terça-feira, 5 de novembro de 2013

F.O.D.E.U. de vez, de novo!

Eu jurei por deus que não escreveria mais sobre isso, mas esqueci no ato do juramento, que eu era ateu. Esqueci nada, foi apenas uma forma de introduzir esse texto. Não deveria mesmo escrever até porque coisas tão óbvias, cretinas e imbecis não deveriam ser esquecidas ou então, não compreendidas por todos nós. Pena que, a galera está mais preocupada com futebol, religião e cerveja!

Hoje a Gazeta do Povo, trás em seu portal www.gazetadopovo.com.br que os donos de postos de combustíveis, sim eles novamente, aumentaram seus lucros quando resolveram voltar ao patamar não competitivo e coincidentemente, venderem quase todos no mesmo preço (não, isso não é um cartel porque cada um escolhe seu preço, ele não é induzido por qualquer sindicado ou coisa que o valha!).

Então, misteriosamente, ao mesmo tempo que a Petrobrás anuncia o aumento nos valores dos combustíveis, os donos de postos, não 1 nem 2, todos, resolvem deixar de lado a concorrência e juntos, tabelar o valor da gasolina e do diesel.

Vejamos que, em muitos postos os valores eram assim:


Aí, por conta do "mercado internacional" e por conta dos "investimentos" que a Petrobrás pretende fazer em combustíveis fósseis altamente poluentes e destruidores das camadas de ozônio, pulmonar e potencialmente cancerígenos, a empresa anuncia que precisa aumentar o valor da gasolina, para que esse combustível fique nos parâmetros internacionais.

Peraí, se eu sou um dono de posto de gasolina, o que eu devo pensar?

Rááááááááááá´. Isso mesmo: se eu aumentar 10% de 2,599 = 0,25999 de real.
Rááááááááááá´. Isso mesmo: se eu aumentar 10% de 2,999 = 0,29999 de real.

Você leitor, que não é burro, o que você preferiria?

Eu também!

E outra coisa: é ano de véspera eleitoral. Segundo uma campanha que está por aí, 7,39% do valor da gasolina, é para o governo federal, só de imposto. Isto significa que em ano de véspera da campanha eleitoral, o aumento da gasolina vai proporcionar ao governo 0,02 R$ (2 centavos) a mais por litro de gasolina vendida. É pouco? Pegue um posto que venda 30 mil litros por semana, e esse é um posto pequeno/médio. 30 mil * 0,02? = 600 reais. E isso é só a diferença no imposto. Quer saber o quanto é e quanto será?

2,999 --> (7,39% = 0,22 R$) preço atual (atualizado)
3,299 --> (7,39% = 0,24 R$) preço futuro (especulação minha)

Será mesmo que só interessa para a petrobrás esse aumento?

Claro que não, interessa sim ao governo federal (e muito), interessa a petrobrás (e muito), interessa também ao dono do posto de combustível, que é um coitadinho que vive de fazer favor aos donos de veículos, já que presta a caridade e nunca ganha nada e interessa também aos sindicatos, que por sua vez, não utilizam da influência que tem para tabelar os valores.

É isso, eu jurei nunca mais escrever sobre isso, mas nem deus, se é que ele existe, vai querer ter um carro no brasil com a petrobrás cobrando em Dolar, o que precisamos pagar em real.

E o real, é isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!