sábado, 15 de outubro de 2011

Um dia dos Professores inesquecível

Hoje foi o dia dos Professores. Escrevo Professores em letra maiúscula porque, para mim, um Professor tem (ou pelo menos deveria ter) a mesma importância na vida de uma pessoa que Deus tem (ou deveria ter). Se para descrevê-lo (a Deus) sempre aconselha-se o uso da letra maiúscula, o faço também para os nossos mestres.

Este dia dos Professores em especial tive uma experiência muito diferente. Na semana passada recebi um telefonema que me valeu o ano. Depois de algumas semanas de tensão - desde o dia em que a amiga Maria Cláudia entrou em contato comigo para revelar a aflição dos atuais diretores e Professores da minha antiga escola de ensino fundamental, o Colégio Estadual Tiradentes - tivemos o melhor desfecho possível.

Na época levantamos a bandeira contra o fim do Tiradentes (que seria municipalizado e passaria a ser administrado pelo Colégio Zacarias) e entramos em contato com autoridades e políticos. Pedimos auxílio a todos e aguardamos ansioso pelo desfecho. Fui a uma reunião no colégio, fiz o que pude para ajudar e depois de algumas outras reuniões nos restou aguardar.

O mencionado telefonema trouxe a boa nova: por intermédio da Professora Regina, diretora, fiquei sabendo que vencemos. O Tiradentes não será municipalizado e permanecerá servindo ao povo paranaense com seu ensino. O Desafio DLQ: Crime Evitável teve o melhor dos desfechos. Graças a mobilização de muitos que acreditam realmente que a união faz a força. E fez. Convencemos, pelo amor de todos que defenderam essa causa, de que ao invés de se fechar uma escola, mantê-la aberta e buscar a ampliação da rede de ensino é o melhor caminho. O diálogo é sempre a melhor opção.

Neste sábado fui recebido pelos Professores do meu colégio Tiradentes para um animado e saboroso churrasco. Celebramos não só o dia dos Professores, mas também o dia em que o Tiradentes renasceu. E renasceu pelos braços de gente que quer o seu bem.Vem aí as eleições para a direção da escola. Independente de quem vença, o importante é que a vitória coletiva foi maior do que tudo.

Revi minha Professora Gilda. Mestra e diretora dos meus tempos de colégio. Puxadora de orelhas de mãos cheias, mas com um coração do tamanho do colégio que ele ajudou a manter nos últimos 30 anos.

Parabéns a todos que colaboraram para a causa. Para os amigos que retuítaram ou curtiram nossa campanha. Aos políticos que se propuseram a ajudar e realmente fizeram alguma coisa. vocês não serão esquecidos. Aos que mais uma vez viraram as costas para os interesses da população, deixo meu desprezo.

Nada, contudo, que estregue a minha felicidade. Hoje me senti um deles. Alguém que realmente fez algo de bom para o seu semelhante. Talvez um professor. Com letra minúscula, afinal a maiúscula só é usada por quem merece. E eles merecem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!