quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Obrigado pelo comentário

Hoje recebi um comentário do leitor Junior sobre um texto produzido por uma amiga sobre redes sociais. O nobre leitor foi extremamente educado em seu comentário e ainda me fez uma pergunta, que talvez seja mais direcionada a autora do texto do que para mim, mas como eu e a SD compartilhamos da mesma opinião, vou responder.

Junior, acredito que quando precisamos tomar uma decisão, é melhor saber o que estamos fazendo, certo? Assim, ao longo dos meus mais de 30 anos, toda vez que preciso tomar uma decisão, estudo pelo menos mais que o mínimo sobre algo para poder decidir da melhor maneira possível. E assim foi com as redes sociais. É também por isso que prefiro não fazer parte dessas redes.

Digamos que minhas redes sociais acontecem com um aperto de mão, um abraço ou um beijo e claro, com um bom papo. Mas ao vivo, não ao computador. Eu entendo o fascínio que as redes, sociais ou não de computadores, causam nas pessoas. Apenas, não quero fazer parte dela.

É claro que tanto o texto, quanto minha visão, são as óticas de quem escreveu e minha. Não representam a verdade universal e nem queremos que isso seja. Apenas temos nossa opinião e não vamos nos abalar se cliclarem em "curti isso" ou "odeio o lg". Não, não...

Se as redes sociais não existissem, eu nem sei o que seria desse mundo!

Afinal, como poderíamos viver sem saber que fulano vai ao wikibier ou então, sem saber que 1 milhão de pessoas curtiram um vídeo de uma idiota fazendo um sanduíche de b.?

Como as pessoas poderiam ser felizes sem serem avisadas de aniversários de outras pessoas que elas fazem questão de não olhar na cara, mas que no dia do aleta, clicam em "parabéns para você"?

Junior, desculpe, mas eu enxergo o que eu desejo enxergar. Você tem razão nisso. Mas não se abale, logo precisarei usar as redes sociais. Farei isso com a consciência que me tornarei igual a todos os outros que as utilizam, mas com toda certeza, não clicarei no botão "curti isso" para o outro imbecil que bebeu até o fígado não aguentar mais e agora precisa de um fígado novo!

Mas, obrigado pelo seu comentário, se puder, volte mais vezes, tem outros tantos textos que você com certeza, vai gostar ou vai clicar em "não curti isso".

Fui...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!