quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Não só útil. Seu voto é FUNDAMENTAL

Cada um tem uma teoria diferente sobre como seria o sistema eleitoral ideal. Uns apoiam o voto distrital, outros pedem a penas o direito de 'não votar', ou seja, são contra o voto obrigatório, outros acham que o sistema político todo deve mudar, passando do presidencialismo para o parlamentarismo. E por aí vai. Enquanto isso não muda, é preciso fazer uma reflexão.

Diariamente vejo gente reclamando dos políticos. Aliás, seria notícia de jornal encontrar alguém elogiando-os. Todos estão muito descrentes desta profissão (profissão?). Ninguém mais acredita nesta espécie. Nesta raça. Para muitos, é tudo farinha do mesmo saco. Inclusive, defendem o voto nulo.

Entendo o voto como forma de protesto. Não questiono a vontade que cada um tem de anular o seu voto. Mas é mesmo a melhor maneira de agir? Uma anulação em massa, talvez. Mas só uns gatos pingados? Não vejo como uma forma de protesto muito inteligente.

Partindo deste pressuposto proponho não anular o voto, mas sim votar no menos pior. 

Não se assuste com essa sugestão. Acha meio exagerado, então vote em alguém que nunca foi político. 

Melhorou? Então... pense comigo. 

Você TEM que votar. Se não o fizer, paga multa. Fica impedido de participar de concurso público ou algo parecido. Se o voto é obrigatório, torne-o útil. 

Se ninguém da atual administração presta para você, não reeleja ninguém. Aposte em alguém. Procure conhecer novas opções entre as que se apresentam. Existem várias formas de saber mais de cada um dos postulantes a uma vaga na Câmara Municipal. O site do TSE traz o DivulgaCand. É bom, mas não tão profundo. 

Sugiro mesmo o Candibook, da Gazeta do Povo. Um projeto sensacional. Me orgulho muito de ter participado deste projeto nas eleições anteriores. Lá você encontra informações básicas, curiosas e fundamentais para conhecer o seu candidato. E outra... lá você pode assistir 2 minutos de entrevista com cada um deles. Algo RARO, já que o tempo máximo de uma propaganda eleitoral é de 30 segundos. 

Se mexa. Saia do comodismo que nos tira as melhores chances da vida. Ajude a construir ou reconstruir sua cidade. Você pode fazer a diferença.