segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Ditos populares...

Sabe aquele ditado que diz que tudo que está ruim pode piorar? Nas ultimas semanas, se eu resolver escrever, dará um livro de umas 35 página, algo assim. Tudo que estava "ruim", está piorando, até minha cachola. Parece que o ultimo comprimido tinha farinha ao invés de remédio... "Mi fú"...

Pois então, e o pior de tudo é que eu sou uma pecinha que precis participar de alguns processoe e neles, o que estava normal, agora vai ficar pior. OK! "Mi fú²"

E quem tem alguma coisa a ver com isso? Ninguém, absolutamente ninguém. E eu, não vou mais esquentar com isso, pode ter a certeza. Não mesmo! Se todos querem porque eu haveria de não querer?

Vou conviver como todos os outros, escondido atrás de meu ateísmo, escondido atrás de minhas ideias inovadores e meu ideal de sinceridade e honestidade. Se me perguntarem, negarei, se me questionarem, eu me esquivarei. Estou cansado de ser diferente de todos esses outros.

E assim, que vivam os feriados, as cervejas, o futebol com o juíz ladrão, a missa de domingo da qual o sujeito já sai xingando no trânsito. Que se perpetue a medíocre missão dos que são contra o aborto e daqueles que dão dinheiro para quem pede no ônibus.

A partir de hoje, serei um bom funcionário de acordo com as expectativas da empresa, não vou questionar mais que o necessário, não vou criar caso e claro, a hora que puder, troco de emprego.

E quem está lendo esse blog, por favor, me ajude a me manter nos padrões brasileiros de ser. Vou comprar uma "caixinha" de skol e deixar na geladeira, juntamente com a bíblia e o salmos aberta na porta da sala e sempre que alguém me perguntar alguma coisa eu vou responder com um "graças a deus" no final da frase acompanhado de um "filho da puta" em pensamento. Coisa bem pouco hipócrita.

Meu texto hoje está ácido, mas infelizmente, me deram motivo para ser assim. Se você, leitor, não gostou, por favor, pule esse texto e leia os demais, inclusive os do nobre companheiro e irmção Dudu. Eu gosto mais dos dele.

Hoje, no trabalho, a hipocrisia foi tanta que não pude me segurar, precisei desabafar e o DLQ foi uma das minhas válvulas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!