segunda-feira, 4 de julho de 2011

Faça a sua parte...

E faça com vontade, pois só assim, ajudaremos. Esse final de semana que passou, em casa, ouvi no radio uma campanha e alguns acontecimentos e logo visitei o blog a seguir, que me ajudou a pensar um pouco.

Se você, que lê esse blog se identificar, pode realmente se sentir ofendido, pois é uma ofensa também você usar vagas que são reservadas, se você não tem nenhum direito sobre elas.

Visitem, por favor: http://estavaganaoesua.wordpress.com

Não é por mal, mas se a vaga é para deficientes ou idosos, não é uma vaga para um minutinho ou dois. Seja respeitoso apenas para mostrar que não é burro! A vaga comum fica ao lado, mais longe da porta, mas afinal, podes muito bem caminhar um pouco, não é?

Aqui em curitiba, assim como em outros lugares do brasil, a prática do "só um minutinho" virou comum. E o que poderia ser pior além da desculpa do 1 minutinho? Sim, sim, você imaginou certo: tem gente dizendo que o deficiente ou o idoso tem que se dar o respeito ou então, tem aquele moço que desce do carro e quer bater no véio ou no cadeirante, tem aquele que simplesmente não diz nada, baixa a cabeça como um idiota e foge... A diretran não tem gente suficiente, os seguranças dos mercadas andam mais cagões que os clientes e para o gerente, que se ferre, por ele, mercado ou comércio nem teria estacionamento.

Respeitar não é apenas não usar a vaga, mas também, nesse caso, divulgar de maneira concreta uma campanha. Não apenas no facebook ou no twitter. Vamos divulgar para amigos, parentes, parentes de amigos e cunhado, esposa e tudo mais.

Quem sabe um dia a bola da boa vontade cresce como uma bola de neve e assim, tenhamos um mundo mais justo e coisa e tal e tal e coisa... Não acredito mais nesse dia, mas ainda assim, estou esperançoso de que os velinhos e deficientes tenham suas vagas de estacionamento respeitadas. Só isso!

É pedir muit?

Teve até jornalista que saiu da cena para não apanhar como um cachorro pois um cara muito mais forte que ele, saudável e que poderia parar 1KM distante resolver discutir com ele.

É infeliz perceber que o ser humano está "evoluindo" para isso. Infeliz...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!