quarta-feira, 25 de julho de 2012

Piegas e Romântico

Peço a gentileza de que leiam o texto a seguir. É parte da "Receita de Mulher", do mestre Vinícius de Moraes. 


Que a mulher seja em princípio alta 
Ou, caso baixa, que tenha a atitude mental dos altos píncaros. Ah, que a mulher de sempre a impressão de que se fechar os olhos Ao abri-los ela não estará mais presente Com seu sorriso e suas tramas. Que ela surja, não venha; parta, não vá E que possua uma certa capacidade de emudecer subitamente e nos fazer beber O fel da dúvida. Oh, sobretudo Que ela não perca nunca, não importa em que mundo Não importa em que circunstâncias, a sua infinita volubilidade De pássaro; e que acariciada no fundo de si mesma Transforme-se em fera sem perder sua graça de ave; e que exale sempre O impossível perfume; e destile sempre O embriagante mel; e cante sempre o inaudível canto Da sua combustão; e não deixe de ser nunca a eterna dançarina Do efêmero; e em sua incalculável imperfeição Constitua a coisa mais bela e mais perfeita de toda a criação imunerável.

Agora, mais uma vez, peço a gentileza de que os senhores e senhoras leiam o trecho a seguir. Uma poesia contemporânea da música "popular" brasileira,

Sinal Disfarçado - Zé Ricardo e Tiago

Peguei no seu cabelo você diz que ficou loucaFalei no ouvidinho vou beijar na sua bocaVocê piscou pra mim dizendo estou acompanhadaE o cara do seu lado olhando sem entender nada
Era ele virar e você me olhava pra gente combinarUm sinal disfarçado com o jeito safadoGostoso de me olhar
Vai no banheiro pra gente se beijarBem lá no escurinho pra ninguém desconfiarCara de santa mas não me engana nãoÉ hoje que eu te pego e você não escapa não 
Se eu te pego, ãhSe eu te beijo, ãhSe eu te pego, ãh, ãh, ãh
xxx
Tem alguma coisa errada com esse mundo. Tem algumas coisa errada com nossas mulheres. Tem SEMPRE alguma coisa errada com os homens. E a vida segue. A falta de respeito próprio é um grande mal. Se você não se valorizar, não será o oportunista (no bom sentido) do autor de um "hit" que vai valorizar. 
Me chamem de piegas (ou outra coisa), mas prefiro ler e recitar Vinicius de Moraes para um amor platônico a ir pro escurinho de um banheiro qualquer beijar a mulher de outro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!