terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Até quando esperar...

Segunda-feira foi um dia intenso para os deputados estaduais paranaenses. Não porque eles precisaram trabalhar muito, mas porque, no dia em que eles resolveram trabalhar, os manifestantes resolveram manifestar. E assim se deu um dia intenso na assembléia legislativa do estado do Paraná.

Toda manifestação, num estado democrático de direito (sic), é justa. Mas, até que ponto um ato pode ser considerado manifestação?

Acredito que o que vi ontem, por conta das imagens, é sim uma manifestação. Mas não a considero tão justa assim. Afinal de contas, eles estavam se manifestando contra o que? Antes de qualquer comentário, afirmo que não sou 100% a favor das privatizações nem a favor de trazer para a iniciativa privada serviços que pela constituição deveriam ser gestados pelo estado. Mas infelizmente, se você leitor já precisou do estado para qualquer um dos serviços por ele operados, deve ter precebido que chega num ponto em que a coisa não anda.

Então, os manifestantes de ontem tem razão em querer barrar um projeto que propõe uma mudança nesse quadro. Eles tem razão em protestar para que tudo continue de jeito que está e assim, não se corra o risco de piorar o que já está ruim.

Mas infelizmente, nos ultimos 16 anos, muito esforço tem sido despendido pelos governos e nada mudou. Será que agora vai? As manifestações de ontem foram legítimas sim, pelo menos no meu ver. Houve certa baderna mas nada que seja diferente do que alguns deputados fazem com a nossa honra.

Creditamos a eles, deputados, nossa confiança através do voto. E eles fazem o que querem com o poder que nós, eleitores, demos a eles.

Se eu sonho com alguma manifestação que realmente mude alguma coisa, eu sonho com algo que mexa com os votos que esses senhores recebem da população. Desejo realmente não ver reeleitos os que votaram a a favor do projeto e contra as ideias do povo (do povo mesmo ou mais dos manifestantes?).

Devemos pegar o caso de ontem e pensar no futuro: o que queremos para nosso estado? São esses senhores mais 4 anos no poder?

Até quando esperar? Talvez, para mudar, precisamos parar de esperar e agir! 2014 está chegando e em pleno ano de copa do mundo, teremos que escolher nossos novos deputados... E o que podemos esperar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!