segunda-feira, 1 de abril de 2013

Estou pasmo!!!

Estou pasmo, besta, boquiaberto, assutado, impressionado...

Nos mercados que fui no sábado, véspera de páscoa, os ovos tinham acabado. Isso significa, em números absolutos que, mesmo custando em média 40% mais do que no ano passado, os consumidores pouco se importaram e fizeram mais uma páscoa feliz. Eu apostava em não ver os corredores tão vazios como pude ver no sábado, mas, mais uma vez eu estava errado.

Eu não comprei um ovo sequer. Não fiz o coelho assado mas não gastei com chocolates. Acho que o farei agora, depois do fervo da páscoa. Quem sabe eu, LG, crie a minha páscoa ou então um outro dia qualquer. E para que se tenha uma ideia, um ovo do qual escrevi aqui no DLQ.com.br que estava custando 57 reais no início do período de vendas da páscoa, no sábado, estava a venda por 64 reais num mesmo mercado. E eu vi a pessoa que pegou o ultimo na minha frente.

Se a páscoa era um evento religioso, nesse ano, nem isso eu consegui perceber. Fato é que minha esposa, sogra e alguns parentes até foram na missa/procissão, mas, no domingo, que sempre havia uma oração/reza/algo assim, nem isso. Foi servir o rango e vamo que vamo.

Como ateu que me tornei, a páscoa realmente deixa de ter sentido ano após ano, mas para os que conheço que são fervorosos, não consigo entender porque pequenas atitudes parecem ser esquecidas também, ano após ano.

Não apenas porque se tornou algo de mercado, mas por conta de toda hipocrisia que está aliada, os feriados religiosos estão se tornando exemplos de um tempo perdido. Se eles forem convertidos em simples folgas, programadas, talvez o país perca menos dinheiro, desenvolvimento ou qualquer outra coisa.

Garanto que, cobrando 40% a mais em média e dando entre 5 e 7% de aumento para seus funcionários, as empresas fabricantes de ovos de chocolate e chocolates, devem estar rindo a toa. Rindo da cara desses consumidores que em nome do senhor, gastaram uma dinherama massa...

Que cada um viva feliz em sua felicidade, se critico, não é nada pessoal. Apenas, não me calo...


Rema o bote e vamos para a ilha!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!