quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Aproveitando a deixa.. vamos rir juntos?

Dudu foi mais uma vez muito observador. O álcool, que hoje está com o nome mais bonitinho de etanol é um combustível que deriva, no brasil, da cana-de-açúcar. Ou seja, precisamos de uma planta da qual fazemos um processo e bla, bla, blá...

Para contrapor o Dudu, até onde sei, os canaviais estão diminuindo há 3 anos, pouco mais estão e claro, a demanda de consumo aumentou muito. E o álcool ainda precisa de um processo semelhando ao da cerveja de fermentação.

Nos ultimos anos o governo anterior e o atual estão comemorando demais por coisas que eles estão na verdade pouco se ferrando. Não existe incentivo fiscal para produzir cana? Não existem plantações subsidiadas feitas pelo MST ou qualquer outro grupo que pudesse dar uma força nessas horas? Ah sim, quando está funcionando, a glória é do governo, mas quando não funciona, normalmente é culpa dos malditos capitalistas que conspiram contra o socialismo moderno.

Não existe condições de se produzir mais cana nos mesmos lugares que estão produzindo hoje. É simples, a terra enfraquece e tudo vai as favas. Quem planta milho sabe bem disso e por isso, normalmente, usam a rotatividade. Ou seja, uma safra milho, na outra, soja ou seja lá o que for e assim por diante. Mas não, né... nunca pode ser fácil assim...

Leitores de blog, por favor, anotem em suas cadernetas: a hora que começarem a produzir biodiesel com soja e outras sementes, vai acontecer a mesma coisa. O preço vai aumentar, aumentar, aumentar...

Se o governo está tão preocupado com o preço do álcool, que eu duvido muito, vai ter que mexer no imposto (50% aproximadamente do preço do combustível) e ainda, investir no desenvolvimento de outras espécies de cana, em métodos de plantio mais eficientes, na nutrição da terra entre outras coisas. Mas, num país onde a nutrição é a ultima preocupação do governo, quiça pensar na nutrição da terra... haahha piada boa!

Quem tem um flez ou um carro a álccol, uma notícia para vocês do LG: vai continuar a subir, simples assim. Minha aposta para julho de 2012 é o litro do álcool médio nas bombas custar no mínimo 2,399. a gasolina, vai estar pelo menos, 3,299. É assim que funciona no brasil quando o imposto rende por litro... Simples, né!

Ah, pra fechar, ouvi dizer que vamos importar o tão criticado (pelo ex-presidente molusco) állcol do milho subsidiado dos EUA. Legal, né... Quem cospe para cima, arrisca receber de volta na testa...

Viva lula-lá...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!