quinta-feira, 24 de abril de 2014

Campanha... essa eu curti

Hoje, enquanto ia de casa para o meu atual emprego, num ônibus, pude ver na televisão que fica passando propagandas e informações, uma campanha da prefeitura municipal de curitiba que me deixou bastante contente. Não apenas por ser da prefeitura, mas por mostrar uma inteligência racional bastante interessante.

E na campanha, a prefeitura propõe que você, eu, minha mãe, a vizinha da esquina de qualquer rua ou seja, todos nós, utilizemos embalagens retornáveis e sempre que possível, demos preferência aos produtos a granel. Ou seja, se você vai comprar amendoim, por exemplo, ao invés de comprar um pacotinho com 200 gramas sendo que você vai usar 250g, você compra as 250g. Tá, talvez esse não tenha sido um bom exemplo.

Vou tentar outro: o consumo de óleo de soja em sua casa é de aproximadamente 5 embalagens por mês. Então, se você pudesse, você compraria uma embalagem retornável com 5 litros, e assim, a cada mês, apenas levaria uma embalagem e trocaria por outra, pagando o custo do óleo.

Utopia do LG, né...

Mas, chegará a hora que deveremos mesmo fazer isso. Óleo de soja, refrigerantes, leite entre outros tantos produtos, deverão ser embalados em retornáveis. Talvez, quando a taxa de coleta de lixo for mais cara do que o próprio IPTU.

Espero realmente, que não demore muito.

A quantidade de lixo produzida é assustadora e a galera, não está nem aí para nada....

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Passou... Mas o doce persistirá...

Não sei o que fiz diferente esse ano mas, a páscoa passou e uma quantidade não imaginada de chocolate ficou para ser degustada, comida, destroçada, enfim... E, foram 4 dias de férias. Claro que eu não fui a missa alguma, não fiz qualquer menção a jesus cristo ou outra forma de comemorar um feriado religioso a não ser, ficar de boa e curtir.

Arrumei o que estava meio estragado, tomei uma cervejunha num dia, almocei com pai e mãe em outro e ainda, curti minha amada e meus filhotes. E de-lhe que de-lhe chocolate. Tem de diversas marcas, diversos tamanhos e diversos modelos. Se chocolate e ovo de chocolate deixam jesus feliz, então, deixamos ele muitoooooo feliz. Porém, o que importa de agora em diante, não é mais o chocolate ou a felicidade, agora, é muita malhação, proteína, caminhada e pedalada para mandar a barriga embora.

Tem ainda, antes da copa do mundo, o 1º de Maio, dia do trabalhador. Porque dia do trabalho não é, afinal de contas, se no dia do trabalho não trabalhamos, só pode ser dia do trabalhador e não do trabalho... kkkk

E depois, já vem a copa do mundo. A arena da baixada ficou pronta, está tudo OK. Dinheiro não faltou e não faltará... Nosso imposto aplicado num estádio de um cara que já falou que não vai devolver o dinheiro e que ainda dá entrevista coletiva rindo da nossa cara. É assim, o MCP nunca vai devolver nada e quero ver, quando ou como, vão tomar o que foi dado como garantia... Ou seja, nunca.

Finalmente, espero ter chocolate por muito tempo, para que o amargo que vai sobrar da copa do mundo, não seja maior do que o doce que poderei comer rindo de todos, simplesmente todos os medíocres que foram a favor desse tipo de evento nesse país subdesenvolvido, com índices escolares medíocres, com saneamento básico medíocre, e que para finalizar, é governado pelo PT.

Enfim, cada povo tem o líder que merece...

quinta-feira, 17 de abril de 2014

E hoje, quinta foi uma sexta....

No Brasil católico, hoje foi uma grande sexta-feira.

Não, não, não vivemos num país laico como se sugere na CF/88, aliás, ser laico ou não ser laico é a mesma coisa que dirigir ou não dirigir bêbado, se alguém te pegar, vai dar um pouco de mídia, mas no geralzão, tudo fica numa boa. Mas, eu não sou católico, não sou mais mórmon e nunca me batizei ou experimentei qualquer outro "sabor" de deus. Evangélicos - esses me dão medo. Reino de deus - deus me livre, a universal, quando cheguei perto da porta para ver como era, já vieram exorcizar um carinha simples... Eu que sou um cagado, ia ser queimado coma água benta.

Até esses tempos atrás, até fui numas missas para acompanhar meu grande amor, mas agora, não vou mais.

Voltando ao tema feriado, vamos lá.

O brasil vai parar mas nem é só por causa desse feriado religioso. Tem ainda o dentista. O que morrer para não sei o que, o mártir...

Sexta e segunda, dois dias uteis que foram para o beleléu... e eu ainda tive que fazer um exame e a quinta também foi pro beleléu...

Quando será que o povinho desse paisinho, mal acostumadinho e folgadinho vai aprender que, quanto mais o país para, menos ele cresce? Dane-se... A culpa é sempre dos outros né... O brasil está em crise, mas o culpado são os EUA, a Europa, a Ásia.

Amanhã, será sexta-feira novamente, mas quase um sábado antes do sábado...

Sim, comprei ovos para todos os meus... Comprei chocolates para todos. Gastei um dinheiro que não tinha, e vou pagar tudo em 3x no cartão. Afinal, sou brasileiro e nunca desisto. E como já escrevi no ultimo texto,  de tanto levar, porra da cabeça, um dia a gente se junta a todos os outros... E vamo que vamo...

Feliz - feriado - matação de trabalho - ffolga - vagabundagem ou simplesmente Páscoa para todos vocês, principalmente os que comemoram que tudo começou num ovo... e de chocolate ainda....

Fui

segunda-feira, 14 de abril de 2014

De tanto levar, uma hora a gente cansa...

E não que eu seja um derrotado, mas de tanto levar porrada uma hora a gente cansa e pensa em largar tudo. É aproximadamente isso que tem acontecido comigo e com esse governo f.d.p que temos. Eles fodem tanto que todas as pregas que dignamente achava ter, não existem mais. É tanta coisa que, sinceramente, não sei mais se quero ou não continuar.

Fato é que domingo, eu vou ao mercado regional do cajuru, no capão da imbuia - antigo varejão do capao da imbuia - isso mesmo, atucanaram o varejão... E aí, comendo aquele "pastel da tia", que tava dodói e deixou sua filha - simpáticaaaaa!? -vi que na mesa ao lado, chegou um agente da setran, antiga diretran. O mesmo, estava com rádio na mão o que logo me alertou que o mesmo estava de serviço.

Fato, não precisei caminhar muito para encontrar sua viatura parada e fechada. A identificação da viatura, data e hora, estão comigo, mas passarei as autoridades competentes se caso for. Ou seja, nosso maldito imposto é usado em partes para criar um órgão que deveria fazer valer as leis de trânsito, mas que se converteram nesse caso em um momento "família" para o agente.

Comeu um pastel, bebeu um refri e o meu dinheiro pagando esse momento família.

E nessas horas percebe que tão f.d.p quanto ou mais do que os políticos, são os eleitores, os personagens dessa sociedade hipócrita, são os cidadãos... os curitibanos... Todos que sabem muito bem reclamar e falar, mas que na hora de votar, continuam elegendo esses carequinhas, ou doutores, ou ainda outros tantos que não sabem sequer gerenciar uma lojinha de 1,99, quiçá uma prefeitura como curitiba.

Alguns me dizem que o problema no brasil são os governantes e que não há opção... Mas infelizmente, o problema no brasil são os brasileiros, estes sim, são os reais causadores dessa porcaria toda em que vivemos. Aceitamos tudo de cabeça baixa, mãos no chão e bunda pra cima. Desarmamento, leis e regras de trânsito, mais impostos... Não reaja ao assalto, não questione a lei e assista aos jogos da copa do mundo de futebol

Leia sempre os mesmos jornais e assista sem ao mesmo canal, assim, serás um brasileiro feliz.

É... Acho que não vai rolar para mim...

Viva!

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Rapidinhas de sexta-feira + Efeitos da copa (3)(?!) + Mini Desafio DLQ

Vamos lá, claro, na ordem em que os fatos foram citados no tema desta postagem. E olha, é impressionante como as coisas funcionam no brasil.

RAPIDINHAS DE SEXTA-FEIRA

Para começar, hoje pela manhã, um ônibus chegou ao terminal do Capão da Imbuia, soltando digamos, mais fumaça do que o habitual. Fiquei apenas observando pois não tinha muito a fazer a não ser correr se o fogo fosse confirmado. Não era fogo, eram apenas as lonas de freio que esquentaram mais do que o normal. Isso até acontece com caminhões em certa frequência, mas em ônibus, confesso nunca ter visto porém, depois de uns 3 minutos apenas olhando, o motorista muito preparado pegou o extintor de incêndio do veículo e desferiu alguns jatos nas rodas. Não era fogo! Ufa, todo mundo salvo e a copa continua.

Esse fato, gerou a segunda rapidinha de sexta-feira. No ônibus que eu entrei, o motorista conversava com outro cidadão sobre o freio esfumaçado do outro veículo... Lá pelas tantas, o papo fluiu com o seguinte texto:

MOTORISTA: Nas minhas férias, fui para o Rio (não sei qual) e bati um bitrem. Arrebentei a frente. Dormi, cara, estava bem devagar, mas dormi.

OUTRO CIDADÃO: Sério?

M: Sim.

O: É complicado esse papo de sono no volante, esses caminhoneiros ficam muito tempo acordado.

M: É. Rebitão...

O: Sério?

M: Sim... Aqui na empresa teve 6 que saíram para a estrada. 3 não aguentaram a pressão e tão de volta. Não conseguiram... Tomavam 3 rebitão e um café para fazer uma pegada daqui (Curitiba) até Minas, Rio de Janeiro... Pareciam até um robo dirigindo... fica ligadão...

O: Sério?

M: Sim... E não aguentei...

Escrevi este texto aqui para demonstrar uma coisa: esses tempos atrás foram aprovadas leis e regras para os profissionais caminhoneiros, entre elas, regras de condução no que diz respeito ao descanso obrigatório, regras que determinam exames periódicos e pausas regulas. Tudo isso, é uma besteira. Algo sem sentido. Um monte de merda escrita que não vale para nada, absolutamente nada.

Afinal, de que vale uma maldita lei se não há no país, no estado, na cidade, no bairro - órgãos responsáveis em fiscalizar e fazer cumprir a regra? Precisamos de mais regras se nem as que temos cumprimos?

---------------------------------------------------------------------------------

EFEITOS DA COPA (3)(?!)

Se você nunca tinha lido o www.dlq.com.br e não entendeu porque efeitos da copa (3)(?!), dá uma lida nesses links a seguir:
Efeitos da copa (?!)
Efeitos da copa 2 (?!)

Pois eis que ontem, ao ler os grandes portais de notícia desse Interior Asfaltado que é curitiba, me deparei com a nota de que o vereador Mestre Pop (PSC) fez um projeto de lei que autoriza os Taxis do interior asfaltado rodar nas canaletas dos ônibus expressos biarticulados durante a copa do mundo.

Eu não sabia, na hora, se eu ria ou chorava. Não consegui entender se isso era bom ou era ruim. Não pude acreditar que um representante eleito pelo povo tenha tido tamanha capacidade de propor algo assim, que nem sei se flutua entre o absurdo, o incoerente e o projeto do ano.

Porém, depois de tanto refletir, preferi lançar um pequeno desafio, que escreverei na próxima parte do jogo.

E antes que os nobres vereadores me respondam, vou pedir desculpas ao nobre vereado e aos leitores que gostam da copa do mundo, mas essa ideia, repito - depois de bastante refletir - é no mínimo absurda para no dizer pior. As canaletas existem com um fim específico, que já é quebrado com a passagem de ambulâncias, carros de polícia - à paisana e a serviço, bicicletas, carros da prefeitura, skates, ônibus de transporte de portadores de necessidades especais, ligeirinhos... Ou seja... quase só não rodam mais os expressos.

---------------------------------------------------------------------------------
 MINI DESAFIO DLQ

Primeiro que lançar desafios numa sexta-feira é pedir para ser ignorado. Afinal de contas, é véspera de final de semana e essas coisas.

Porém, vou encaminhar aos nossos vereadores uma simples pergunta, que será desmembrada em duas:

- Qual é a função primeira, a verdadeira função das canaletas de ônibus da cidade de Curitiba?
   - Vocês sabem quem hoje em dia utiliza essas canaletas?

Gostaria muito que todos me respondessem, mas tenho certeza que ficarei no vácuo novamente.

Mini Desafio Lançado em 3, 2, 1...

Mandei o desafio as 8h15 minutos. As 9h20, a primeira resposta: Cristiano Santos (aliás, ele quase sempre responde)

Resposta 1 - Cristiano Santos

"Bom dia,

Canaletas é uso exclusivo do transporte coletivo. Sendo hoje liberada também a utilização para ambulância, bombeiros e policiais.

Apesar de que temos os ciclistas que as utilizam devido a mais de uma década de atrasado que Curitiba teve para implantação de planos de governo com ciclovias.

Função é que os ônibus circulem sem congestionamento e somente parem para embarque/desembarque e nos sinaleiros do percurso, tornando a viagem mais rápida.

Sistema implantado na década de 70, sendo considerado a única grande contribuição do Brasil para o mundo na questão da mobilidade urbana.

Att
Cristiano"


Resposta 2 - Bruno Pessuti

"- Qual é a função primeira, a verdadeira função das canaletas de ônibus da cidade de Curitiba?
Transportar pessoas com mais agilidade

- Vocês sabem quem hoje em dia utiliza essas canaletas?

Hoje utilizam ônibus do transporte coletivo, viaturas diversas e ciclistas em bicicletas corajosas"

 

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Efeitos da copa (2)(?!)

Antes de qualquer coisa, esse texto é uma reflexão do colaborador LG, não refletindo a opinião dos demais que aqui escrevem.

Nunca escondi, seja aqui nesse blog ou em qualquer outro momento de minha vida, o quanto sou contra esse lixo de copa do mundo e tudo, a ele, está envolvido. Da megalomania de Luiz Inácio ao derrame de dinheiro público numa várzea chamada de arena, a copa do mundo esconde muito mais mistérios políticos-economicos-sociais do que a existência de deus.

Não a toa, não consigo entender porque é que estão reformando a rodoferroviária de curitiba, usando a copa do mundo como desculpa. Mais de 35 milhões para colocar umas escadas rolantes e fazer um ou outro acesso. 35 milhões! OK, 35 milhões não é nada tão digno quanto os 310 milhões num circo chamada Arena. Porém, nesse circo, os palhaços não são bem os que estão em campo... ahhhhh...

Hoje no rádio, um locutor leitor de matérias de 7ª categoria, explicou que a expectativa dos "turistas da copa" giram em torno de 160 mil pessoas. Entre 20 e 30% estrangeiros. Ora, não sendo o burro que eu desejo ser, posso muito bem fazer uma conta bem simples:

310 milhões só na arena da baixada
160 mil turistas
-----------------
1937,50 reais gastos por turistas

Isso quer dizer que a grosso modo, desconsiderando que a FIFA não vai pagar 1 centavo de imposto, que os turistas vão comprar tudo com nota fiscal e os caralho... Então, pensando assim, cara turista teria que pagar de imposto para quitar a Arena o montante de 1937,50 apenas de impostos.

Numa projeção nada otimista de que no brasil, lar deste deus que não sei no que anda pensando, 40% de tudo que se gasta é imposto, vamos lá.

O turista, para pagar 1937,50 de imposto, precisaria gastar em média, 4843,75.

Cada um dos turistas precisa gastar 4843,75 para que apenas o valor investido na ARENA retorne na forma de imposto.

Somem a isso, 10% dos garçons, 10% da taxa de serviços em hotéis e semelhantes, os custos de embarque e a taxa dos taxista, e então, percebo que o retorno de toda a grana investida, não será assim tão bom quanto estão falando por aí.

Até porque, curitiba não tem hotel para 160 mil pessoas. Até porque, ninguém pode ter certeza de que virão 160 mil pessoas num estádio onde mal e porcamente vão conseguir entrar 40 mil (5 mil devem ser só os chegados da FIFA, artistas e outro malditos que não gastam 1 centavo sequer).

Para que então essa copa do mundo serve?

Bom, tirando a política do bom e velho pão e circo - em curitiba o pão está cada dia mais indigesto - sobra o circo. Que nem é para todos... Então, só consigo perceber uma coisa para toda essa farra de dinheiro e copa do mundo: desviar atenção.

Afinal de contas, dia 30 de junho é o ultimo dia para que algum précandidato, se declare e formalize sua candidatura na convenção do partido.

Ahhhhh e é dia de oitavas de final Enquanto o estádio mané garrincha e o beira rio, em Brasilia e Porta Alegre respectivamente estarão lotados de torcedores, o brasil verá (ou não) a maior rasteira política de todos os tempos - Lula sai candidato e Dilma, vai pastar...

Anotem o que estou escrevendo, duvido que essa copa não tenha sido muitooooooo bem pensada a tempos para que isso ocorra. Duvido...

E quanto aos efeitos da Copa? Por mim, que os funcionários da baixada fiquem em greve por mais 45 dias... é o suficiente para ferrar tudo....

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Efeitos(?!) da Copa

Falou-se, na rádio BandNewsFm hoje pela manhã que durante o final de semana, duas grandes companhias aéreas, que nem preciso citar os nomes, fizeram grande promoção de passagens para o período da copa do mundo. A pessoa que falava no rádio inclusive comprou, ida e volta de São Paulo para Campo Grande por 148 reais.

Não que em algum momento de minha vida eu tenha sido a favor da copa do mundo no Brasil e longe disso, mas essa copa vai servir para mostrar algumas coisas para esse povo que acha que deus é brasileiro, algumas coisas interessantes (que os brasileiros vão continuar a não enxergar). A primeira delas, é que nunca se gastou tanto dinheiro público com coisas que não trarão qualquer tipo de retorno que não seja um joguinho de futebol. Só aqui no Paraná já são mais de 310 milhões jogados em apenas 1 estádio, isso sem falar na ponte estaiada, na reforma da rodoviária e por aí vai.

Os hotéis já tinha inflacionado o preço de forma absurda em 2013. Agora, estão começando com promoções porque, a galera da copa, não gastou ainda o necessário. E os donos destes estabelecimentos, querem convencer o turista comum a usar seus serviços e não apenas quem vem para a copa.

Se as aéreas e os hotéis estão começando com um plano B, restaurantes, bares e outros estabelecimentos também vão começar. Hahahahah vai ser a minha vez de rir!

Mesmo com uma diferença grande entre a mais nova "tarifa técnica" e a tarifa real do transporte coletivo de Curitiba, serão pelo menos 5 novas linhas de ônibus nos dias da copa. Esses ônibus serão mais caros? Acho que não, né, Curitiba tem dinheiro para torrar!

Não tenho a menor ideia de quanto tempo falta para começar esse evento, mas sei que o resultado dessa copa vai influencia de forma bastante marcante, outro evento, que recebe menos mídia mas que vai mais efetivamente, mexer com minha vida: as eleições.

Esse ano, depois que Neymar cai-cai fizer todos os gols que "deus" reservou a ele e a mais ninguém, teremos que escolher um presidente da república (seja ela ou ele - sempre será presidente para mim), governadores (ou volta ou acaba), senadores, deputados federais (aquele que emprestou jatinho vai concorrer denovo) e deputados estaduais.

OK!

Você já sabe a escalação do seu time, seja ele canarinho ou pombinha rola, mas, você sabe quem são os candidatos em que você vai votar? Eu sei, eu vou votar na multa do TRE. Multa no primeiro turno, multa no segundo turno. Simples assim!

Embora a grande mídia, se é que podemos chamar de grande algo que é o que tem pra hoje, esteja fazendo uma festa danada com essa história do copa do mundo, ainda teremos responsabilidades até o final deste ano, e é uma responsa nervosa, vez que, vai definir o rumo de nossas vidas pelos - pelo menos - próximos 4 anos.

Mas lembrem-se nobre leitores, depois da COPA, virá o pleito eleitoral. Tenha para ele, a mesma atenção que tiveste quando o Ney-cai-cai-mar esteve em campo, bele?

Assim espero, mas sei que assim, não será!

Ah, e depois que tudo isso passar, queria que qualquer pessoa fizesse um balanço entre o que foi gasto (só na arena 310 milhões de reais) e o que ficou de "legado" da copa.

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Mudanças...

Algumas mudanças que ocorrem em nossa vida, são bastante voluntárias, outras, ah, essas outras, não há como explicar. Uma das mudanças voluntárias que eu proporcionei em minha vida foi que entre 14 e 15 anos, um cara chamado Luiz Guilherme, tímido, calado, pouco participativo, repetente na escola e religioso sem qualquer convicção (ia a igreja apenas por medo de queimar no 5º dos infernos), deu lugar a um cara conhecido hoje como LG, que deixou de ser repetente e passou a gostar de aprender e estudar, deixou de ser o gordo rolha de poço chacota na escola para um cara que participava do grupo dos irreverentes na escola e finalmente, um cara que deixou de lado o medo de deus e essas coisas e tornou-se finalmente, ateu.

Essa foi uma mudança gigante em parte, consciente e desejada. Esforço meu e mérito meu. Não de mais alguém!

Outra mudança importante, mas essa, involuntária até onde eu saiba é minha relação com o Diário Leite Quente. Quando o blog começou, existia um gás que parecia nunca ter fim. A ideia era escrever sobre o que está errado no brasil, criticar, analisar, mostrar aos leitores dois pontos de vista sobre um mesmo fato, e claro, achincalhar os políticos, seja/fossem eles bons ou ruins. Acredito que durante muitas vezes eu e meu nobre companheiro de projeto Dudu, conseguimos alcançar estes objetivos.

Escrevemos sobre os prefeitos, governadores, deputados, senadores, vereadores (ah, esses sim devem lembrar de nós), afinal de contas, ao invés de apenas ficarmos reclamando aqui, tentávamos deles, ter qualquer tipo de resposta, como autoridades que são. As respostas na grande maioria, eram vagas e vieram de alguns poucos representantes. Se você que está lendo este texto observar a direita no blog, verá que temos um placar com as respostas e coisas e tal. Fato é que, fomos ignoradas pela esmagadora maioria.

Durante minha estada no projeto DLQ, passei por fases: numa fase eu tentava escrever todos os dias; noutra, eu tentava escrever todas as segundas e sextas; noutra ainda, tentava escrever na quarta e por fim, até para inconscientemente criar uma talvez antipatia dos leitores, passei a escrever esporadicamente. E aproveito para dizer a quem leu, lê e vai ler ainda: ME DESCULPEM. Errei com vocês. Os leitores mereciam um pouco mais de respeito. E infelizmente vou atribuir isso a mais uma mudança em minha vida, que foi ao mesmo tempo necessária, consciente e desejada.

Sempre fui um cara nervosinho e depois de bastante tratamento, alguns remedinhos e coisas assim, hoje estou mais calmo, mais tranquilo, menos incisivo nas ideias. Porém, essas mudanças todas acabaram arrancando de mim algo que era uma característica, que me fazia correr atrás de pautas. Hoje não consigo escrever mais sobre política com a mesma capacidade de crítica que gostaria. Sempre que penso em algo, este fato chega com uma carga igual de razão e emoção.

Enfim, mudanças ocorrem e eu, mesmo não conseguindo escrever com a frequência que eu desejo, vou continuar o projeto DLQ. Talvez eu precise mais do que nunca do feedback dos leitores, criticando – positiva ou negativamente – os textos que eu produzir de hoje por diante. E faço uma autopromessa de que vou tentar melhorar no que diz respeito as pautas, aos conteúdos.

Que assim seja... Afinal, mudanças ocorrem quando queremos ou não.