quinta-feira, 12 de abril de 2012

Qual é o problema, heim?

Prezados leitores do DLQ: qual é o problema de um político (a) viajar num jatinho de um empresário para algum lugar do mundo? Sério, vamos pensar seriamente nisso. Porque um político, seja ele qual for, não pode usar o carro de um empresário ou então, o avião de outro ou até mesmo uns trocados de um terceiro empresário?

Não é uma coisa normal a gente burlar a lei no Brasil?

Atire a primeira pedra qual dos leitores nunca ultrapassou pela direita de um carro na linha verde ou na Vitor Ferreira do Amaral e achou que isso é normal? Me atire uma pedra muito grande qualquer um dos leitores que nunca pensou: 2 minutinhos vão fazer diferença alguma. E eu conheci um cara, metido a advogado que achava que uma placa de dizia "Permitido para carros oficiais" significava que ele poderia parar a mercedes velha que ele tinha comprado em prestações só porque o carro tinha documento, logo era um carro oficial.

Se a Roseana ou qualquer outro político faz o que fez com um jatinho particular ou com o dinheiro do povo é porque infelizmente, para o brasileiro, tudo isso é normal. É uma festa onde quem está dentro não sai e quem está fora, quer com certeza entrar.

Jatinho, maozinha, ontem até ouvi em mesada de 5 mil por mês, ou seja, qualquer coisa pode no brasil, vai de quem vai fazer. Se você para na vaga de idoso e desce do carro olhando para o chão ou então faz de conta que dorme enquanto um idoso fica de pé no buzum, parabéns, você é um real brasileiro nas ações e atitudes.

Mas se você, não ultrapassa pela direita, dá seta toda vez que vai trocar de faixa e vai fazer uma conversão, se você para antes da faixa para o pedestre passar, e se você, quando está de moto prefere não usar o corredor pois a lei não permite, parabéns, você deve ser um E.T.

Ideli comprou barcos de um fabricante que supostamente pagou o PT. Isso é novidade no Brasil? Muda o partido e o fornecedor, mas o resto, é tudo igual. Roseana, Rosana, algo assim, foi pros EUA de jatinho de empresário. Feliz dela que não precisou dividir o avião com a Mô..., digo Dilma.

O Brasil é esse circo, e nele, eu pareço o engolidor de espadas mesmo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!