terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Desrespeito, novamente...

O nobre companheiro de DLQ, o Dudu, relatou ontem aqui o desrespeito do Shopping Curitiba no que diz respeito a utilização de cones em uma via pública. E é fato: o shopping vai continuar fazendo isso, para agradar a si mesmo, para agradar seus clientes, mas principalmente, porque não há, da parte da prefeitura, qualquer interesse em fazer valer a lei.

Somos brasileiros e sabemos muito bem como dar um jeitinho, não é mesmo? Se o CD é caro, a gente baixa da internet ou compra piratinha mesmo, dá nada, é só 5cão e dá pra comprar 3. Se o software é caro, então, a gente compra na lojinha da pirataria, onde o vendedor falar abertamente que é e que para ele, não dá nada. E o pior, não dá nada mesmo. Mesmo que, hipoteticamente, uma fiscalização baixe, o máximo que vão fazer é apreender a mercadoria, que no dia seguinte ou nas horas seguintes, será reposta e ponto final.

Não vou dizer que seja apenas no brasil, mas falarei sobre ele por viver aqui, temos 3 poderes. Judiciário, Legislativo e Executivo.

Pois bem, o legislativo, tanto estadual quanto federal, cria leis. Leis estas que até hoje, em 35 anos, vi poucas que realmente mereceram meu respeito. Mas, o que mais me chama atenção é o fato de que são criadas para nunca serem cumpridas e muito mesmo, fiscalizadas. Quer um exemplo? Código brasileiro de trânsito, uma verdadeira cascata.

Limites de velocidade, cinto de segurança, uso do celular... apenas alguns otários são multadas, por estarem na hora errada, no dia errado no lugar errado. O restante faz e não acontece nada, absolutamente nada.

É lei, e é proibido vender bebidas para menores de idade. E aí, você acha que isso é cumprido? Não, eu sei que não, mas e cade o poder executivo que deveria providenciar que a fiscalização fosse feita? E mesmo quando é, o infrator é preso e a justiça, com a desculpa de que a pena é pequena, coloca o cara fora das grades, cobra uma multinha e pronto.

Infelizmente, o shopping Curitiba é um grande exemplo de que é fácil rasgar uma lei, cuspir numa outra e ainda, sair limpinho e servir de mal exemplo para outros tantos.

O que este estabelecimento faz é apenas o que todo brasileiro nato faz: dar um jeitinho.

Do 50ão pro guarda ao DVD pirata, muda apenas a ação, mas a intenção é sempre a mesma, dar um jeitinho....


#vergonha_alheia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!