terça-feira, 27 de setembro de 2011

A vida continua... felizmente

Hoje foi um grande dia, pelo menos para mim. Hoje eu completei 34 anos e sei que tenho pelo menos, mais 34 pela frente, na pior das perspectivas. E vou viver intensamente todos os dias daqui para frente, com certeza. Serei ainda bronco, vou reclamar de quase tudo, vou xingar bastante, e se tudo der certo, meu coração há de aguentar essas coisas.

Mas hoje também foi um dia em que aprendi a perder. Perdi mesmo. Perdi pois não pude manter minha qualidade e minha capacidade de assumir uma briga. Hoje, infelizmente, perdi uma briga da qual eu afirmei que daria uma boiada para não sair. Não sei, talvez um boi já seja muito caro para mim!

Então, não citando nomes, mas hoje, uma polaca me fez perceber que ela é muito superior! Ela é simplesmente a melhor coisa que aconteceu para meu empregador e para todo o planeta terra.

Talvez seja ela uma salvadora do planeta!

Mas isso me fez perceber o quanto eu sou pequeno. O quanto eu sou insignificante!

Porém, se assim sou, sou perante ela, mas perante a sociedade, eu sou alguém. Eu sou um cidadão, eu pago meus malditos impostos e não cuspo no mendigo, não dou dinheiro para pedintes e não choro quando alguém não tão próximo morre. Sou normal!

E não quero ser diferente do normal. Quero cumprir as regras de trânsito e as cumpro. Quero cumprir meus direitos e meus deveres de cidadão e os cumpro!

Sou assim, LG, por LG!

Goste ou não goste, espero que continue sempre lendo meus textos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!