quinta-feira, 19 de abril de 2012

Eu ai, mas não vou mais

Minha proposta era escrever hoje sobre a CIDA - Contribuição Involuntária sobre a Disponibilidade da Água que meus dois filhos consomem. Mas isso seria uma FDP muito grande com os pequenos. É mais ou menos o que o governo faz com todos os brasileiros que gastam o dinheirinho com gasolina, álcool (etanol) ou diesel. Não tenho certeza quanto ao gás natural, mas o sentido é o mesmo.

Já não bastasse ser um imposto alto, que somado aos outros tantos chega a 52% do custo final, a CIDE - Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico é cobrada por litro de gasolina. Isso significa que quantos mais litros de gasolina forem vendidos, mais o governo vai ganhar. Num país como o Brasil, talvez isso nem seja muito escandaloso, não é mesmo?

Mas o fato é que com 52% de imposto, não existe como a sociedade se manter sem os ditos combustíveis fósseis. E ainda mais agora com o eminente aumento da gasolina, o governo vai rir mais um pouco.

Enquanto isso, precisamos ser democráticos e escolher entre os melhores dos piores. 2012 tem pra prefeito e vereadores, heim...

Mas, em 2012, em Curitiba, haverá uma opção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!