quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Gourmetização do Diário Leite Quente

Estou me preparando para conversar com o nobre Dudu - meu parceiro nessa ideia - e juntos, promovermos a Gourmetização do DLQ. Calma, calma, ficará mais caro, mas logo vai virar modinha!

Eu não tenho a menor ideia de qual seja a opinião dos leitores desses textos aqui, mas eu estou ficando cada dia mais boquiaberto com tudo que tenho visto. Uma simples coxinha de aniversário, lembra daquela que te deu uma caganeira ano passado na festa daquele sobrinho da sua tia-avó que você nunca tinha visto? Pois é, agora a coxinha indigesta por causa do recheio feito de frango que sobrou do almoço da fabricante no domingo, agora torna-se indigesta pelo preço. Bares e happy hours Places estão cobrando o olho da cara para servir Coxinahas Gourmet - me dá até um frio na espinha quando penso no que seria uma coxinha gourmet.

Não divido que em alguns lugares ela venha solitariamente num prato acompanhada de uma folha de hortelã e uma rodela de pepino. Mas, sendo assim, tornou-se gourmet.

Claro que isso é apenas uma parte. Se rodarmos pelo interior asfaltado que é Curitiba, onde eu moro, vamos encontrar com toda certeza um Risoles Gourmet, um churrasquinho grego gourmet e quem sabe até um churrasquinho de gato, aqueles de esquina, com uma placa escrito Gourmet.

Posso até ser meio idiota, muitos dirão que eu sou, mas veja só o significado da palavra gourmet:

gourmet
gour.met
nm 1 degustador de vinhos. 2 pessoa que aprecia o refinamento em matéria de comida e bebida, gastrô-nomo.

Essa definição foi retirada do Michaelis on-line: Dicionário Frances - Portugues

Ora, gourmet seria a expressão que usaríamos para nos referirmos aos que apreciam as coisas, não aos alimentos, certo?

Não estou bem certo disso, mas vamos lá.

Eis algumas aberrações que já vimos:

- pipoca gourmet
- cachorro quente gourmet
- coxinha de panetone gourmet
- pastel gourmet

Peraí: gourmetizaram o pastel?

Pois é, tudo está virando gourmet e cada que dia que veja uma dessas, sinto saudades do bolinho de chuva da minha vó Nair. Não tinha nada de gourmet, não tinha qualquer coisa de especial a não ser as mãoes habilidosas que levaram consigo o segredo receita. Deveria eu chamar ele de Bolinho de Chuva Gourmet?

Não, não, era o bolinho de chuva da minha humilde vozinha Nair. Saudades!

Não vou comer pastel gourmet, não vou procurar coxinhas gourmet indigestas pelo preço, não vou em restaurantes gourmet e não quero mais essa complicação toda para comer. Não me importa se a banha usada é de porcos virgens da arábia ou então, se a alface usada foi cultivada apenas por crianças no interior do Paraná ou ainda, se a massa do pastel da esquina da Alameda Dr. Murici com  a Rua André de Barros, conhecida Pastelaria Oriental é feita com trigo vindo da região mais temperada da Itália.
Eu quero comer algo bacana, NORMAL, GOSTOSO e COM PREÇO JUSTO.

Por um acaso é possível ter algo que não seja GOURMET?

Um ultimo exemplo de que uma denominação é apenas para pegar otários:
Lá no bairro, um picoleseiro vende um picolé de groselha mravilhoso por 1,50. 1,50!

Se você for nos shoppings do interior asfaltado, a ultima modinha é o picolé mexicano. Tem quiosque e a cada passo que você dá, você observa uma, duas ou mais pessoas se deliciando com o maravilhoso dolé gourmet. Simples assim, um pouco maior que o vendido na rua, mas ofertado num shopping, com apelos gourmet e ainda com um preço que passa dos absurdos 6 reais. Os mais incrementados passam de 8 reais.

Quer ficar fico, transforme algo bastante simples em algo gourmet. Os moradores do interior asfaltado adoram quando algo barato é oferecido caro demais. Vira gourmet, viram modinha... Vira badalo total!

Eu?

Eu vou ficar no simples mesmo. Vou no dolé da esquina, vou no dogão do amigo do tio da Márcia, minha amada, vou no Mc Donald´s mesmo, ou para varia no Burguer King. Se for para pagar caro, eu assumo, não pagarei nada por um Churros Gourmet! kkkk

E para fechar, acho que transformarei o Diário Leite Quente em Leite Morno Cremoso Dia a Dia ou então em algo como Hot Milk Gourmet Daily.com 

Será que vai colar? 

Espero que não. Não quero mais gourmet. Quero as coisas simples da vida, pode ser ou está gourmetizadamente difícil?




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!