segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Férias!

Eu sei, eu sei: não tenho sido um bom companheiro. Meus últimos textos demonstram o meu desânimo com a economia, com a política e com as sociedade desse meu país. E não é para menos, a cada dia que vivo, tenho pelo menos um motivo a mais para não acreditar em mudanças. Porém, devo seguir em frente e confiante de que tudo será um dia melhor, não é mesmo?

Estamos na época do ano em que as pessoas, boa parte delas (a maioria) aproveita para:

- colocar a casa em ordem;
- pintar, limpar, polir;
- reformar e acabar;
- refletir sobre o ano que passou e o que pode ser feito diferente no ano seguinte (só projeto, execução...);
- correr para os grandes centros comerciais, shoppings e demais lojas para gastar o que tem e o que não tem para comprar presentes;
- enfim...

Desejo a todas essas pessoas um Feliz dia de troca de presentes.

Desejo a essas pessoas, toda a hipocrisia que puderem carregar em seus mais completos egos.

Desejo a essas pessoas um feliz natal, mesmo não percebendo mais qualquer sentido nisso tudo.

E como sou um cara que cresceu sofrendo uma influência nervosa da mídia, decidi colocar a imagem que mais ilustra o natal para mim:


Isso mesmo, um grande e bonito caminhão da coca cola. Pois até no comercial desse refrigerante tão amado quanto odiado, eu não vejo a expressão: verdadeiro sentido do natal e troca de presentes. A unica mensagem que a coca cola me passa é: beba coca cola! E eu beberei muitas...

Aproveito também para avisar que farei um recesso programado no DLQ. De hoje até o dia 6 de janeiro, só escreverei uma retrospectiva (para não fugir da modinha) no dia 30 de dezembro. Avisarei quando estiver publicado no feicyboque.

Meus desejos de um feliz dia de troca de presente hipócritas para todos os hipócritas e um feliz natal para todos que ainda sabem o verdadeiro sentido do natal (não, eu não acredito mais, mas respeito os que acreditam)...

FUI!

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Está bombando, mas nem tanto...

Estive inevitavelmente no shopping ontem, quinta-feira 12. Fiquei impressionado pois não vi as lojas tão lotadas quanto imaginei.

Impressionado fiquei em perceber que a coisa não está tão boa quanto eu imaginava que estaria Mas a galera está gastando. É a farra do brinquedo, da roupa e das bugingangas. E os preços, estão lá pra cima, com certeza. Lojas que tinham produtos a venda por 129,90, no caso de um sapato que vi, estão anunciando agora promoção do mesmo sapato por 159,90. São 30 reais a mais. Só isso!

Em contra partida, tem loja famosa vendendo boas camisetas por 33 pilote, as mesma que custavam 50, 60, 70 pilas, mas, sempre há um mais, você tem que comprar 3. (embalam para presente individualmente)

Tirando isso, o shopping não estava lotado. Bastante gente, mas espaço para muito mais.

Então, se você ainda não comprou seus presentes, não esqueça, vá antes da semana que vem, época em que aí sim, a coisa vai estar feia nestes estabelecimentos comerciais.

Ou então, esquece o presente e presenteie os seus, com sua presença e seu coração. Afinal, se é que existe algum "espírito" natalino, não sei se ele tem muito a ver com presentes.

Fui..

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Então é natal...

Então é natal,
A gasolina aumentou,
O mercado está mais caro,
O panetone indigesto.

Então é natal,
Os bandidos a solta,
Os ladrões numa boa,
14º e 15º a solta.

Então é natal,
A bandidagem come solta,
O playboy nem aí,
O careca não faz nada.

Então é natal,
Meu saco está cheio,
De tanta porcaria,
Desse governo alheio.

Então é natal,
Salve-se quem puder,
Com a dilma não vou contar,
E uma arma eu queria comprar.

Então é natal,
Nada mais para escrever,
Nada mais para pensar,
Nada mais para falar.

Então é natal,
Uma festa cristã,
Do velho e do novo,
Do amor como um todo...

Rá.... Que venha o papai noel, quero bater tanto nele esse ano...

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Como se proteger de sua própria incompetência?

A frase do título desse post me inferniza todos os dias. Não porque eu ache que sou incompetente, até porque tenho a certeza de que em algumas questões eu sou muito e em outras, eu não sou nem um pouco, mas é que, como sou usuário da internet, em algumas situações tento participar mais ativamente através do campo comentário e as empresas, principalmente os grandes portais, não parecem tão abertos assim a participação popular.

Primeiro, em muitos portais, o comentário passa por uma moderação. É o primeiro filtro no estilo "não gostei, não vai". Fica muito mais fácil administrar um portal de notícias com a moderação de comentários. Sei bem que opiniões são como bundas, cada um tem a sua e adora comentar a do outro, mas se você está disposto a aparecer, tem que estar disposto a ouvir.

Segundo: a moda do cadastro. Agora, além da moderação, os mesmos sites ou portais estão pedindo que se faça um cadastro, no qual você precisa pelo menos colocar um endereço de e-mail e seu nome completo, quando não pedem documentos como CPF e RG. E lógico que eu não tenho feito esses cadastros, até porque, depois que você faz um cadastro desses, em questão de horas, dias e no máximo meses, você começa a receber SPANS de diversas formas, cores e produtos. Ou seja, que CADASTRINHO MAROTINHO, NÉ!

E porque esse tipo de ferramenta protege contra a própria incompetência?

Simples, deixando de permitir a interação do leitor.

Hoje, cliquei numa matéria cujo título era: "Veja quais modelos de carros estão saindo de linha". Opa, cliquei na hora, né! Na página que abriu, o título era ainda mais enfático: "É hora de dizer adeus", UAU, pensei. Pois a matéria era um lixo. Não falava dos carros que estão saindo de linha, até comentou sobre 2, mas superficialmente. E no entanto, mostrou outros tantos modelos que apenas passarão por mudanças, algumas mais sutis, outras mais marcantes, mas que ainda assim, serão os mesmos carros.

Pensei, vou comentar que este texto não está bom, mas PARE! Tem que fazer cadastro.

Enfim, esse não é um caso isolado. Pelo menos umas 4 a 5 vezes por dia me deparo com isso. Mas em contra partida, existem lugares que visito que além de um texto excelente, se eu escrever hoje, sei que amanhã alguém vai me dizer que recebeu e que discorda ou concorda com minha opinião.

Certa vez, assistindo uma reportagem com Roberto Cabrini, ouvi ele dizer em um off que muitos haviam morrido numa "câmera" de gás. Uns dias depois, escrevei a ele dizendo que putz, "câmera" de gás, só se fosse uma filmadora ou máquina fotográfica feita de gás, que o correto era "câmara" de gás. O bicho apenas me respondeu: "Eu falei "câmara" de gás. Certo pelo duvidoso, pelo menos ele respondeu.

E você, leitor DLQ, pode comentar e participar a vontade, aqui, não moderamos e não controlamos. Mas se escrever bobagens, pelo menos coloca o nome....



terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Enfim, #se_sentindo_util

É, hoje a hora que passei o cartão ponto no relógio ponto, uma felicidade me tomou o corpo e logo, fiquei contente. Não que trabalhar seja a coisa mais gostosa do planeta, mas ficar em casas sem fazer nada é uma M. gigantesca.

Pobre só deveria tirar férias se conseguisse outro trabalho temporário. No meu caso não rolou e eu me ferrei, fiquei 15 dias procurando o que fazer, mas é meu "direito", né.

E ao tempo em que me sinto util, fico bastante chateado com algumas coisas, umas eu comento outras não. Uma das coisas que me deixou bastante impressionado é que na Revista Veja, ou melhor, na capa da Veja Edição 2348, de 20/11/2013 - li o seguinte título: "Uma Lição aos Corruptos". Lindo, maravilhoso. Claro, uma lição totalmente desnecessária uma vez que o que eles aprenderam, eles já sabiam.

Primeiro que, foram condenados mais de 10 anos depois de terem cometido os crimes. Estava lá, só não enxergou os cegos da justiça e os mais cegos ainda brasileiros. Os mensaleiros roubaram muito, muito mesmo. Nunca acreditei que o PT seria diferente do que sempre foram todos os outros, mas eles foram burros.

E aí, depois de passados tantos anos, o STF resolve fazer o papel de mocinho da história e condena um monte dos mensaleiros. E tem gente que pensa, "oh, que bom, eles foram punidos".

Punidos?

Prisão domiciliar é punição? O babaca vai ser obrigado a ficar em casa com internet, tv a cabo, cozinheira e os caralhos?

Que punição é essa?

E aí, o outro que foi "punido" resolve ficar dodói. E aí a família pede prisão especial porque ele ficou "dodói"? Perai, quando era para roubar da galera, ele não tinha doença alguma e agora, pode morrer na prisão?

Sinto muito, não irei no seu velório.

Diante de tanta piada que "ando lendo" por aí, as duas piores foram:

- que os mensaleiros foram punidos, kkkkkkkk tira com a minha cara, eu sou trouxa mesmo;

- o aumento da gasolina puxou o etanol... e agora o presidente do sindicombustíveis não aparece para defender os postos.... kkkkkk sou muito trouxa mesmo...

É, por hoje é só, pessoal...