quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Eu errei, mas ainda há tempo...

... de consertar um dos maiores erros de minha vida: a noção de valores que dei para meus filhos. Sim, hoje eles acham que as datas comemorativas são para dar e receber presentes. A culpa não foi deles, foi minha.

Como eram crianças, se eu ensinasse que nesses dias a gente precisava comer tal fruta, ao invés de querer dar presentes, eles comeriam as tais frutas, certo. Uma criança é tão inocente quando crianças que não percebe que ao ouvir os adultos, pode estar fazendo a maior cagada da vida, haja vista que, ao relacionarmos uma religião, deveríamos sim relacionar os pais de uma religião.

Nenhuma criança nasce católica, ela é filha de pais católicos e nenhuma criança nasce ateia, ela é filha de pais ateus. Essas palavras na verdade não são minhas, são de um cara bacana chamado Richard Dawkings, mas não falarei sobre isso hoje.

Meu texto na verdade, é para relatar mesmo a ideia que meus filhos tem hoje de que o natal, o aniversário, o dia das mães e o dia dos pais, são meros dias para dar presentes. E eles aprenderam bem, tem até cartinha para o papai noel e tudo mais. Fantasia de criança? Não, não, isso é fantasia de adultos e a vida de uma criança não seria pior sem isso.

E agora, não bastassem as crianças, virou moda no brasil uma tal de Black Friday, certo?

Então, vou ser direto pois não tem como não ser: você sabe quanto custa:

- um hamburguer? 0,90
- um pão de hamburguer? 0,50
- uma folha de alface? 0,10 (estou exagerando, pois não dá para comprar apenas uma folha
- uma rodelinha de tomate? 0,15
- uma expremida de maionese? 0,30
- um sachê de ketchup? 0,10
- um sachê de mostarda? 0,10
- um saquinho para colocar o x? 0,10
- guardanapos? 0,10

Vamos somar tudo? 2,35R$ E quanto você pagaria num sanduba? Num x-salada?

Consumimos, gastamos, compramos, mesmo sem qualquer noção de quanto custa um processo de produção, apenas pegamos o produto pronto e usamos, no caso, um x-salada. Grosserias a parte, na estimativa, a Black Friday se mostrou ano passado, uma armadilha para pegar otário.

Por quê?

Simples, porque alguns "comerciantes" aumentaram os preços na quinta ou na semana anterior e no dia, deram até 90% de desconto. E teve tanto trouxa que comprou que esse ano, aumentou consideravelmente o numero de "comerciantes" que participarão dessa sexta-feira.

Assim como as igrejas, os feriados e as promoções, parece que quanto mais enganado o povo é, mais gosta de ser otário!

Eu continuo com minha campanha: #1anosemnatal, por favor?!

Ou melhor, quem sabe 1 ano de consumo consciente?

Fui...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!