terça-feira, 30 de agosto de 2011

Desabafo...

Esse é um espaço que eu e meu nobre Dudu usamos para escrever algumas coisinhas que achamos de certa relevância. Eu até uso esse espaço como um canal de desabafo de vez em quando. E hoje é um desses momentos. Um desabafo e claro, um pedido de explicação para nossas autoridades municipais.

Acontece que ontem, precisei desembarcar do ônibus que uso para ir a aula. Uso o sistema de transporte coletivo, mais precisamente os ônibus biarticulados que fazem as linhas do leste de curitiba, no meu terminal, falo do Pinhais-Rui Barbosa e do Centenário-Campo Comprido.

Pois bem, existe um ponto que já falei muitas vezes aqui que é a estação tubo da praça Eufrásio Correa, curiosamente, ao lado da casa legislativa do município de curitiba e paisagem de muitos vereadores.

Essa estação em questão está em reforma. Isso mesmo: REFORMA!

Mas infelizmente não é para tapar os buracos que pingam em dias de chuva. Nem mesmo para melhorar a circulação de ar ou evitar que os nobres "fura-tubo" furem os tubos. A ação desses "fura-tubos" aumenta o preço da passagem, como diz a mensagem nos ônibus, mas, ninguém está preocupado com isso.

A infeliz reforma é para que as duas estações comportem o famoso ônibus maior do mundo, o que eu chamo carinhosamente de "azulão retardado". Creio que até o final do ano, teremos esses famosos azulões retardados na linha leste-oeste. E eu quero estar muito, mas muito errado mesmo, pois se hoje, para fazer a baldeação em horário de pico já é uma desafio imposto pelo diabo, depois que o "maior ônibus do planeta" for instalado e assim, mais de 270 pessoas conseguirem desembarcar, provavelmente um dia, alguém morrerá esmagado.

A largura do tudo eu nunca medi, mas com certeza ela não passa de 2,5 metros úteis. É simples, qualquer dia, vai dar merda!

Solução?

Ah, existe sim!

Porque nossos nobres vereadores não consultam a URBS e pendem explicações de porque essa baldeação não é feita nos tubos da praça Rui Barbosa? Pois lá, na verdade, são três tubos emendados, com várias goteiras. Tem o tubo do Pinheirinho, que inclusive desafolgaria a linha Capão Raso-Santa Cândida (o passageiro poderia escolher) e no outro sentido, poderia ser utilizado o tubo do Pinhais-Rui Barbosa, também com o Centenário-Campo fazendo sua parada ali.

O ponto positivo é que teríamos dois tubos apenas na praça Rui Barbosa, sim, os outros dois poderiam ser retirados e assim, melhorariam a beleza da praça, e todos as linhas se concentrariam em apenas 2 tubos, facilitando para o usuário e também dando o poder de escolha de em qual ônibus seguir.

Solução existe, nobres.

Senhores e Senhoras, vereadores de Curitiba, é pedir demais uma resposta da URBS?

Se for necessário, eu posso suplicar, ajudaria?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!