sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Mais uma sobre carteiras...

Hoje peguei um ônibus. Fui de um ponto a outro, onde eu trocaria de veículo. E, para minha surpresa, nesse trecho de 500 metros ou menos, 3 carteiras foram furtadas, surrupiadas ou qualquer coisa assim...

3!

Mas, a hora que se deram conta, nada mais poderia ser feito. E o pior é que não adianta nada pedir policiamento em ônibus assim como não adianta em supermercados ou nos postos de saúde. O problema é que além da impunidade, roubar virou rotina e modo de vida. Roubar hoje, é ainda um crime, mas logo isso precisará ser revisto!

Não que eu deseje isso, longe de mim, mas...

Uma carteira, um carro, um banco. Além dos casos do ônibus, uma conhecida foi rendida em frente de casa, rodaram com ela no carro e tudo mais... No jornal que leio a coluna policial, a graça foi embora. Antes eram traficantes se matando, drogados e coisas assim. Agora, são idosos mortos em assaltos, assaltos a casas e essas coisas loucas...

A violência está tomando conta?

Não, a violência já tomou conta. Não há policial suficiente, nem cadeia suficiente, nem justiça justa e ainda temos que lembrar dos direitos humanos, que sempre vão proteger pessoas assim...

e é triste perceber que em plena época de natal, a coisa fique ainda pior, afinal, mesmo os bandidos vão precisar comprar presentes e comemorar o nascimento do Jesus...

Fui


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!