terça-feira, 11 de setembro de 2012

Morte aos cavaletes

Quando é que alguém vai ter a coragem para proibir o uso desses cavalete de políticos? Pelo amor de qualquer coisa. A cidade esta um LIXO. É uma vergonha ver praças, canteiros, cruzamentos, calçadas impregnadas dessa porcaria toda. Romperam todos os limites do bom senso. Proibiram placas nos postes e cartazes em tapumes em benefício dos cavaletes? Quem foi o espertão que tomou essa decisão?

É uma vergonha. Placas impedindo o trânsito de pessoas, prejudicando a visão de motorista, deixando a cidade mais feia. E o pior, com a cara desse bando de gente que só quer o poder e tá pouco se lixando para o bem comum da população. Porque alguém que emporcalha a cidade dese jeito COM CERTEZA não se importa com o "outro".

Tem um monte de jurista chato que se queima por muito menos que esses malditos cavaletes. Que queimem os cavaletes. Aliás, a Justiça Eleitoral proíbe tudo. Já tiraram a chance do povão em assistir um show do Chitãozinho e Xororó ou do Raça Negra nos showmícios de antigamente. Tiraram também a chance do eleitor em ganhar uma bela camisa com a cara do candidato (que certamente seria utilizada para dormir, ou para pintar a casa, ou ir pescar no interior). Ou mesmo a caneta pra preencher palavras cruzadas, o chaveiro, ou o boné.

Que proíbam essa praga chamada cavalete. Para esse pleito duvido que alguma coisa mude, mas espero que em nome do bom senso algo seja feito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!