sexta-feira, 20 de abril de 2012

MAIS do "sempre" mesmo...

Quem acompanha o DLQ sabe que eu, o LG, ando e muito de transporte coletivo. Com todos os perigos como desmaio de motoristas, motoristas mal treinados, assaltos, entre outros tantos fatores. Pelo menos, mesmo de dá com mais 300 pessoas num biarticulado eu não preciso me preocupar com o trânsito, muito menos com a temperatura do carro ou aquele motorista que insiste em costurar de uma faixa para outra para ser mais rápido que todos, onde todos estão, parados!

Mas, o título desse post leva em consideração um texto do site www.parana-online.com.br. Não é uma crítica ao texto, mas sim uma crítica à critica que existe no texto. Esse relato trás a informação de que a trincheira da Gustavo Rattmann, no Bairro Alto, pouco adiantou para a questão dos engarrafamentos.

Se quiser, leia antes de prosseguir: LEIA AQUI

É fato que Curitiba cresceu. E continua crescendo. Hoje já somos mais de 2 milhões de habitantes num espaço que não tem mais para onde crescer. Os limites de Curitiba já estão, na verdade, nos municípios da região metropolitana ou grande Curitiba como alguns insistem em chamar.

E, numa estimativa, existem aproximadamente 1 milhão e 400 mil veículos teoricamente rodando na cidade. Se fizermos um exercício básico, podemos perceber que existem 1 carro em circulação para cada 1,4 habitante. Ou seja, como uma cidade dessas consegue fazer tantos carros rodarem por suas ruas e avenidas sem que hajam os famosos engarrafamentos? Linha verde, rápida do portão, Avenida Maurício Fruet entre outros tantos pontos não suportam mais tantos carros e o pior, não tem para onde se expandir.

Quando me mudei para o Capão da Imbuia, a Vitor Ferreira do Amaral tinha duas pistas. Mas, ao lado, tinha muito terreno e hoje ela tem 6 pistas. 3 em cada sentido. E isso já não é mais o suficiente.

Eu desafio, no bom sentido, o leitor desse blog a enviar suas sugestões sobre o trânsito. Quero poder discutir elas com vocês aqui. Sejam elas: elevados, trincheiras, viadutos, sinaleiros, minhocões, qualquer coisa.

Faça sugestões, OK! As críticas nós já temos...

Vamos trabalhar para uma cidade melhor? Mande suas sugestões para melhorar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!