quinta-feira, 17 de maio de 2012

Despejando lixo no meu nariz



Eu não sei a quem recorrer e tenho certeza de que a maioria dos senhores também não. Dia desses me deparei com esse absurdo na Linha da Vergonha, ops, Linha Verde. Um caminhão em relativo estado de conservação emitindo muita fumaça. Achei estranho. Olhei mais de perto e vi que o veículo emitia pouca fumaça pelo cano de escape. Em compensação, logo abaixo do motor - por um cano - despejava toneladas de CO2 no ar da minha amada Curitiba.

Fiz cara de indignado, buzinei e ganhei só uma cara de paisagem de retorno. Fiquei sem ação e sem saber o que fazer. Na verdade, o que poderia fazer naquela hora? Ligar para a Força Verde pra denunciar? Que efeito isso teria? Além do constante desrespeito à proibição de caminhões na Linha Verde em horários de rush, volta e meia nos deparamos com maus tratos à natureza.

Fica o alerta e a sugestão. Não custaria muito manter alguém sentado confortavelmente numa cadeira (pode ser de praia, de balanço, enfim), com um guarda-sol e um bloquinho de notas nas mãos. Seria um festival de multas e um alívio para o bem comum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!