e vimos informá lo que com muito prazer o Vereador Caíque Ferrante assinou esta CPI. Estamos, inclusive, fazendo este movimento com os demais vereadores que assinaram a favor da CPI, na Boca Maldita durante esta semana toda das 14h até as 17h. Estamos recolhendo assinaturas da população e aproveitamos o ensejo para pedir p/ que informe aos seus familiares e amigos p/ conseguirmos o maior número de assinaturas possível.

Atenciosamente,
Cristina Damacena
Gab. Ver. Caíque Ferrante
3350-4658

- Celso Torquato (PSDB) - ctorquato@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

Olá Luiz,

em atenção a sua pergunta, manifesto minha posição contrária a instalação da CPI pela experiência que tive nas comissões nas quais fiz parte. Sou favorável a investigação do Ministério Público que já está com toda a documentação necessária para levantar toda e qualquer irregularidade na empresa Consilux, e tem um poder de investigação muito maior que nós, isenta de partidos que componham a bancada de governo ou oposição, que façam da CPI uma plataforma eleitoreira.

Coloco-me a sua disposição para, pessoalmente, esclarecer quaisquer dúvidas com relação a esta e outras questões de seu interesse.

Um abraço, Celso Torquato.

xxxx

Boa tarde Sr. Eduardo,

em atenção à sua mensagem, coloco abaixo minha posição em relação à CPI dos radares. Já respondi de forma breve seu companheiro de blog Guilherme, mas aproveito para colocar a você minha posição a respeito deste tema tão polêmico.

Desde o dia 13 de março, após a transmissão de matéria jornalística sobre empresas que operam radares no território nacional, no programa Fantástico da Rede Globo, muito se tem discutido a respeito da idoneidade dos sistemas de controle de tráfego desenvolvidos e operados por essas empresas. Alguns setores da sociedade se mobilizaram e passaram a exigir explicações do poder público. É isso que está acontecendo em nossa cidade.
em atenção à mensagem enviada por vossa senhoria manifesto abaixo a minha posição pessoal quanto a questão dos radares.

No caso específico de Curitiba, o sistema de radares e lombadas é operado, desde 1998, pela empresa Consilux Tecnologia, que ganhou nova licitação feita em 2010. A licitação não foi objeto de nenhuma denúncia ou controvérsia na época e o valor a ser pago pela prefeitura foi 34% menor do que o estabelecido em edital.

Após a exibição da matéria no Fantástico, passaram a surgir dúvidas sobre a possibilidade de manipulação do sistema. Essas dúvidas são predominantemente técnicas e dizem respeito sobre softwares, transmissão de informações e eliminação ou adulteração de dados. Elas têm que ser esclarecidas para que a população volte a confiar no sistema de gerenciamento de tráfego da cidade.

Para dirimir as dúvidas já mencionadas, há órgãos competentes para isso, como o Ministério Público. Essa entidade pode desempenhar essa função de forma mais apropriada e sem sofrer pressão política. Não penso que a instalação de uma CPI seja o caminho mais adequado para. Primeiro porque, ao contrário da Assembléia Legislativa e do Congresso Nacional, a Câmara Municipal não tem o poder de convocação, ou seja, não pode impor o comparecimento de ninguém às sessões de uma CPI. Segundo, porque a instalação da chamada "CPI dos radares" somente vai satisfazer o oportunismo político de alguns que querem se promover às custas da administração municipal. A CPI tem um caráter político, que não se encaixa com a questão do sistema de controle de tráfego, que é puramente técnica.

A Câmara Municipal tem, sim, a obrigação de fiscalizar o poder público e vai continuar exercendo esse papel, acompanhando o trabalho do Ministério Público e cobrando mais esclarecimentos sempre que isso for necessário.

Entendo o anseio de certos setores da população que pedem um posicionamento de seus representantes no legislativo municipal. Quero dizer que, mesmo fazendo parte da base de apoio do governo, vou continuar cobrando não só o esclarecimento das denúncias feitas como também ações que resolvam definitivamente os problemas que possam existir no sistema. Apenas quero que isso seja feito da forma mais eficaz e rápida e a CPI não é o instrumento adequado para isso.

Aproveito a oportunidade para colocar-me à sua disposição para quaisquer esclarecimentos sobre este e outros assuntos de seu interesse.

Atenciosamente,

Vereador Celso Torquato


- Denílson Pires (DEM) - denilson.pires@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Dirceu Moreira (PSL) - dirceu.moreira@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Dona Lourdes (PSB) - dona.lourdes@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Emerson Prado (PSDB) - emerson.prado@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Felipe Braga Cortes (PSDB) - felipebragacortes@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Francisco Garcez (PSDB) - francisco.garcez@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Jair Cézar (PSDB) - jaircezar@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

Prezado Eduardo,

Assinei a CPI que seria a forma de ter acesso aos documentos da Consilux. Fui designado a compor uma Comissão Técnica-Jurídica que já está trabalhando nessa investigação.

Aceitei e já tivemos uma reunião de trabalho hoje e teremos outras todas as 4ª feiras, e a partir daí poderei avaliar se ali é o melhor lugar para investigar o assunto.

Atenciosamente,

Jair Cézar
Vereador


- Jairo Marcelino (PDT) - jmarcelino@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

PREZADO AMIGO JORNALISTA EDUARDO LUIZ KLISIEWICZ;

POR DECISÃO JUDICIAL FICOU ESTABELECIDO QUE OS MANDATOS PERTENSEM AO PARTIDO E NÃO AO PARTIDÁRIO.

SOU FILIADO AO PDT E ESTAMOS AGUARDANDO O POSICIONAMENTO DO PARTIDO, COMO É DE PRACHE DOS MESMOS.

OBS: MESMO QUE SEJA INSTALADA A C.P.I., A MESMA NÃO TEM PODER DE POLÍCIA.

Agradeço o Contato, e estamos a disposição.


- João Cláudio Derosso (PSDB) - jderosso@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- João Suco (PSDB) - joao.cordeiro@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

Conforme sua indagação sobre meu posicionamento quanto a instauração da CPI dos radares, confirmo que não assinei o requerimento. Tomei essa decisão por observar que não houve barganha política na retirada do nome de 3 parlamentares do requerimento para a CPI dos Radares.

Além disso, a abertura de uma CPI nesse momento estaria voltada para o lado político sem ligação com a parte técnica, gerando assim um problema relacionado ao âmbito político. A questão da Consilux é algo que pode ser resolvida sem haver a necessidade da instauração de uma CPI, ou seja, através de visitas técnicas e com pedidos de informação. Algo resolvido de uma maneira mais simplificada, sem a necessidade da abertura de uma CPI, o qual estaria ligado com a política e não co o problema técnico.

Att.

João Luiz Cordeiro (João do Suco)

Vereador / Líder do Prefeito


- Jonny Stica (PT) - jonny.stica@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Olá Eduardo, tudo bem?

Meu posicionamento sobre a CPI dos Radares é o mesmo dos demais integrantes da Bancada de Oposição, que tomou a iniciativa de pedir a instalação da Comissão, e da bancada do PT, da qual sou líder.

A decisão de pedir a CPI, inclusive, foi tomada em reunião dos vereadores da oposição feita no meu gabinete.

Portanto, sou a favor da CPI e acredito que a Comissão é o melhor instrumento possível que a Câmara tem para investigar a duradoura relação entre a Prefeitura de Curitiba (representada pela Urbs) e a Consilux.

Segue abaixo link para o meu site, em que constam várias matérias evidenciando minha posição sobre o assunto: http://www.stica.com.br/jonny/?tag=radares

Caso precise de mais informações, é só entrar em contato.

Um abraço,

Vereador Jonny Stica

3350-4526

----

Prezado Luiz Guilherme,

Sobre os radares, informo que continuamos em busca das assinaturas suficientes para instalação da CPI sobre o assunto. Entendo, assim como outros vereadores, que este continua sendo o instrumento mais efetivo para investigação desse controverso tema.

Para isso, porém, precisamos do apoio dos cidadãos, que devem cobrar seus representantes aqui na Câmara para assinar o requerimento da CPI.

Grande abraço,

Vereador Jonny Stica



- Jorge Yamawaki (PSDB) - jorge.yamawaki@cmc.pr.gov.br
( x) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Juliano Borghetti (PP) - juliano.borghetti@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Julião Sobota (PSC) - juliao.sobota@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Olá Eduardo, tudo bem?

Informo que já assinei o pedido de CPI desde o dia 29 de abril. Para maiores informações convido-o a acessar o site www.vereadorjuliao.com.br.

Att

Vereador Julião Sobota


- Julieta Reis (DEM) - jreis@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Nely Almeida (PSDB) - nalmeida@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

Em resposta ao seu e-mail e com relação à minha manifestação feita em plenário, pertinentemente aos radares de Curitiba, cumpro esclarecer: nunca fomos e nem somos contra a constituição de CPI para tratar de assunto de interesse da nossa comunidade. Somos vereadores da cidade de Curitiba e por ela temos o dever de servi-la, em que possa pesar a filiação partidária. Afirmamos ( e peço que raciocine comigo ): os radares devem continuar instalados em nossa cidade para que, no mínimo ofereça segurança à população, quer sejam pedestres ou redutores de velocidade aos veículos. É justa a cobrança da população. Nós também cobramos dos responsáveis, na espera da mais breve e possível solução. Para tanto precisamos cooperar com a administração competente, em todos os sentidos e em todos os momentos. Ao final, tudo será concluído favoravelmente. Acredito na palavra empenhada e honrada do nosso Prefeito.

Reafirmo: nunca nos furtamos de qualquer CPI, seja qual for sua origem. A CPI é importante, mas algumas de caráter delicado. Daí não haver lugar para precipitações. O importante é cumprir com nossa função de proteger a população, com olhos no bom andamento do comportamento de nossos governantes.

Em suma: os radares e sinaleiras são verdadeiros protetores da vida...e pela vida nós trabalhamos. Por isso, qualquer atitude precipitada que venha a ser tomada sem o devido cuidado, só poderá prejudicar um ótimo trabalho, que está sob investigação do Ministério Público.

Atenciosamente,
Vereadora Nely Almeida


- Noemia Rocha (PMDB) - noemia.rocha@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

- Odilon Volkmann (PSDB) - odilon.volkmann@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Pastor Valdemir Soares (PRB) - pastorvaldemir@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Paulo Frote (PSDB) - pfrote@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

PrezadoSr. Eduardo Luiz Klisiewicz

Primeiramente, minhas desculpas pela demora da resposta, motivada pelo excesso de trabalho.

Não assinei o requerimento para a instauração da CPI pelos motivos enumerados abaixo:

- A Prefeitura instaurou processo administrativo para analisar a denúncia de cancelamento de multas que está sendo acompanhado pela Procuradoria do Município, Ministério Público e Tribunal de Contas, logo após a denúncia do Programa Fantástico.

- Prefeito determinou o cancelamento do contrato em vigor com a Consilux para implantar um novo modelo de gestão nessa área e o referido processo segue acompanhado pelo Departamento Jurídico da URBS e Procuradoria do município.

- A URBS está, gradativamente, assumindo todos os serviços que eram de incumbência da Consilux.

- Todas as vezes que o presidente da URBS foi convidado, esteve presente na Câmara dando explicações a todos os vereadores.

- A licitação que culminou com o contrato da Consilux, que estava em vigor, foi amplamente discutido na Justiça com o acompanhamento do Ministério Público, que homologaram a referida empresa.

- Até o momento não existe nenhuma prova material constituída que comprove irregularidades no sistema.

Este é o motivo pelo qual não assinei a constituição da CPI, pois trabalho com fatos concretos e não somente com fatos gerados na imprensa e por alguns vereadores da oposição que se aproveitam dessas situações para aparecerem como os únicos defensores da moralidade.

O Prefeito e a URBS não se omitiram e estão cobrando e verificando todas as responsabilidades.

Atenciosamente.

Vereador Paulo Frote


- Paulo Salamuni (PV) - psalamuni@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

- Pedro Paulo (PT) - pedropaulo@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

- Professora Josete (PT) - professora.josete@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Bom Dia
O mandato da professora Josete é um dos que tiveram a iniciativa da CPI. Encaminhamos as noticias do site www.professorajosete.com.br


- Professor Galdino (PSDB) - vergaldino@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

Olá Eduardo,

A assinatura à abertura de CPI foi retirada em caráter temporário, por dois motivos: nos foram garantidas todas as documentações que solicitamos a fim de esclarecer o caso e foi um pedido da bancada do PSDB.

Pela nossa vontade, queríamos a abertura da CPI, porém não depende apenas de nós, mas também dos outros vereadores.

Ressaltamos que com haviam apenas 11 assinaturas, sendo necessárias 13, e nenhum outro vereador se dispôs a assinar. Então não faria diferença a permanência da assinatura.

Se houverem 12 assinaturas, faltando apenas uma para a abertura da CPI, me proponho a assiná-la.

Por fim, reiteramos que em determinadas situações, como esta abertura de CPI, temos que acatar a decisão do partido.

Pedimos desculpas e agradecemos a compreensão.

Att.

Assessoria Jurídica do Vereador Professor Galdino

(41) 3350-4928

----

Olá Luiz,
Assinei a abertura da CPI, porém retirei a assinatura em caráter temporário, por dois motivos: me foram garantidas todas as documentações que solicitamos a fim de esclarecer o caso, e a bancada do PSDB determinou a não assinatura da CPI.
Minha vontade é de abrir a CPI, porém não depende apenas de mim, mas dos outros vereadores.
Ressalto que com minha assinatura haviam apenas 11, sendo necessárias 13, e nenhum outro vereador se dispôs a assinar.
A permanência da assinatura poderia ensejar até mesmo minha expulsão do partido, conforme o Estatuto do PSDB, artigos 132 e 133.
Mas me comprometo a correr este risco se houverem 12 assinaturas, pois eu assinarei a 13ª.
Por fim, reitero que em determinadas situações, como esta abertura de CPI, sou obrigado a acatar a decisão do partido.
Enfim, respondendo diretamente sua pergunta, meu posicionamento é pela abertura da CPI.
Agradeço a compreensão.
Grande abraço!
---
Vereador Professor Galdino


- Renata Bueno (PPS) - renata.bueno@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Roberto Hinça (PDT) - roberto.hinca@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

Boa Tarde Prezado Eduardo!

Agradeço o contato e como sempre estou a disposição daqueles que se interessam pelas minhas ações como parlamentar em nossa cidade de Curitiba.

Quanto ao assunto sugerido, gostaria de lhe informar que desde o começo do segundo semestre do ano passado, quando iniciou-se a coleta de assinaturas entre os vereadores de Curitiba, demonstrei com muita tranquilidade que não haveria problema algum de minha parte de assinar, porém, como pertenso ao Partido Democratico Trabalhista e logo as decisões devem de acordo com entendimentos de nossa executiva serem tomadas sob orientação dos demais integrantes da executiva incluindo o Presidente Osmar Dias.

No final do mes de junho do ano passado, em reunião com a bancada de vereadores e o nosso Presidente, foi acordado que deveriamos naquele momento aguardar os desdobramentos e por consequencia as demais assinaturas para daí sim tomar decisão sobre a nossa participação na CPI.

Exatamente isso ocorreu e nesse momento estamos discutindo entre os integrantes da executiva municipal e o Presidente Estadual Osmar Dias qual será a decisão.

Ontem tivemos uma reunião no diretorio municipal e outra foi marcada para a proxima quinta feira em reunião com a estadual para tratar entre outros assuntos esse em questão.

Logo peço a gentileza do amigo de aguardar até a proxima sexta feira para termos a orientação partidaria com relação a esse assunto.

Informo tambem que o nosso partido encontra-se em fase de reestruturação em todos os seus quadros, motivo pelo qual, entendemos que é necessário termos conversas suficientes para tratar de cada assunto, incluindo posições politicas que devemos seguir no cenário municipal e estadual.

Espero que compreenda minha dificuldade no momento de definir posição face o respeito que tenho com minha executiva liderada pelo Presidente Osmar Dias.

Tão logo seja concluído o debate interno no partido daremos uma coletiva para nos posicionar. ok

Sempre a disposição.

Att. Roberto Hinça - Vereador do PDT


- Sabino Picolo (DEM) - spicolo@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Serginho do Posto (PSDB) - serginho.doposto@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Tico Kuzma (PSB) - tico.kuzma@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Tito Zeglin (PDT) - tito.zeglin@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Zé Maria (PPS) - zemaria@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Zezinho do Sabará (PSB) - jose.ortiz@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor


sexta-feira, 13 de maio de 2011

Revolta que me domina...

O que vou escrever aqui, somado ao jornal que o nobre dudu mostrou no post anterior, fazem eu pensar que realmente, não sou daqui. Não, não, não dá para aceitar coisas assim como coisas de seres humanos. Somos um bando de debilóides, ou algo que o valha.

Veja você. Em frente a minha casa, se quiserem conferir, passo o endereço, existia um terreno com um cedro, uma árvore linda e vistosa, que nunca incomodou ninguém. Alias, um dia ela incomodou. Eu ainda não achei as fotos, mas assim que ache, eu posto aqui. Pois bem, o comportamento humano me envergonha e esse se soma. Um certo dia, um evangélico ganhou um prêmio de um banco. OK! E o que fazer com os milhares de reais?

Isso mesmo, pegar o terreno com o cedro e construir 4 sobrados. Mas, o que fazer com o cedro? Tentou cortar, mas eu fiz questão de denunciar ele e o corte foi pego na hora. Talvez ele nem tenha sido multado, porque se o fiscal fosse evangélico, tudo terminaria em jesus.

Mas as obras não pararam. E o cedro foi ficando cada dia mais seco. É lógico, que o comportamento humano mais uma vez ganhou e o cedro se fu... Sim, eles envenenaram o cedro, que morreu aos poucos, quase parecendo uma morte natural para uma árvore que facilmente vive mais de 100 anos.

Ok, hoje cheguei do trabalho e para minha surpresa, uma equipe já tinha tido o trabalho de cortar o que sobrou da agonizante árvore. Pronto!

Não verei mais esse cedro ou seja lá o que for. Apenas um sobrado quadrado de concreto, que serve como fonte de renda para um cara que, por seu dinheiro, quer que uma árvore vá prás cucuias...

OK, eles são melhores que todos...

Infelizmente a cada dia que passa percebo que ser humano, é ser mais incapaz de ser apenas, um ser!

Vergonha aheia

Fiquei boquiaberto quando me deparei com o jornal chamado A Notícia, que é produzido em Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba. Destaquei duas chamadas da capa do periódico para vocês entenderem do que estou falando.

A imagem fala por si só.

Aprofundando um pouco mais a leitura do jornal percebi que trata-se de um Gilette Press tradicional (que até cita a fonte dos textos copiados), tipo de "jornalismo" extremamente reprovável.

Qual não foi minha surpresa quando ao ler o editorial, assinado apenas como Equipe A Notícia, em que o autor se desculpa pela série de erros publicados na edição anterior do jornal. É de se imaginar que ao chegar ao ponto de se desculpar pelos erros (alegando excesso de coisas para fazer) é porque a coisa ficou feia na edição anterior, talvez mais feia que a testemunhada por vocês.

Mas, se tomaram a atitude de se desculpar, presume-se que tomariam mais cuidado para que erros não se repetissem nessa edição, o que claramente não aconteceu. Passo, portanto, a acreditar que alguém da gráfica (ou coisa que o valha) estaria de sacanagem, querendo prejudicar o dono do jornal. Mas volto a acreditar no relaxo de quem produziu o material ao constatar que mesmo após constatar os erros (que saltam aos olhos) fossem ignorados e que o material (10 mil exemplares) fosse distribuído.

É quase que um castigo a quem dá de ombros para um jornalismo sério. Para quem abusa do gilette press e que escala estagiários para montar um jornal sem o mínimo de cuidado. Lamentável ainda ver isso hoje em dia. Profundamente lamentável

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Redes sociais?

Eu teria cuidado... heheh mas, leiam mais um grande texto...

-------

Não curti mais isso

Como aquele seu amigo bacana na vida real se tornou o cara mais chato do mundo e por que muita gente está desistindo de manter perfis no Facebook

O Facebook é uma “rede social” que completou sete anos em fevereiro desse ano e foi fundado por Mark Zuckerberg, Dustin Moskovitz, Eduardo Saverin e Chris Hughes, ex-estudantes da Universidade Harvard. A adesão a “rede” era inicialmente condicionada aos estudantes da universidade, depois se expandiu para outras como o MIT, Universidade de Boston e outras. A partir de 2006, estudantes e empresas começaram a ter perfis. E hoje, bem hoje, até sua tia-avó mantem um perfil no Facebook.

Com mais de 500 milhões de usuários ativos, 60 milhões de novas fotos publicadas semanalmente e mais um caminhão de “curti isso” e “compartilhe” o Facebook se tornou a coqueluche do momento para o bem e para o mal. Não vamos cair aqui nos neologismos baratos inventados por gente preconceituosa como a “Orkutização do Facebook”: muita gente se refere assim a migração dos usuários do Orkut, considerada a prima-pobre das “redes sociais”, para a parte dos usuários “com curso superior, poder de consumo e “formador de opinião” (ahã) no Facebook?

O fato é que o Facebook não nasceu com o intuito de ser um espaço de discussão e produção de conteúdo considerado “relevante”. Era pra ser um serviço na rede em que as pessoas falariam de seus relacionamentos, postariam fotos das festas e amigos e vídeos que apreciavam. Ué, mas se TODO mundo faz isso porque muita gente está encerrando seus perfis e porque algumas pessoas tornaram o “convívio” virtual insuportável?

Fora o conflito existente entre quem busca um pouco de conteúdo e quem está ali apenas para se mostrar frente a milhões de pessoas, há o fato de ninguém aguenta muito tempo ver as intimidades dos outros expostas diariamente. É como se muita gente morasse na sua casa e resolvesse todas ao mesmo tempo mostrar que são melhores umas que as outras opinando, sugerindo, se expondo, falando de problemas, do que fizeram no final de semana, do que comeram, do que beberam...

E daí tem o chato. Aquele seu amigo ou amiga que era muito bacana pra se tomar uma cerveja e jogar conversa fora. De repente, no Facebook, ele (a) é tomado por uma vontade irresistível de narrar cada passo da sua vida. Ele comenta tudo, fala de tudo, sabe de tudo. Participa de campanhas idiotas e te convida, qualquer evento da vida do sujeito é motivo para uma postagem. E todos comentam e todos curtem. É a festa do besteirol.

Além disso, o Facebook criou uma cultura de “falsas polêmicas”: quase tudo que se posta e que contenha um pouco de opinião pessoal é motivo para aquele cara “apresentar argumentos também” “sou contra” “sou a favor” “não é bem assim”. Horas depois, dezenas de comentários a favor ou contra o sujeito ou ao seu comentário. Está tudo blindado e não se pode dizer mais nada.

Os especialistas podem dizer que quem precisa desse tipo de exposição virtual tem problemas em relação a auto-estima e personalidade, ou seja, o cidadão precisa manter um perfil virtual no qual esteja sempre ilustrado por imagens e vídeos e grande número de amigos, porque na vida real é uma pessoa com pouca expressão, ou pelo menos, não encontra espaço para se mostrar. Assim, o Facebook se tornou um centro de exposição em que muito se mostra, muito se diz e pouco se aproveita.

Muita gente, inclusive eu, está deixando de manter perfis no Facebook porque não aguenta mais ouvir tanta gente ao mesmo tempo. Cada cabeça é um universo, e se eu que peno todo dia pra entender a minha já apanho um bocado, como tentar acompanhar as enfermarias dos meus ex-350 amigos “virtuais”? Com todo o respeito ao gosto de cada pessoa, realmente acredito que para mim, o fato de expôr sempre o que faço ou gosto, torna-se repetitivo, vazio e cansativo, como se esse tempo perdido pudesse ser empregado em ações mais inteligentes que saiam do campo da exposição para a prática. Fora o fato também da questão da privacidade e a invasão de anúncios e promoções. Como eles sabem que eu gosto disso? Hum, vazamento de dados pessoais? Isso é outra história...

Longe de mim incitar que pessoas encerrem perfis, não faço campanha para nada nesse sentido. Cada um sabe como lidar melhor com sua privacidade. Acredito que todos que usam o Facebook estão agindo conforme o propósito do negócio. Mas, tenho o direito de não querer fazer parte dessa “rede” que para mim não é interessante pelos motivos acima listados.

*Como diria aquele seu tio-avô “Nunca diga dessa água não beberei” e quem sabe a autora muda de ideia e volta a postar no Facebook. Quem sabe o dia de amanhã? - SD
-------

terça-feira, 10 de maio de 2011

Nova atualização (11h50)

Além da resposta da vereadora Nely Almeida (recebida pelo LG), recebi a resposta dos vereadores Jairo Marcelino e João do Suco. Vamos continuar esperando e na quarta-feira, mais um e-mail... O segundo trouxe uma resposta a mais, então, vamos continuar tentando...

Recebi a pouco mais uma resposta, do gabinete do vereador Caíque Ferrante. E vamos aguardando...

O que revolta é o medo (ou obrigação) a que alguns parlamentares se submetem vindo de seus partidos. Eles falam abertamente que não têm liberdade para votar, segundo eles, de acordo com o que pensam individualmente, mas sim são obrigados a seguir os partidos. Lamentável.

Notem que temos respostas ao DUDU e respostas ao LUIZ GUILHERME.

Vamos atualizar o placar diariamente. Mandei email a todos os vereadores os questionando sobre suas posições. Assim que as respostas chagarem vou postando por aqui.

Eram necessárias 13 assinaturas para se abrir uma CPI mas, pasmem os senhores, apenas nove assinaram. Na verdade 12 tinham o feito, mas três (Prof Galdino, Denilson Pires e Jair Cezar, roeram a corda sabe-se lá porque e atendendo a sabe-se lá a que interesses.

Vamos ao placar:

- Aladim Luciano (PV) - aladim.luciano@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Aldemir Mandron (PP) - amanfron@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Algacir Túlio (PMDB) - algaci.tulio@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Boa Tarde Eduardo, sou Lider da Oposição , e meu posicionamento é que seja instaurado o mais rápido possível ,a CPI dos radares, inclusive estaremos amanha sábado , na boca maldita eu e os Vereadores que assinaram para que seja instalada a CPI , colhendo assinaturas da população e as 11 hora faremos um Manifestação Pública a favor da CPI , se o companheiro quiser apareçer será um prazer estaremos lá para dar entrevistas e esclarecer o que se fizer necessário

Abraços

Ver. Algaci Tulio.


- Beto Moraes (PSDB) - beto.moraes@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Caíque Ferrante (PRP) - caique.ferrante@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Boa tarde Eduardo!

Como vai, tudo bem?Prezado, o Vereador Caíque Ferrante assinou a CPI dos radares encabeçada pela bancada da oposição pois acredita que tal situação deva ser verificada de perto.

Atenciosamente,

Cristina Damacena

Gab. Ver. Caíque Ferrante

3350-4658
-----
Bom dia Luiz Guilherme!
Como vai, tudo bem?Prezado, agradecemos o contato e vimos informá lo que com muito prazer o Vereador Caíque Ferrante assinou esta CPI. Estamos, inclusive, fazendo este movimento com os demais vereadores que assinaram a favor da CPI, na Boca Maldita durante esta semana toda das 14h até as 17h. Estamos recolhendo assinaturas da população e aproveitamos o ensejo para pedir p/ que informe aos seus familiares e amigos p/ conseguirmos o maior número de assinaturas possível.

Atenciosamente,
Cristina Damacena
Gab. Ver. Caíque Ferrante
3350-4658

- Celso Torquato (PSDB) - ctorquato@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

Olá Luiz,

em atenção a sua pergunta, manifesto minha posição contrária a instalação da CPI pela experiência que tive nas comissões nas quais fiz parte. Sou favorável a investigação do Ministério Público que já está com toda a documentação necessária para levantar toda e qualquer irregularidade na empresa Consilux, e tem um poder de investigação muito maior que nós, isenta de partidos que componham a bancada de governo ou oposição, que façam da CPI uma plataforma eleitoreira.

Coloco-me a sua disposição para, pessoalmente, esclarecer quaisquer dúvidas com relação a esta e outras questões de seu interesse.

Um abraço, Celso Torquato.


- Denílson Pires (DEM) - denilson.pires@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Dirceu Moreira (PSL) - dirceu.moreira@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Dona Lourdes (PSB) - dona.lourdes@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Emerson Prado (PSDB) - emerson.prado@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Felipe Braga Cortes (PSDB) - felipebragacortes@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Francisco Garcez (PSDB) - francisco.garcez@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Jair Cézar (PSDB) - jaircezar@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Jairo Marcelino (PDT) - jmarcelino@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

PREZADO AMIGO JORNALISTA EDUARDO LUIZ KLISIEWICZ;

POR DECISÃO JUDICIAL FICOU ESTABELECIDO QUE OS MANDATOS PERTENSEM AO PARTIDO E NÃO AO PARTIDÁRIO.

SOU FILIADO AO PDT E ESTAMOS AGUARDANDO O POSICIONAMENTO DO PARTIDO, COMO É DE PRACHE DOS MESMOS.

OBS: MESMO QUE SEJA INSTALADA A C.P.I., A MESMA NÃO TEM PODER DE POLÍCIA.

Agradeço o Contato, e estamos a disposição.


- João Cláudio Derosso (PSDB) - jderosso@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- João Suco (PSDB) - joao.cordeiro@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

Conforme sua indagação sobre meu posicionamento quanto a instauração da CPI dos radares, confirmo que não assinei o requerimento. Tomei essa decisão por observar que não houve barganha política na retirada do nome de 3 parlamentares do requerimento para a CPI dos Radares.

Além disso, a abertura de uma CPI nesse momento estaria voltada para o lado político sem ligação com a parte técnica, gerando assim um problema relacionado ao âmbito político. A questão da Consilux é algo que pode ser resolvida sem haver a necessidade da instauração de uma CPI, ou seja, através de visitas técnicas e com pedidos de informação. Algo resolvido de uma maneira mais simplificada, sem a necessidade da abertura de uma CPI, o qual estaria ligado com a política e não co o problema técnico.

Att.

João Luiz Cordeiro (João do Suco)

Vereador / Líder do Prefeito


- Jonny Stica (PT) - jonny.stica@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Olá Eduardo, tudo bem?

Meu posicionamento sobre a CPI dos Radares é o mesmo dos demais integrantes da Bancada de Oposição, que tomou a iniciativa de pedir a instalação da Comissão, e da bancada do PT, da qual sou líder.

A decisão de pedir a CPI, inclusive, foi tomada em reunião dos vereadores da oposição feita no meu gabinete.

Portanto, sou a favor da CPI e acredito que a Comissão é o melhor instrumento possível que a Câmara tem para investigar a duradoura relação entre a Prefeitura de Curitiba (representada pela Urbs) e a Consilux.

Segue abaixo link para o meu site, em que constam várias matérias evidenciando minha posição sobre o assunto: http://www.stica.com.br/jonny/?tag=radares

Caso precise de mais informações, é só entrar em contato.

Um abraço,

Vereador Jonny Stica

3350-4526

----

Prezado Luiz Guilherme,

Sobre os radares, informo que continuamos em busca das assinaturas suficientes para instalação da CPI sobre o assunto. Entendo, assim como outros vereadores, que este continua sendo o instrumento mais efetivo para investigação desse controverso tema.

Para isso, porém, precisamos do apoio dos cidadãos, que devem cobrar seus representantes aqui na Câmara para assinar o requerimento da CPI.

Grande abraço,

Vereador Jonny Stica



- Jorge Yamawaki (PSDB) - jorge.yamawaki@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Juliano Borghetti (PP) - juliano.borghetti@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Julião Sobota (PSC) - juliao.sobota@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( x ) A favor

- Julieta Reis (DEM) - jreis@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Nely Almeida (PSDB) - nalmeida@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

Em resposta ao seu e-mail e com relação à minha manifestação feita em plenário, pertinentemente aos radares de Curitiba, cumpro esclarecer: nunca fomos e nem somos contra a constituição de CPI para tratar de assunto de interesse da nossa comunidade. Somos vereadores da cidade de Curitiba e por ela temos o dever de servi-la, em que possa pesar a filiação partidária. Afirmamos ( e peço que raciocine comigo ): os radares devem continuar instalados em nossa cidade para que, no mínimo ofereça segurança à população, quer sejam pedestres ou redutores de velocidade aos veículos. É justa a cobrança da população. Nós também cobramos dos responsáveis, na espera da mais breve e possível solução. Para tanto precisamos cooperar com a administração competente, em todos os sentidos e em todos os momentos. Ao final, tudo será concluído favoravelmente. Acredito na palavra empenhada e honrada do nosso Prefeito.
Reafirmo: nunca nos furtamos de qualquer CPI, seja qual for sua origem. A CPI é importante, mas algumas de caráter delicado. Daí não haver lugar para precipitações. O importante é cumprir com nossa função de proteger a população, com olhos no bom andamento do comportamento de nossos governantes.

Em suma: os radares e sinaleiras são verdadeiros protetores da vida...e pela vida nós trabalhamos. Por isso, qualquer atitude precipitada que venha a ser tomada sem o devido cuidado, só poderá prejudicar um ótimo trabalho, que está sob investigação do Ministério Público.


Atenciosamente,
Vereadora Nely Almeida


- Noemia Rocha (PMDB) - noemia.rocha@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

- Odilon Volkmann (PSDB) - odilon.volkmann@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Pastor Valdemir Soares (PRB) - pastorvaldemir@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Paulo Frote (PSDB) - pfrote@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Paulo Salamuni (PV) - psalamuni@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

- Pedro Paulo (PT) - pedropaulo@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

- Professora Josete (PT) - professora.josete@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Bom Dia
O mandato da professora Josete é um dos que tiveram a iniciativa da CPI. Encaminhamos as noticias do site www.professorajosete.com.br


- Professor Galdino (PSDB) - vergaldino@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

Olá Eduardo,

A assinatura à abertura de CPI foi retirada em caráter temporário, por dois motivos: nos foram garantidas todas as documentações que solicitamos a fim de esclarecer o caso e foi um pedido da bancada do PSDB.

Pela nossa vontade, queríamos a abertura da CPI, porém não depende apenas de nós, mas também dos outros vereadores.

Ressaltamos que com haviam apenas 11 assinaturas, sendo necessárias 13, e nenhum outro vereador se dispôs a assinar. Então não faria diferença a permanência da assinatura.

Se houverem 12 assinaturas, faltando apenas uma para a abertura da CPI, me proponho a assiná-la.

Por fim, reiteramos que em determinadas situações, como esta abertura de CPI, temos que acatar a decisão do partido.

Pedimos desculpas e agradecemos a compreensão.

Att.

Assessoria Jurídica do Vereador Professor Galdino

(41) 3350-4928

----

Olá Luiz,
Assinei a abertura da CPI, porém retirei a assinatura em caráter temporário, por dois motivos: me foram garantidas todas as documentações que solicitamos a fim de esclarecer o caso, e a bancada do PSDB determinou a não assinatura da CPI.
Minha vontade é de abrir a CPI, porém não depende apenas de mim, mas dos outros vereadores.
Ressalto que com minha assinatura haviam apenas 11, sendo necessárias 13, e nenhum outro vereador se dispôs a assinar.
A permanência da assinatura poderia ensejar até mesmo minha expulsão do partido, conforme o Estatuto do PSDB, artigos 132 e 133.
Mas me comprometo a correr este risco se houverem 12 assinaturas, pois eu assinarei a 13ª.
Por fim, reitero que em determinadas situações, como esta abertura de CPI, sou obrigado a acatar a decisão do partido.
Enfim, respondendo diretamente sua pergunta, meu posicionamento é pela abertura da CPI.
Agradeço a compreensão.
Grande abraço!
---
Vereador Professor Galdino


- Renata Bueno (PPS) - renata.bueno@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Roberto Hinça (PDT) - roberto.hinca@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

Boa Tarde Prezado Eduardo!

Agradeço o contato e como sempre estou a disposição daqueles que se interessam pelas minhas ações como parlamentar em nossa cidade de Curitiba.

Quanto ao assunto sugerido, gostaria de lhe informar que desde o começo do segundo semestre do ano passado, quando iniciou-se a coleta de assinaturas entre os vereadores de Curitiba, demonstrei com muita tranquilidade que não haveria problema algum de minha parte de assinar, porém, como pertenso ao Partido Democratico Trabalhista e logo as decisões devem de acordo com entendimentos de nossa executiva serem tomadas sob orientação dos demais integrantes da executiva incluindo o Presidente Osmar Dias.

No final do mes de junho do ano passado, em reunião com a bancada de vereadores e o nosso Presidente, foi acordado que deveriamos naquele momento aguardar os desdobramentos e por consequencia as demais assinaturas para daí sim tomar decisão sobre a nossa participação na CPI.

Exatamente isso ocorreu e nesse momento estamos discutindo entre os integrantes da executiva municipal e o Presidente Estadual Osmar Dias qual será a decisão.

Ontem tivemos uma reunião no diretorio municipal e outra foi marcada para a proxima quinta feira em reunião com a estadual para tratar entre outros assuntos esse em questão.

Logo peço a gentileza do amigo de aguardar até a proxima sexta feira para termos a orientação partidaria com relação a esse assunto.

Informo tambem que o nosso partido encontra-se em fase de reestruturação em todos os seus quadros, motivo pelo qual, entendemos que é necessário termos conversas suficientes para tratar de cada assunto, incluindo posições politicas que devemos seguir no cenário municipal e estadual.

Espero que compreenda minha dificuldade no momento de definir posição face o respeito que tenho com minha executiva liderada pelo Presidente Osmar Dias.

Tão logo seja concluído o debate interno no partido daremos uma coletiva para nos posicionar. ok

Sempre a disposição.

Att. Roberto Hinça - Vereador do PDT


- Sabino Picolo (DEM) - spicolo@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Serginho do Posto (PSDB) - serginho.doposto@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Tico Kuzma (PSB) - tico.kuzma@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Tito Zeglin (PDT) - tito.zeglin@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Zé Maria (PPS) - zemaria@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Zezinho do Sabará (PSB) - jose.ortiz@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Atualização LG

Como os leitores bem sabem, eu e o dudu fizemos basicamente o mesmo questionamento aos nossos nobres vereadores da cidade de curitiba. Esses nobres homosapiens, que infelizmente respiram o mesmo ar que nós, mas o fazem com meu dinheiro, o seu dinheiro, nosso dinheiro, parecem não querer responder a uma pergunta simples: você é a favor ou contra.

Vejam abaixo, o que tenho de resposta:

------
Prezado Luiz Guilherme,

Sobre os radares, informo que continuamos em busca das assinaturas suficientes para instalação da CPI sobre o assunto. Entendo, assim como outros vereadores, que este continua sendo o instrumento mais efetivo para investigação desse controverso tema.

Para isso, porém, precisamos do apoio dos cidadãos, que devem cobrar seus representantes aqui na Câmara para assinar o requerimento da CPI.

Grande abraço,

Vereador Jonny Stica

------
Olá Luiz,

em atenção a sua pergunta, manifesto minha posição contrária a instalação da CPI pela experiência que tive nas comissões nas quais fiz parte. Sou favorável a investigação do Ministério Público que já está com toda a documentação necessária para levantar toda e qualquer irregularidade na empresa Consilux, e tem um poder de investigação muito maior que nós, isenta de partidos que componham a bancada de governo ou oposição, que façam da CPI uma plataforma eleitoreira.

Coloco-me a sua disposição para, pessoalmente, esclarecer quaisquer dúvidas com relação a esta e outras questões de seu interesse.

Um abraço, Celso Torquato.

------
Olá Luiz,
Assinei a abertura da CPI, porém retirei a assinatura em caráter temporário, por dois motivos: me foram garantidas todas as documentações que solicitamos a fim de esclarecer o caso, e a bancada do PSDB determinou a não assinatura da CPI.
Minha vontade é de abrir a CPI, porém não depende apenas de mim, mas dos outros vereadores.
Ressalto que com minha assinatura haviam apenas 11, sendo necessárias 13, e nenhum outro vereador se dispôs a assinar.
A permanência da assinatura poderia ensejar até mesmo minha expulsão do partido, conforme o Estatuto do PSDB, artigos 132 e 133.
Mas me comprometo a correr este risco se houverem 12 assinaturas, pois eu assinarei a 13ª.
Por fim, reitero que em determinadas situações, como esta abertura de CPI, sou obrigado a acatar a decisão do partido.
Enfim, respondendo diretamente sua pergunta, meu posicionamento é pela abertura da CPI.
Agradeço a compreensão.
Grande abraço!
---
Vereador Professor Galdino
------

Eu gostaria realmente de agradecer aos vereadores que me responderam, mesmo que a resposta possa ter sido escrita por um assessor ou coisa que o valha. Obrigado Vereador Jonny Stica, vereador Celso Torquato e Vereador Professor Galdino.

Veja, quero agradecer também aos demais, que com o vosso silêncio, me faz acreditar que são todos contra o povo e contra a CPI.

Vamos lá, tem mais um e-mail seguindo para todos. E vejamos se alguma coisa muda.

Placar da Verdade (Atualização)

Esta é mais uma atualização do Placar da Verdade dos vereadores de Curitiba. (atualizado as 10h de 09/05). As primeiras respostas começaram a chegar. Até a tarde desta terça responderam os vereadores Galdino, Stica, Caíque Ferrante e Roberto Hinça. Logo depois responderam para mim, apenas após o segundo envio de email, os vereadores Algacir Túlio e professora Josete.

A partir de agora, visto que já se passou mais de uma semana do início dessa nossa campanha e cada vereador já recebeu pelo menos três vezes o email pedindo o posicionamento sobre a CPI dos Radares, temos vontade de colocar "CONTRA" para quem não se posicionou ainda, mas ainda manteremos a resposta como INDEFINIDO. O descaso com o eleitor começa a irritar.

Esperamos ainda um posicionamento dos vereadores. Curiosamente os que são contra não responderam aos emails. Seguimos no aguardo.

Sugestão de email para enviar para os vereadores:


Boa tarde vereador (a)

Como um cidadão comum, embora jornalista, gostaria de saber o seu posicionamento sobre a instauração da CPI dos Radares.

Favor mencionar se assinou ou não o requerimento e porque.

Grato pela atenção e certo de vosso comprometimento com a resposta...

Fulano de tal - profissão.

Obs: alguns dos seus companheiros já responderam. Você deixará o seu eleitor sem resposta?


Placar da Verdade

Caros senhores, o que acham de acompanharmos o posicionamento de alguns dos nobres colegas sobre temas importantes? Inauguramos aqui o nosso placar das boas ideias relacionando quem foi a favor ou contra a CPI dos Radares, comissão que iria escarafunchar os contratos da prefeitura com empresas responsáveis por multar os motoristas curitibanos. A famosa CPI da Indústria da Multa.

Eram necessárias 13 assinaturas para se abrir uma CPI mas, pasmem os senhores, apenas nove assinaram. Na verdade 12 tinham o feito, mas três (Prof Galdino, Denilson Pires e Jair Cezar, roeram a corda sabe-se lá porque e atendendo a sabe-se lá a que interesses.

Vamos atualizar o placar diariamente. Mandei email a todos os vereadores os questionando sobre suas posições. Assim que as respostas chagarem vou postando por aqui.

- Aladim Luciano (PV) - aladim.luciano@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Aldemir Mandron (PP) - amanfron@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Algacir Túlio (PMDB) - algaci.tulio@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Boa Tarde Eduardo, sou Lider da Oposição , e meu posicionamento e que seja instaurado o mais rápido possível ,a CPI dos radares, inclusive estaremos amanha sábado , na boca maldita eu e os Vereadores que assinaram para que seja instalada a CPI , colhendo assinaturas da população e as 11 hora faremos um Manifestação Pública a favor da CPI , se o companheiro quiser apareçer será um prazer estaremos lá para dar entrevistas e esclarecer o que se fizer necessário

Abraços

Ver. Algaci Tulio.

- Beto Moraes (PSDB) - beto.moraes@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Caíque Ferrante (PRP) - caique.ferrante@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Boa tarde Eduardo!

Como vai, tudo bem?Prezado, o Vereador Caíque Ferrante assinou a CPI dos radares encabeçada pela bancada da oposição pois acredita que tal situação deva ser verificada de perto.

Atenciosamente,

Cristina Damacena

Gab. Ver. Caíque Ferrante

3350-4658

- Celso Torquato (PSDB) - ctorquato@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Denílson Pires (DEM) - denilson.pires@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Dirceu Moreira (PSL) - dirceu.moreira@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Dona Lourdes (PSB) - dona.lourdes@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Emerson Prado (PSDB) - emerson.prado@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Felipe Braga Cortes (PSDB) - felipebragacortes@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Francisco Garcez (PSDB) - francisco.garcez@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Jair Cézar (PSDB) - jaircezar@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

- Jairo Marcelino (PDT) - jmarcelino@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- João Cláudio Derosso (PSDB) - jderosso@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- João Suco (PSDB) - joao.cordeiro@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Jonny Stica (PT) - jonny.stica@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Olá Eduardo, tudo bem?

Meu posicionamento sobre a CPI dos Radares é o mesmo dos demais integrantes da Bancada de Oposição, que tomou a iniciativa de pedir a instalação da Comissão, e da bancada do PT, da qual sou líder.

A decisão de pedir a CPI, inclusive, foi tomada em reunião dos vereadores da oposição feita no meu gabinete.

Portanto, sou a favor da CPI e acredito que a Comissão é o melhor instrumento possível que a Câmara tem para investigar a duradoura relação entre a Prefeitura de Curitiba (representada pela Urbs) e a Consilux.

Segue abaixo link para o meu site, em que constam várias matérias evidenciando minha posição sobre o assunto: http://www.stica.com.br/jonny/?tag=radares

Caso precise de mais informações, é só entrar em contato.

Um abraço,

Vereador Jonny Stica

3350-4526

- Jorge Yamawaki (PSDB) - jorge.yamawaki@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Juliano Borghetti (PP) - juliano.borghetti@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Julião Sobota (PSC) - juliao.sobota@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( x ) A favor

- Julieta Reis (DEM) - jreis@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Nely Almeida (PSDB) - nalmeida@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Noemia Rocha (PMDB) - noemia.rocha@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

- Odilon Volkmann (PSDB) - odilon.volkmann@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Pastor Valdemir Soares (PRB) - pastorvaldemir@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Paulo Frote (PSDB) - pfrote@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Paulo Salamuni (PV) - psalamuni@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

- Pedro Paulo (PT) - pedropaulo@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

- Professora Josete (PT) - professora.josete@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( ) Indefinido ( x ) A favor

Bom Dia
O mandato da professora Josete é um dos que tiveram a iniciativa da CPI. Encaminhamos as noticias do site www.professorajosete.com.br

- Professor Galdino (PSDB) - vergaldino@cmc.pr.gov.br
( x ) Contra ( ) Indefinido ( ) A favor

Olá Eduardo,

A assinatura à abertura de CPI foi retirada em caráter temporário, por dois motivos: nos foram garantidas todas as documentações que solicitamos a fim de esclarecer o caso e foi um pedido da bancada do PSDB.

Pela nossa vontade, queríamos a abertura da CPI, porém não depende apenas de nós, mas também dos outros vereadores.

Ressaltamos que com haviam apenas 11 assinaturas, sendo necessárias 13, e nenhum outro vereador se dispôs a assinar. Então não faria diferença a permanência da assinatura.

Se houverem 12 assinaturas, faltando apenas uma para a abertura da CPI, me proponho a assiná-la.

Por fim, reiteramos que em determinadas situações, como esta abertura de CPI, temos que acatar a decisão do partido.

Pedimos desculpas e agradecemos a compreensão.

Att.

Assessoria Jurídica do Vereador Professor Galdino

(41) 3350-4928


- Renata Bueno (PPS) - renata.bueno@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Roberto Hinça (PDT) - roberto.hinca@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

Boa Tarde Prezado Eduardo!

Agradeço o contato e como sempre estou a disposição daqueles que se interessam pelas minhas ações como parlamentar em nossa cidade de Curitiba.

Quanto ao assunto sugerido, gostaria de lhe informar que desde o começo do segundo semestre do ano passado, quando iniciou-se a coleta de assinaturas entre os vereadores de Curitiba, demonstrei com muita tranquilidade que não haveria problema algum de minha parte de assinar, porém, como pertenso ao Partido Democratico Trabalhista e logo as decisões devem de acordo com entendimentos de nossa executiva serem tomadas sob orientação dos demais integrantes da executiva incluindo o Presidente Osmar Dias.

No final do mes de junho do ano passado, em reunião com a bancada de vereadores e o nosso Presidente, foi acordado que deveriamos naquele momento aguardar os desdobramentos e por consequencia as demais assinaturas para daí sim tomar decisão sobre a nossa participação na CPI.

Exatamente isso ocorreu e nesse momento estamos discutindo entre os integrantes da executiva municipal e o Presidente Estadual Osmar Dias qual será a decisão.

Ontem tivemos uma reunião no diretorio municipal e outra foi marcada para a proxima quinta feira em reunião com a estadual para tratar entre outros assuntos esse em questão.

Logo peço a gentileza do amigo de aguardar até a proxima sexta feira para termos a orientação partidaria com relação a esse assunto.

Informo tambem que o nosso partido encontra-se em fase de reestruturação em todos os seus quadros, motivo pelo qual, entendemos que é necessário termos conversas suficientes para tratar de cada assunto, incluindo posições politicas que devemos seguir no cenário municipal e estadual.

Espero que compreenda minha dificuldade no momento de definir posição face o respeito que tenho com minha executiva liderada pelo Presidente Osmar Dias.

Tão logo seja concluído o debate interno no partido daremos uma coletiva para nos posicionar. ok

Sempre a disposição.

Att. Roberto Hinça - Vereador do PDT

- Sabino Picolo (DEM) - spicolo@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Serginho do Posto (PSDB) - serginho.doposto@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Tico Kuzma (PSB) - tico.kuzma@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Tito Zeglin (PDT) - tito.zeglin@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Zé Maria (PPS) - zemaria@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor

- Zezinho do Sabará (PSB) - jose.ortiz@cmc.pr.gov.br
( ) Contra ( x ) Indefinido ( ) A favor