terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Greve de Buzum...

Ontem eu procurava um assunto legal para escrever porém o que de melhor tinha era um indicativo de greve dos motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba. Já escrevi outra vez sobre o modelo e uma projeção grosseira de custos sobre o transporte de massas de Curitiba (e coloca massas nisso). Pois bem, o indicativo se confirmou e hoje precisei me deslocar ao trabalho com meu possante carro de 120 cavalos (+ 1 dirigindo), que faz exatos 8,9Km/l de gasolina.

Pensei até em tirar fotos desse momento romântico de greve, em ano eleitoral, mas as fotos diriam pouco. Uma rua se ônibus não tem tanta graça assim. Pior é que estava chovendo e as pessoas desesperadas em chegar ao trabalho ou retornar dele estavam escondidas para se proteger do banho.

Caos em Curitiba?

Eu quero pensar que sim. Afinal de contas, se o sistema é de primeiro mundo com mais de 1000 ônibus renovando uma frota que nem era tão antiga assim, em véspera de eleição, merece no mínimo, motoristas com salários melhores. Se cada um ganha em média 1247 reais, conforme o holerite que tive o desprazer de ver, façamos o seguinte: para tudo por uns 2 ou três dias. Se não for suficiente, para por mais.

O povo vai se lascar, mas uma hora, os governantes vão ter que acordar para a porcaria que estão fazendo. Não adianta gastar tudo que tem para trocar frota em ano pré-eleitoral se quem conduz a frota, está ganhando menos do que necessita ganhar.

Hoje, um pai de família digno, não vive com 1247 reais menos os descontos: NÃO VIVE!

O prefeito vive bem com os mais de 20 mil, os vereadores também vivem bem com os mais de 10 mil que ganham e na verdade, parte deles é também empresário, o que torna as coisas mais fáceis. Mas, motoristas e cobradores, ganham merreca e se ferram para os governantes levarem o trofeu! Banana para eles.

E aposto que até as 10 horas, a justiça do trabalho vai determinar o fim da greve por se tratar de um serviço essencial. É assim mesmo que ocorre no Brasil.

Quero só ver como o Luciano, o prefeito, vai fazer agora, pois parte de sua campanha a prefeito já está melada. Pois, se não der aumento, não tem conversa e se der aumento, vai ter que aumentar a passagem de ônibus e aí, os outros candidatos já tem um bom material para a campanha...

Sinuca de bico, heim, Luciano. O Dr. deveria voltar para a medicina, me parece mais fácil, não é mesmo? Aliás, para ser médico o senhor estudou e muito, mas vem cá, tem administração ou administração pública na faculdade de medicina?

Hahaha, greve neles!

Um comentário:

  1. Perfeito sua colocação meu amigo, quero ver o que vai acontecer, o caus esta instaurado o trânsito fervendo, quero mesmo é que os motoristas continuem com a greve afinal de contas eles veem sofrendo a muito tempo e hora de dizer um basta.Quanto ao Prefeito se fuuuu... ele estudo tanto pra nda afinal d contas a saúde tbm sofre e ele nem se quer lembra q um dia fez um plantão médico.

    ResponderExcluir

Desabafe!