segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Shopping Curitiba volta a desrespeitar determinação da Setran

É... as vezes as pessoas acham que podem passar por cima de Leis e determinações como se fossem imunes às sanções que poderiam surgir como efeito dessas infrações. É assim que o shopping Curitiba age. Ou não?

Em recente post sobre o uso abusivo de uma via pública para interesse privado foi abordado aqui no Diário Leite Quente. Cumpri com todas as obrigações de um jornalista, entrando em contato com a prefeitura de Curitiba/Secretaria de Trânsito e também com a administração do shopping. Fui muito bem atendido pelo poder público, mas a empresa ignorou meu contato.

Não só o contato. A empresa ignorou também a recomendação da Setran (você pode conferir o documento AQUI) e o interesse público. A tomada da via para uso de seus clientes é, além de um erro, uma afronta. Prejudica o direito de ir e vir do cidadão e complica o trânsito da região.

Parece picuinha deste jornalista? Pode até ser. Isso não é nada perto de um monte de absurdos que acontecem pela cidade? Provavelmente. Mas nós fazemos a nossa parte e a partir de pequena atitude, tentamos deixar nossa Curitiba muito melhor.

Esse post vem acompanhado da foto que tirei no último domingo na Avenida Desembargador Motta. Mais uma vez o shopping distribuiu cones de sinalização para facilitar a entrada e a saída dos clientes.

Volto a pedir providências da Setran sobre essa prática. Se é proibido, é passível de punição. E que punição é essa? O que mais precisamos fazer para que o shopping recebe a punição por essa infração e cesse a prática?

Aguardem novos capítulos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!