sexta-feira, 8 de julho de 2011

Três respostas em 24h. Comemoramos?

Três respostas (num universo de mais de 100 destinatários) em 24horas não é nada animador. Mas, não é de se desprezar, desde que isso faça com que alguma providência seja tomada. Não tá entendendo nada do que estou dizendo, então CLICA AQUI e leia o post abaixo.

Aliás, 3. A terceira chegou a mim, Luiz Guilherme - o LG. Vamos manter as respostas concentradas nesse post. Obrigado aos que responderam.



Agradeço sinceramente aos vereadores Aladim Luciano, Nely Almeida e Roberto Hinça. Realmente espero que eles tomem as prometidas medidas para tentarmos minimizar os problemas que os referidos adolescentes estão enfrentando diariamente. Pode ser pouco, mas na fábula da formiguinha é isso que cada um de nós deve fazer.


Posto a seguir as respostas recebidas. Sigo no aguardo do pronunciamento dos demais.


xxx


Prezado Sr. Eduardo,

Agradecemos o contato.

De fato este não é um problema isolado, apenas desta escola estadual. Diversos são os relatos por toda a cidade com a ocorrência da mesma situação. Ao acessar o blog e ler o relato, é possível verificar que o que está ocorrendo na verdade é falta de ação policial. As condutas descritas estão tipificadas no Código Penal e Lei de Entorpecentes (posse de entorpecentes, porte ilegal de armas, ameaça..) e dispostas no Código de Trânsito Brasileiro (falta de habilitação...).

No texto publicado no blog não ficou claro se houve denúncia ou queixa à polícia de tal situação. Dessa forma vamos então solicitar ao Comando do Policiamento da Capital que intensifique o policiamento no local, bem como solicitar o desenvolvimento de ações no sentido de coibir o tráfico de entorpecentes. Acreditamos que de pronto estas são as medidas necessárias. Para a prevenção de novas ocorrências, será necessário um envolvimento por parte da comunidade local, da direção da escola, das polícias militar e civil e do desenvolvimento das políticas públicas municipais de combate e prevenção ao uso de entorpecentes.

À disposição.

Atenciosamente,

Rodrigo Kredens - chefe de gabinete do vereador Aladim

xxx

Bom dia Eduardo,

É muito triste este quadro, mas sabemos quantos mais existem.
Estamos encaminhando seu relato para a Secretaria de Educação Estadual e para a Secretaria de Segurança Pública, acredito também, que com a pressão da sociedade as coisas caminhem um pouco melhor.
Atenciosamente,


Vereadora Nely Almeida

xxx


Caro Luiz Guilherme:
Estamos muito preocupados com essa situação e,
mesmo "só" como Vereador temos conversado muito
com as autoridades da segurança, e é o que faremos
passando esse caso para que olhem com mais atenção
para escola e região.

Estamos sempre as ordens.
Abraços
Vereador Roberto Hinça

Um comentário:

  1. Caro Eduardo,
    Parabenizo o iniciativa de divulgar casos como este que recebeu levando a todos a reflexão.
    Infelizmente esta é uma triste e lamentável realidade que não é exclusividade dessa escola.
    Nos deparamos com um sociedade em crise com problemas tão complexos que não se pode definir pontualmente se o problema é a da escola, da polícia, da família, do estado... somos todos tanto responsáveis quanto vítimas.
    Sem se eximir da responsabilidade que me compete estarei levando este relato para conhecimento das autoridades competentes para verificar o que pode ser feito a respeito.

    Stephanes Junior
    Deputado Estadual

    ResponderExcluir

Desabafe!