quarta-feira, 27 de julho de 2011

Réplica do Desafio DLQ

Ontem recebemos um comentário na matéria "Desafio DLQ: Quem se importa?". O texto, escrito por um qualquer (anônimo é qualquer para mim) traz informações interessantes. Mediunicamente o seu autor diz que estuda no mesmo colégio citado no texto (aliás, não citado, afinal não dissemos o nome do estabelecimento de ensino) com seus irmãos e que os problemas mencionados não existem.


O argumento utilizado por ele é pobre e carregado de um discurso político desprezível. "Gostaria que apontasse uma escola que não tenha problemas com drogas". E? Isso não me diz nada. Aceitar o problema com passividade não me parece uma atitude muito inteligente. 


Em seguida faz uma defesa anormal dos professores e da instituição. Coisa muito, mas muito ATÍPICA para estudantes dessa faixa etária. Não que não seja possível, mas me soa estranho. Aliás, outra coisa estranha. O fato de escrever tudo em CAIXA ALTA é típico de "gente velha". A piazada dessa idade não escreve assim, pois sabe que fere os olhos na leitura em tempos de internet.


Por fim, se não revelamos o nome da escola, das duas uma: ou só tem uma no bairro, ou o texto foi escrito por alguém que teve acesso a essas informações (todos os destinatários, vereadores e deputados, que receberam o email).


Chego a conclusão de que a chance desse texto ser verídico é muito pequena. Mesmo assim, no princípio do bom jornalismo, da ética e da minha "gentebonisse" posto o comentário a seguir.


Como vocês podem imaginar, não recebemos mais nenhuma resposta. Das 90 e poucas possíveis, recebemos apenas 4. PROFUNDAMENTE lamentável. Alias, o Placar dos Ignorantes foi fixado ali na barra direita. Para nunca esquecermos quem nos vira as costas.,


xxxx


"LÍ O COMENTÁRIO SOBRE O COLÉGIO CITADO E COMO ALUNO DO MESMO POSSO GARANTIR QUE AS INFORMAÇÕES NÃO SÃO CORRETAS POIS , EU E MEUS IRMÃOS ESTUDAMOS NESSA ESCOLA, DESDE O ENSINO FUNDAMENTAL E SE EXISTE UM CASO QUE ENVOLVE DROGAS GOSTARIA QUE APONTASSE UMA ESCOLA QUE NÃO TENHA .NUNCA FOMOS PRESSIONADOS A USAR DROGAS E TENHO CERTEZA QUE SE ACASO ISSO ACONTECER PODEMOS CONTAR COM O APOIO DOS PROFESSORES E DIREÇÃO ,QUE ESTÃO SEMPRE ATENTOS NOS FALANDO E PROPORCIONANDO PALESTRAS CONTRA DROGAS".


É sonho ainda esperar por respostas dos nossos representantes? Vou reenviar o email. Vamos ver o que dá

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!